São Luís deve vacinar 39% da população contra a Covid após a chegada da variante indiana ao Maranhão

Capital recebeu 210 mil doses extras de vacina, enviadas pelo Ministério da Saúde, após a confirmação de casos da variante indiana em tripulantes de navio ancorado no litoral maranhense. Prefeitura diz que o lote será aplicado em 1ª dose.

Chegada em São Luís do lote extra de vacinas AstraZeneca, contra a Covid-19. — Foto: Ruy Barros/SES

Com o envio das 300 mil doses de vacinas para o Maranhão, 39% da população de São Luís deve ser imunizada contra a Covid-19 ainda com a 1ª dose. Ao todo, a capital recebeu 210 mil doses da AstraZeneca, enviadas pelo Ministério da Saúde, após a confirmação dos primeiros casos da variante indiana do coronavírus (chamada de B.1.617).

Até a segunda-feira (24), 229.447 mil pessoas já haviam sido vacinadas com a 1ª dose contra a Covid-19 na capital. Com a chegada dos 210 mil novos imunizantes, São Luís terá ao todo, 439.542 mil vacinadas com ao menos uma dose aplicada.

O número corresponde a 39% da população estimada da capital, que é de 1.108.975, de acordo com a última estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ao G1, a Prefeitura de São Luís confirmou que todo o lote recebido será aplicado em 1ª dose, seguindo uma orientação do Ministério da Saúde. A meta é que 10 mil pessoas sejam vacinadas por dia. Com isso, novos locais de vacinação devem ser abertos ainda nesta semana.

De acordo com Carlos Lula, secretário estadual de Saúde e presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), devido a grande quantidade de doses que foram recebidas, elas serão repassadas ao município em quatro vezes, a medida em que a vacinação for acelerada.

“A gente distribuiu ainda todas as doses de manhã, junto com seringas e agulhas, sendo que São Luís vai receber a maior parte, são 210 mil doses. Como é um valor muito grande, a cidade vai receber isso parcelado, de quatro vezes. A medida que for acelerando a vacinação, a gente vai fazendo essa entrega das doses ao municípios”, disse.

Vacinação em massa

A prefeitura afirma que a chamada ‘vacinação em massa’ já começou nesta terça-feira (25) na capital, com a redução de idade do público-alvo. Neste momento, estão sendo vacinadas pessoas com 58 anos sem comorbidades.

Ainda na segunda-feira, foi anunciado a abertura do cadastro para a vacinação de pessoas em geral, a partir de 50 anos. O cadastro deve ser feito pela plataforma Vacina São Luís.

Vacinação acelerada

O governo do Maranhão pretende acelerar a vacinação, após a confirmação dos primeiros casos da variante indiana. As 300 mil doses de vacinas enviadas para o estado começaram a ser distribuídas nesta terça-feira aos quatro municípios da Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa).

O ministério também enviou, cerca de 700 mil insumos, entre agulhas e seringas. Além disso, o Maranhão recebeu 600 mil testes rápidos que serão usados para a testagem em pontos estratégicos de entrada no estado.

Por G1 MA — São Luís, MA – CONTINUE LENDO

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VIANA