Primeiras chuvas em Penalva isolam povoado Jacaré e Região

A cidade de Penalva, distante 250km da capital maranhense, já sofre com as primeiras chuvas de novembro. Por falta de manutenção, as estradas vicinais, que ligam a sede do Município à zona rural estão quase intransitáveis, em alguns casos o isolamento foi total, como aconteceu com a estrada que dá acesso ao povoado Jacaré e Região.

Revoltados e com o celular na mão, moradores da região do Jacaré, registram o sofrimento das pessoas tentando, sem sucesso, vencer a lama e os obstáculos causados pelas primeiras chuvas. Indignados denunciaram a negligência do prefeito Ronildo Campos.

Para o penalvense e empresário Lengo, proprietário de um dos caminhões atolados, o que está acontecendo é uma vergonha e um total descaso do prefeito Ronildo Campos com o povo do Jacaré e região. “É notório a falta de manutenção nessas estradas. Meu caminhão e vários carros ficaram atolados apenas com as duas primeiras chuvas. Fiz um vídeo mostrando o desespero de vários cidadãos que se utilizam dessas estradas para ganharem os seus sustentos. Isso em plena campanha eleitoral, imagina depois que esse prefeito se reeleger”, desabafa o empresário.

De acordo com denúncias de moradores, o atual gestor não tem feito manutenção nas estradas vicinais no Município, com exceção da estrada que dá acesso à fazenda do ex-prefeito Lourival Gama, principal líder político do grupo que comanda a prefeitura de Penalva.

Outro morador indignado com essa situação de abandono, é o Sr. Francisco N. C.. Segundo ele, o povo do Jacaré não merece passar por esse sofrimento. “Cadê o nosso direito de ir e vir?”, Interroga. “Se estamos enfrentando todos esses problemas no período de eleição, imagine depois que passar esse período. É uma vergonha e um desrespeito com a nossa população!”, finaliza. Assista:

Por Marinildo Serejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *