Polícia já sabe quem mandou matar o blogueiro Ítalo Diniz

 

A polícia já elucidou o crime de que foi vitima o blogueiro Ítalo Diniz (foto abaixo, ao lado), na cidade de Governador Nunes Freire, no dia 13 de setembro de 2015. Foi o que informou ao Blog do Luis Cardoso fonte segura e confiável da própria polícia. Mas alguns entraves, inclusive políticos, estariam atrapalhando a finalização das investigações e a conclusão do inquérito com as prisões do mandante e dos executores.

Durante audiência com a Associação dos Blogueiros do Maranhão (Amablog), em dezembro do ano passado, o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, garantiu que as investigações estavam avançadas e que não poderia revelar nomes para não prejudicar os trabalhos. Portela não informou que as investigações já estavam concluídas e nem a data em que os mandantes e executores seriam presos.

Em 13 de dezembro de 2015, Ítalo Diniz ia se aproximando de sua residência quando foi surpreendido por dois motoqueiros que lhe tiraram a vida. Diniz era assessor de imprensa do então prefeito de Governador Nunes Freire, Marcelo Curió, e sempre denunciava os opositores do prefeito.

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, chegou a condenar a morte do blogueiro através de nota oficial.

“Eu apelo às autoridades para que investiguem esse crime e levem os perpetradores rapidamente à justiça. A liberdade de expressão é um direito humano básico e temos que fazer tudo para aprimorar a segurança dos jornalistas”, afirmou Bokova.

Ela sempre condenou as mortes dos profissionais de mídia em todas as partes do mundo. A UNESCO tem na sua página social a relação de jornalistas e blogueiros que foram mortos no exercício de suas atividades e sempre defendeu a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa.

Do Blog do Luis Cardoso

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VIANA