Para sempre

Carlos Drummond de Andrade Por que Deus permite Que as mães vão-se embora? Mãe não tem limite É tempo sem hora Luz que não apaga Quando sopra o vento E chuva desaba Veludo escondido Na pele enrugada Água pura, ar puro Puro pensamento Morrer acontece Com o que é breve e passa Sem deixar vestígio […]

Leia Mais

Homenageando A Flor Do Mururu

Do brejo da luz, e não da cruz, brota a flor de uma canção para iluminar as trevas que permanecem à vista, mas são impedidas de turvar as águas de muitas infâncias, diante dos gestos e das intenções da parceria portentosa destes dois nomes consagrados do nosso cancioneiro popular: Josias Sobrinho e Zeca Baleiro. Balada […]

Leia Mais