Segurança com energia começa dentro de casa!

Equatorial Maranhão alerta para os cuidados necessários com instalações elétricas internas

A eletricidade é parte essencial da nossa rotina, garantindo grande parte do suporte à nossa sobrevivência e conforto: seja ligando e desligando as luzes da casa, conectando equipamentos às tomadas, wi-fi, computador e até carregando o celular. Por isso é preciso, antes de tudo, munir-se de cuidados no dia a dia para evitar graves acidentes. Choques elétricos podem causar alterações na frequência cardíaca, danos aos tecidos nervosos, graves queimaduras ou mesmo causar a morte.

Diante disso, para garantir a segurança e evitar acidentes domésticos com eletricidade, é preciso manter maior atenção e cuidados principalmente com eletrodomésticos, cercas elétricas, antenas, tomadas e extensões sobrecarregadas, carregadores celulares e varais energizados acidentalmente. Esses podem ser considerados os principais fatores geradores de choques elétricos e curto-circuito.

Você sabe o que é um curto-circuito?

Os curtos-circuitos são problemas comuns em instalações elétricas, mas que podem ser facilmente evitados. Em sua definição no dicionário, o termo curto-circuito se refere à conexão de baixa resistência entre os polos de um dispositivo elétrico ou eletrônico, capaz de causar a passagem de um excesso de corrente, provocando sérios danos. A alteração faz com que aparelhos ou instalações que estejam conectadas a esse circuito elétrico parem de funcionar instantaneamente, podendo causar incêndios, perdas de aparelhos e até acidentes fatais. Sendo assim, é necessário ficar atento.

Conheça os sinais que podem representar um curto-circuito

• Cheiro de queimado em aparelhos elétricos ou vindo de um lugar desconhecido;

• Tomadas com manchas escuras, aparentando estarem queimadas;

• Lâmpadas que queimam rápido demais;

• Queda de energia constante e sem motivos aparentes, ainda mais se você perceber que foi apenas em sua casa ou em alguns cômodos;

• Sobrecarga elétrica, ocasionando o desarmamento do disjuntor;

• Fusíveis queimados.

De acordo com o Executivo de Segurança da Equatorial Maranhão, Jeová Palheta, o ambiente doméstico é o local com maiores ocorrências dos acidentes com energia elétrica e pequenas atitudes, como prestar atenção nesses “sintomas”, já ajudam a tornar a casa um lugar mais seguro. “Caso perceba algum sinal de curto-circuito, chame imediatamente um eletricista para fazer a manutenção da rede elétrica. E pelo menos a cada cinco anos é ideal fazer a manutenção de todo circuito elétrico da sua casa com um profissional qualificado”, pontua Jeová.

Depois de identificar a possibilidade de ter acontecido um curto-circuito, é indicado que uma inspeção seja realizada logo, evitando acidentes graves ou fatais. “Nunca faça reparos ou novas instalações por conta própria, pois mesmo que o sistema esteja desligado não significa que esteja desenergizado. Mexer com eletricidade sem os devidos cuidados pode causar sérios danos físicos e materiais”, enfatizou Jeová.

Acidentes elétricos podem ser evitados

A segurança com eletricidade em casa deve começar desde a construção. A falta de um projeto elétrico, a má escolha de materiais, uma instalação elétrica mal dimensionada e a contratação de profissionais não capacitados, são algumas das escolhas ruins que se pode fazer durante uma construção ou reforma residencial.

Além disso, pequenas atitudes cotidianas podem fazer da sua casa ou local de trabalho um lugar mais seguro e sem acidentes corriqueiros, ou fatais, com eletricidade. É importante manter-se sempre informado e consciente dos perigos que se pode encontrar quando se lida com a energia elétrica.

Confira algumas dicas para se prevenir de acidentes elétricos

• Evite sobrecarregar tomadas, usando benjamins, também conhecidos como “T´s” e extensões de qualquer tipo. O ideal é contratar um eletricista para fazer a instalação elétrica de novas tomadas de acordo com as normas técnicas;

• Use protetores nas tomadas que não estiverem sendo utilizadas, isto evita que crianças insiram materiais dentro das tomadas;

• Ao trocar lâmpadas desligue os disjuntores e a chave geral e não toque na parte metálica do bocal da lâmpada;

• Nunca deixe aparelhos eletrônicos próximos de áreas molhadas;

• Se você tiver um chuveiro elétrico, troque a chave seletora somente quando o mesmo estiver desligado e o circuito elétrico deverá ser protegido pelo disjuntor DR;

• Se for instalar uma antena, contrate um profissional especializado e respeite a distância segura da rede elétrica, pelo menos 3 metros;

• Não deixe cortinas e tapetes em contato com fios e tomadas, caso aconteça um curto-circuito eles podem pegar fogo rapidamente;

• Nunca instale cercas elétricas improvisadas. A energização de cercas só deve ser feita por profissionais qualificados, respeitando a legislação de segurança e com equipamentos adequados; 

• É indicado solicitar uma revisão da instalação a um profissional a cada 5 anos.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

admin

Jornalista (MTB - 918). Pós-Graduado em Design Gráfico pela UFMA – Universidade Federal do Maranhão. Publicitário e Designer Gráfico. Membro da Academia Vianense de Letras (AVL) - Cadeira nº 20 - Patrono: Bispo Dom Hélio Campos. Edita o Blog Vianensidades desde 2007. CONTATOS: Email: [email protected] | Whatsap: 98 98461 2929

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.