Brasil – mostra tua cara!


 

BRASIL

(Cazuza)

Não me convidaram pra essa festa pobre

Que os homens armaram pra me convencer

A pagar sem ver toda essa droga

Que já vem malhada antes de eu nascer

Não me ofereceram nenhum cigarro

Fiquei na porta estacionando os carros

Não me elegeram chefe de nada

O meu cartão de crédito é uma navalha

Brasil, mostra a tua cara

Quero ver quem paga pra gente ficar assim

Brasil, qual é teu negócio

O nome do teu sócio

Confia em mim

 

Não me convidaram pra essa festa pobre

Que os homens armaram pra meconvencer

Apagar sem ver toda essa droga

Que já vem malhada antes de eu nascer

Não me elegeram a garota do fantástico

Não me subornaram, será que é meu fim

Ver tv a cores na taba de um índio

Programada pra só dizer sim

Brasil mostra tua cara

Quero ver quem paga pra agente ficar assim

Brasil qual e teu negocio

O nome do teu socio confie em mim.

Grande pátria desimportante

Em nenhum instante eu vou te trair

Brasil mostra a tua cara quero ver quem paga

Pra gente ficar assim.

Brasil, qual é teu negócio

O nome do teu sócio

Confia em mim

Brasil mostra a tua cara quero ver quem paga

Pra gente ficar assim.

Brasil, qual é teu negócio

O nome do teu sócio

Confia em mim

O meu Brasil!

admin

Jornalista (MTB - 918). Pós-Graduado em Design Gráfico pela UFMA – Universidade Federal do Maranhão. Publicitário e Designer Gráfico. Membro da Academia Vianense de Letras (AVL) - Cadeira nº 20 - Patrono: Bispo Dom Hélio Campos. Edita o Blog Vianensidades desde 2007. CONTATOS: Email: [email protected] | Whatsap: 98 98461 2929

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.