Governo do Maranhão dispensa uso de máscaras em locais fechados de cidades com mais de 70% da população vacinada

O decreto estabelece que a flexibilização seja aplicada somente nas cidades em que mais de 70% da população tenha recebido as duas doses ou a dose única da vacina contra a Covid-19.

Consumidores aguardam na fila para serem atendidos em quiosque de shopping em São Luís (MA) — Foto: Adriano Soares/Grupo Mirante

O Governo do Maranhão determinou, nessa sexta-feira (11), o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados no Estado. O decreto estabelece que a flexibilização seja aplicada somente nas cidades em que mais de 70% da população tenha recebido as duas doses ou a dose única da vacina contra a Covid-19.

Mesmo em municípios que não atendam esse requisito, pessoas que completaram o ciclo de imunização também podem ser liberadas do uso de máscara em ambientes fechados, desde que apresentem o comprovante de vacinação.

No entanto, se houver decreto municipal estabelecendo a obrigatoriedade de máscaras nesses espaços, a população deve seguir a norma local.

No Maranhão, o uso de máscaras em locais abertos também não é mais obrigatório desde o dia 10 de novembro de 2021. A medida levou em consideração a queda nos números de casos e mortes pela Covid-19 e o avanço da vacinação no Estado.

Atividades presenciais para gestantes

Ainda segundo o decreto, as servidoras gestantes que não se imunizaram por questões de saúde devem ser dispensadas das atividades presenciais, desde que apresentem parecer médico que conste a não recomendação da vacinação em virtude de suas condições de saúde. Já as grávidas que estiverem vacinadas com as duas doses devem voltar a trabalhar presencialmente.

Ainda de acordo com as novas regras, a servidora gestante que não optar pela vacinação por questões individuais deve retornar às suas atividades presenciais, sob a condição de não ter testado positivo para a Covid-19 e não apresentar sintomas de contaminação pela doença.

Coronavírus no Maranhão

O Maranhão chegou nessa terça-feira (15) ao total de 419.676 casos e 10.846 mortes pela doença, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Nas últimas 24h, foram registrados 749 novos casos e dois óbitos pela doença.

Dos novos casos, 194 foram diagnosticados na Grande Ilha de São Luís, 4 em Imperatriz e 551 nas demais regiões do Maranhão. As mortes foram registradas nas cidades de:

  • Pedro do Rosário (1)
  • Amarante do Maranhão (1)

Nenhum óbito foi registrado nas últimas 24 horas. Os demais foram registrados em dias e/ou semanas anteriores, e aguardam resultado do exame laboratorial para Covid-19.

Os números de casos ativos (pessoas que, no momento, estão com Covid-19) chegou a 3.961. Desse número, 3.870 pessoas estão orientadas a ficar em isolamento domiciliar, 45 estão internadas em enfermarias e 46 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Por g1 MA

admin

Jornalista (MTB - 918). Pós-Graduado em Design Gráfico pela UFMA – Universidade Federal do Maranhão. Publicitário e Designer Gráfico. Membro da Academia Vianense de Letras (AVL) - Cadeira nº 20 - Patrono: Bispo Dom Hélio Campos. Edita o Blog Vianensidades desde 2007. CONTATOS: Email: [email protected] | Whatsap: 98 98461 2929

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.