Comitê de crise da Covid orienta municípios reservarem 2ª dose

Trabalhadores da Fiocruz, de todo o Brasil, receberão vacina contra a Covid-19 pelo PNI | Reprodução

Por Lauro Jardim (OGLOBO)

Na contramão da orientação que Eduardo Pazuello deu aos prefeitos na sexta-feira passada, o Comitê de Crise, composto por técnicos do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde decidiu orientar que os municípios para que continuem a reservar as segundas doses da vacina contra a Covid-19.

Ao menos é essa a informação que já circula no grupo de WhatsApp da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). Mas os prefeitos alertam que ainda será preciso um documento do Ministério da Saúde para que a mudança de rota se torne oficial — embora, eles já a considere como válida.

Pazuello dissera na sexta-feira a integrantes da FNP que os municípios não precisariam mais reter a metade dos lotes disponíveis até a aplicação da segunda dose do imunizante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *