“REMENDO NOVO EM PANO VELHO” – Empresa paraense faz “guaribada” em ferry-boat para operar na travessia Ponta da Espera – Cujupe

A empresa paraense Celte Navegação, vencedora do certame para explorar o serviço de travessia marítima entre a Ponta da Espera, em São Luís e Cujupe, em Alcântara, está se preparando a todo vapor. Informações dão conta que, pelo menos duas embarcações estão sendo adequadas para que sejam transformadas em ferryboat e fazer o percurso das viagens entre a Ilha e a Baixada Maranhense e vice-versa.

Uma das embarcações: como era e como ficou (Foto E.S.S.)

Os “novos” ferrys estão recebendo serviços de lanternagem e pintura para dar uma boa impressão aos usuários. A empresa quer garantir embarcações modernas e aptas a oferecer segurança e conforto aos passageiros e para o embarque e desembarque de caminhões, carretas e veículos de pequeno porte.

O serviço de lanternagem, popularmente chamado de “guaribada” está sendo realizado em Icoaraci, um dos oito distritos de Belém do Pará.

Outra embarcação sendo garibada (Foto: E.S.S.)

Vale dizer que a precariedade nesse serviço de travessia marítima tem se agravado e provocado transtornos a cada dia. Hoje e amanhã, por exemplo, a Serviporto não estará operando, pois o ferry Cidade de Araioses está parado para manutenção.

Enquanto isso, usuários, proprietários de vans e ônibus e de todos os tipos de veículos estão parados no Poro do Cujupe, a espera que alguém tome uma providência. O MARANHÃO NÃO É PARA TODOS, PRINCIPALMENTE A BAIXADA MARANHENSE!

Com informações do blog Walkir Marinho

admin

Jornalista (MTB - 918). Pós-Graduado em Design Gráfico pela UFMA – Universidade Federal do Maranhão. Publicitário e Designer Gráfico. Membro da Academia Vianense de Letras (AVL) - Cadeira nº 20 - Patrono: Bispo Dom Hélio Campos. Edita o Blog Vianensidades desde 2007. CONTATOS: Email: [email protected] | Whatsap: 98 98461 2929

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.