Comitê de crise da Covid orienta municípios reservarem 2ª dose

Trabalhadores da Fiocruz, de todo o Brasil, receberão vacina contra a Covid-19 pelo PNI | Reprodução

Por Lauro Jardim (OGLOBO)

Na contramão da orientação que Eduardo Pazuello deu aos prefeitos na sexta-feira passada, o Comitê de Crise, composto por técnicos do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde decidiu orientar que os municípios para que continuem a reservar as segundas doses da vacina contra a Covid-19.

Ao menos é essa a informação que já circula no grupo de WhatsApp da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). Mas os prefeitos alertam que ainda será preciso um documento do Ministério da Saúde para que a mudança de rota se torne oficial — embora, eles já a considere como válida.

Pazuello dissera na sexta-feira a integrantes da FNP que os municípios não precisariam mais reter a metade dos lotes disponíveis até a aplicação da segunda dose do imunizante.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VIANA