Incentivo à redução de consumo de energia gera mais de 49 milhões de reais em descontos no Maranhão

Conheça os resultados do Programa de Incentivo à Redução Voluntária

Em 2021 foi registrado o pior regime de chuvas em 91 anos, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e para compensar esse baixo nível dos reservatórios, uma das estratégias de economia foi a criação do Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica pelo Governo Federal, por meio da Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética, vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

Lançado em setembro de 2021 com efeitos visíveis até 2022, o programa veio com o objetivo de incentivar os consumidores a reduzirem o consumo individual de energia elétrica nesse momento de escassez hídrica, onde o Brasil vem passando por uma longa estiagem, visando aumentar a segurança do fornecimento de energia para todos.

Benefícios na conta de luz – Mas, além da segurança do fornecimento elétrico, esse programa beneficiou diretamente o bolso dos consumidores. No maranhão, quase 700 mil clientes da Equatorial Energia conseguiram diminuir seus consumos e receberam bônus financeiros na fatura do mês de janeiro. Somados, esses bônus contabilizaram mais de 49 milhões de reais de descontos nas contas de energia de clientes de todo o estado.

De acordo com a Analista de Regulação, Luisa Azevedo, “com essa economia, muitos maranhenses puderam poupar dinheiro e usar esse bônus em outras despesas pessoais. Desse modo, entende-se que mais de 49 milhões de reais que antes seriam usados para pagar as contas de energia, foram injetados na economia local, favorecendo a população e o mercado maranhense”, destacou Luisa.

Participaram do programa todos os consumidores de baixa tensão (grupo B) e os de média e alta tensão (grupo A), inclusos nas classes de consumo residencial, industrial, comércio, serviços e outras atividades, rural e serviço público, incluindo também os residenciais com benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), com histórico de medição junto à Equatorial, que tiveram redução de 10% a 20% do consumo de energia elétrica nos meses de setembro a dezembro de 2021 em comparação ao mesmo período de 2020 receberam bônus de 50 centavos a cada quilowatt-hora do total da energia economizado.

Não houve necessidade cadastro ou inscrição prévia. Logo, aos clientes inclusos nos critérios acima, o bônus na conta de energia foi automaticamente aplicado na fatura de janeiro de 2022. Dessa forma, se o consumidor economizou 100 quilowatt-hora, por exemplo, no somatório do consumo de setembro a dezembro de 2021 comparado ao somatório do mesmo período de 2020, houve um crédito de R$ 50,00 na última conta de luz.

As orientações de economia de energia continuam

Não só pelo bônus, é importante continuar sempre economizado energia. Por isso a Equatorial Maranhão selecionou algumas dicas fáceis de aplicar no dia a dia que resultam em economias elétricas, e consequentemente, financeiras:

•Na hora de comprar um equipamento, verifique se ele possui o Selo Procel ou a Etiqueta A de eficiência energética do Inmetro. Essas são duas sinalizações de que o aparelho segue as recomendações de economia de energia, medida importante para evitar o desperdício.

•Troque suas lâmpadas incandescentes por Led, que consomem até 90% menos que as incandescentes.

•Se ligue no ar condicionado. Atualmente existem modelos de condicionadores de ar com a tecnologia inverter, capaz de gerar uma economia de energia de até 60%.

•Evite deixar aparelhos em modo stand-by;

•Não coloque o celular para carregar a noite;

•Tente não deixar lâmpadas acesas durante o dia ou em ambientes que não estão sendo utilizados;

•Evite o “abre e fecha” da geladeira ao longo do dia.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

admin

Jornalista (MTB - 918). Pós-Graduado em Design Gráfico pela UFMA – Universidade Federal do Maranhão. Publicitário e Designer Gráfico. Membro da Academia Vianense de Letras (AVL) - Cadeira nº 20 - Patrono: Bispo Dom Hélio Campos. Edita o Blog Vianensidades desde 2007. CONTATOS: Email: [email protected] | Whatsap: 98 98461 2929

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.