Agora lascou. STJ nega habeas corpus e destino de Rilva Luis vai ser o xilindró

rilva-e-magradoRilva e Magrado. Agora a coisa tá feia

Viana – O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o recurso de habeas corpus preventivo solicitado pelo advogado do ex-prefeito Rilva Luis, condenado a sete anos de prisão em segunda instância por fraudes em processos licitatórios que causou prejuízo de aproximadamente R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) aos cofres do Município de Viana.

ceb92412-4cb6-4dbe-86f4-739380645aa3

9cca838f-ccc2-4fd7-a24d-142c19dc1830

Leia mais portal do TJ-MA.

Rivalmar Gonçalves foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Maranhão (MP), por não realizar procedimentos licitatórios, no exercício financeiro de 2007, além de não comprovar despesas realizadas com recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS).

Entre as despesas realizadas sem processo licitatório, consta a aquisição de combustível no valor de R$135.704,43; compra de medicamentos de R$ 402.785,73; aluguel e frete de veículos, em R$108.000,00; material odontológico, totalizando R$ 101.079,44, além da ausência de comprovação de despesas diversas de R$280.666,00. Todas as aquisições foram efetivadas entre os meses de janeiro e dezembro de 2007.

DECISÃO – Em seu voto, o desembargador Raimundo Melo (relator), disse haver provas contundentes das ilicitudes perpetradas por Rivalmar Gonçalves, que causou prejuízo de aproximadamente R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) aos cofres do Município de Viana.

Ao final, Melo afirmou que a ausência de bons costumes leva à corrupção e o quadro atual do país é altamente indicativo de que essa patologia se abateu sobre o aparelho de Estado Brasileiro, se referindo às fraudes praticadas na administração no ex-prefeito Rivalmar Gonçalves, tendo ainda, determinado a expedição do mandado de prisão contra o ex-gestor para dar inicio ao cumprimento da pena imposta. O voto foi seguido pelos Desembargadores Bayma Araujo e João Santana.

Peixadas – Notas Rápidas

Intimidação e truculência

bfaf178d-83e6-41cc-881b-3d9fb9f18673

Eleição se ganha com votos na urna. É vontade do povo e a festa da democracia. O principal grupo oposicionista de Viana, contudo, quer tomar o poder na marra, de qualquer maneira. Para isso, treinaram uma espécie de “célula terrorista” que vai à frente, tentando intimidar e fazer valer vontades individuais de muitos que necessitam do poder assim como o ser humano necessita de sangue pra viver.  Desta vez, um servidor municipal da área da saúde teve o quintal da sua residência invadido, muitos pertences quebrados e ainda se deparou com uma pichação ameaçadora no muro.

A polícia já foi avisada. De todo modo, até outubro eles vão continuar com essa prática “vitorinista” de fazer política, ameaçando com processos judiciais e até invadindo residências de familiares que não são filiados, não participam de politicagem e estão se lixando para eleições e poder. Mas o povo vai dar o troco!

Fórum Eleitoral de Viana

O prefeito Chico Gomes, a juíza da 20º Zona Carolina de Souza Castro e o Desembargador Lourival Serejo – presidente do TRE-MA, foram presenças de destaque na reinauguração do Fórum Eleitoral Min. Astolfo Serra, localizado na Rua Antonio Lopes, centro, em Viana.

13873058_579429015562944_5715045876997403968_n

13903442_579429052229607_4917708512866186297_n

13906966_579429132229599_1629332753529523202_n

13924857_579428958896283_4496362061792102374_n

Em seguida, o gestor vianense convidou as autoridades presentes para conhecerem a reforma da Biblioteca Pública Municipal Ozimo de Carvalho, recém-inaugurada pela Prefeitura de Viana.

Bico quebrado

O secretário chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, hém? Foi designado pelo Governador, Flávio Dino, para representar o governo e fazer o anúncio do acordo firmado para a eleição em Pinheiro. Momentos antes da convenção, Luciano Genésio, foi pressionado pelo pai, Zé Genésio, o deputado federal, Waldir Maranhão e quatro vereadores da base aliada e desfez o acordo. Tavares teria dito a Luciano para que cumprisse o acordo firmado e fizesse o anuncio da desistência. O pai de Luciano, o ex-prefeito cassado, Zé Genésio, teria partido pra cima de Marcelo, juntamente com um vereador do PP, e agredido verbalmente o secretário, chamando-o de “vagabundo”. Marcelo foi proibido a participar do evento e foi escorraçado do local. De imediato o secretário voltou pra capital do estado.

Convenções municipais

Encerrou-se o prazo para a realização de convenções municipais para a homologação dos candidatos aos cargos de prefeito de prefeito, vice-prefeito e vereadores que concorrerão às eleições do dia 02 de outubro. Até o dia próximo dia 15 todos os postulantes deverão encaminhar aos cartórios eleitorais os pedidos de registros de suas candidaturas, anexando os documentos exigidos por lei. Alguns políticos ficha suja se ampararam em liminares para pedirem o registro de suas candidaturas e deverão concorrer sub-júdice e correndo o risco de “ganhar e não levar”, isto é, ser cassado de acordo com a legislação eleitoral em vigor. (Coluna do Jersan – JP).

Convenções apertadas

Os grupos políticos vianenses preferem fazer suas convenções no centro da cidade, onde as movimentações populares parecem mais latentes e movimentam o lado mais antigo da cidade. O problema é que, com os novos contornos festivos e midiáticos desses atos políticos, nenhum estabelecimento consegue abrigar mais que mil ou duas mil pessoas. O velho Grêmio de guerra e de carnavais, não coube sequer um terço do povão que acompanhou o candidato a reeleição Chico Gomes, no último sábado (05).

A propaganda no rádio o na TV

As emissoras de rádio e TV já estão proibidas de veicular imagens de realização de pesquisas ou de qualquer outro tipo de consulta popular de cunho eleitoral, em que seja possível identificar o entrevistado ou haja manipulação de dados. Além disso, estão vedadas a veiculação de propaganda política e a difusão de opinião de candidato, partido ou coligação que concorrerão às eleições municipais de outubro, quando serão escolhidos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Estão proibidas ainda a transmissão e divulgação de novelas, filmes ou qualquer outro programa que faça crítica ou alusão a candidatos e partidos. A exceção se refere a programas jornalísticos e debates políticos. As regras previstas valem tanto para a programação diária normal quanto para noticiários veiculados em rádio e televisão, que não podem ter nomes de programas iguais aos de coligações partidárias.

Vermelhou ou azulou?

O popular Zé de Betrone está num dilema danado. De um lado, o prefeito Chico Gomes, com sua tropa de choque vermelha. Gomes, quando deputado estadual, enviou um projeto de Lei Estadual, que transformou o famoso “Boi Passa Fogo” – que Zé é patrão -, em atração cultural do calendário folclórico vianense. Do outro lado (azul), Zé afirma que tem muitos amigos. Ele já foi flagrado de vermelho e também de azul. Entretanto, Zé não revela a cor do seu coração e vai marcando presença em quase todos os grupos, mesmo para ficar bem informado de tudo e de todos. Presta atenção, Zé!!!

Quem chamou?

Quem foi o candidato espaçoso da baixada que “varou” uma festa de uma numerosa família, neste sábado (06/08), sem ser convidado e chegou na cara dura, cumprimentando todo mundo, diante dos olhares incrédulos dos convidados? Vai ser cara de pau assim lá na terra de Dilú Melo! Me comprem “45” bodes!

Polícia na área

Rapá, nesta quinta-feira (04/08), quando a Polícia Civil algemou o ex-prefeito de Penalva, Nauro Sérgio Muniz (por improbidade administrativa), e conduzido para a Delegacia Regional de Viana, em em seguida para a Penitenciária de Pedrinhas, teve ex-gestor que ficou branco igual o Pólo Norte. Teve gente que o procurou em todos os locais conhecidos. Até em um famoso sítio cercado por uma “muralha da china, ali na MA-014 e nada do home. Dizem que a operação vazou e o cabra se enfiou logo em um buraco desconhecido, que nem cachorro de caçador conseguiu farejar. E olha que Nauro foi condenado só em primeira instância, por não prestar contas de uma merrequinha de 4,5 milhões, perto dos quase 50 milhões em oito anos de mandato que estão na folha corrida do fugitivo. Os boatos da sua prisão inclusive se espalharam em Viana, mas o Blog comprovou que era notícia falsa. Mas fica o aviso. A operação já tem nome e os home da lei estão na Baixada. Quem viver verá!

O fator evangélico

Fundada por pelos Jesuítas da Companhia de Jesus, Viana sempre ostentou uma população essencialmente católica. No entanto, quem visita a cidade dos lagos pode constatar a explosão de templos evangélicos em praticamente todos os bairros do município. Em julho deste ano, esse seguimento, atendendo a alguma determinação de líderes superiores, realizou 1.050 (mil e cinquenta) cultos em um único fim de semana em Viana. Uma façanha e tanto. Portanto, não é a toa que os candidatos tentam incluir em seus grupos vários representantes do seguimento evangélico, transformando a política também em um evento ecumênico, onde todos se sintam representados.

Um grande abraço e parabéns aos ilustres aniversariantes de hoje na Cidade dos Lagos; a primeira dama do município, Dona Alinete Gomes, Chico Serra, Alberto, Getúlio Júnior e o ex-prefeito Benito Filho. Que Deus cubra de bênçãos a todos.

Imagem do dia. Tá tranquilo, tá favorável!

f9808d36-36f3-4c9f-88a6-d47b5b133b33