Morre, aos 69 anos, o escritor e jornalista Artur Xexéo

Morreu hoje, aos 69 anos, o querido escritor e jornalista Artur Xexéo. O grande mestre da palavra sucumbiu após lutar contra um linfoma. A morte foi confirmada hoje.

O querido escritor e jornalista Artur XexéoO querido escritor e jornalista Artur Xexéo | Fernando Lemos

Segundo o “Memória Globo”, Xexéo estreou no jornalismo no Jornal do Brasil, em 1978. Ele aceitou uma vaga de repórter na sucursal do Rio de Janeiro da Veja. Conheceu o jornalista Zuenir Ventura, que, em 1982, o convidaria para trabalhar na revista IstoÉ e, em 1985, para ser subeditor da Revista de Domingo, suplemento cultural do JB.

A partir daí, Xexéo começou a se especializar em jornalismo cultural. Ainda segundo o “Memória Globo”, no Jornal do Brasil Xexéo também foi editor do Caderno B, editor do caderno de Cidade e subsecretário de redação. Em 1992, foi convidado para ser um dos novos colunistas do jornal.

Em 2000, o grande jornalista levou a coluna para o jornal O Globo. No jorna, também se tornou editor do suplemento Rio Show e, depois de dois anos, do Segundo Caderno.

Nos últimos anos, Xexéo era um dos comentaristas da Globo News, em especial dos programas de cultura e entretenimento. Também ficaram marcadas suas participações na cobertura do Oscar.

Vai deixar uma saudade profunda neste colunista, que teve o privilégio de trabalhar com Xexéo em Veja, Jornal do Brasil e O Globo. Além de contar com a sua generosa amizade. Ao seu companheiro Paulo, uma solidariedade profunda. Por Ancelmo Gois – O GLOBO.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VIANA