Secretário de Cultura é demitido após frase similar à de nazista

Secretário da Cultura, Roberto Alvim, abandona entrevista ao GLOBO após receber ligação e vai às pressas para o Palácio do Planalto Foto: Jorge William

RIO — O secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, foi exonerado do cargo, segundo confirmou a assessoria da pasta na manhã desta sexta-feira. Ele provocou uma onda de indignação após copiar frases de um discurso nazista em um pronunciamento oficial da pasta. A exoneração de Alvim já havia sido antecipada pela colunista Miriam Leitão e foi publicada no Diário Oficial em edição extra na tarde desta sexta.

A polêmica surgiu após um vídeo ser divulgado para anunciar o Prêmio Nacional das Artes, projeto no valor total de mais de R$ 20 milhões. Na gravação, Alvim copiou uma citação do ministro de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels. Além disso, o anúncio traz como fundo musical a ópera “Lohengrin”, de Richard Wagner, compositor alemão celebrado pelo nazismo. A semelhança entre o discurso de Alvim e do ministro nazista foi identificada primeiro pelo portal “Jornalistas Livres”.

CONTINUE LENDO.

Prefeitura de Viana chama moradores de “mordedores” e mente nas redes sociais ao afirmar que “calçou todas as ruas” da Vila Zizi

A informação de que a gestão do prefeito Magrado Barros (DEM) possui hoje uma das piores avaliações de toda a história administrativa de Viana já é de conhecimento público. Mas transformar mentira em fato, no desespero de convencer a população de que algo foi realizado, é atestado de má fé e de uma conduta, no mínimo, desrespeitosa para com a inteligência dos vianenses.

Nesta quinta-feira (16), a equipe de Comunicação da Prefeitura de Viana cometeu uma falha monumental, classificada entre notícia falsa (fake news) e falta de ética profissional. Ao postagem de um vídeo de propaganda no perfil oficial da prefeitura trazia o texto: A Vila Zizi deu adeus a lameira e a dificuldade de trafegar pelas ruas. A Prefeitura de Viana calçou todas as ruas com bloquetes e os mordedores agora só tem o que comemorar”. Além dos atentados à língua portuguesa, tais como falta de crase e acento diferencial, a redação sofrível ainda confundiu moradores com “mordedores”. Afirmar que “todas” as ruas da Vila Zizi foram calçadas é uma mentira descarada.

Por falar em mordedores, quem anda mordendo gordos recursos é a administração Magrado, com uma generosa quantidade de verbas recebidas. Um exemplo recente foi o convênio com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF) para receber recursos do Governo Federal à recuperação de estradas vicinais. Os convênios foram assinados em dezembro do ano passado. Os cofres públicos da Prefeitura de Viana, cujas chaves estão nas mãos do prefeito Magrado Barros, receberão pouco mais de 3 milhões de reais para tal finalidade.

E a situação de quem vive na Vila Zizi… ó! É bem diferente da propaganda de Magrado. As imagens falam por si só.

 

Governo do Estado recebe delegação do MST Nacional e Estadual

O secretário da SAF, Júlio César Mendonça, o governador Flávio Dino e secretários do Governo, receberam nesta quinta-feira (16), a Coordenação Estadual e Nacional do MST.

Na ocasião, discutiram sobre as políticas voltadas para a agricultura familiar, reforma agrária, escolas do campo e o desenvolvimento do Estado.

Participaram também, os secretários Felipe Camarão (Seduc), Chico Gonçalves (Sedihpop), representantes do MST: Elias Araújo, André, Gilvan, Jonas, Alexandre, Divina e Milton.

#SistemaSAFEmFoco

#GovenroDeTodosNós

Vianenses, irmãs gêmeas, filhas de quilombolas, estampam a capa da Marie Claire

 

Irmãs gêmeas, filhas de quilombolas do Maranhão, estampam a capa da Marie Claire

Yaci e Yara. Pode guardar esses nomes. As duas irmãs gêmeas estão conquistando o mundo da moda e surpreendendo com a trajetória pessoal desde a infância.

Filhas de uma agente penitenciária e costureira, Yaci e Yara Sá tem origem quilombola em Viana, no Maranhão. E é justamente da ancestralidade que as duas ‘justificam’ a beleza e o sucesso.

As irmã gêmeas Yara e Yaci (Foto: Reprodução/Instagram)

Confira aqui o perfil das gêmeas

Os traços fortes e a cor de pele retinta destacam não apenas as duas nas passarelas e nas capas, mas também traz a representatividade para o mundo da moda. Em setembro, Yaci e Yara foram a capa da Marie Claire, e abordaram sobre esse tema, além da vida como modelos.

Foi apenas após se formarem em Ciências Contábeis na Universidade Federal do Maranhão que, aos 30 anos, Yaci e Yara arriscaram modelar.

Sendo a primeira geração a entrar e se formar em um curso superior, as possibilidades duplicaram para as irmãs; deixando cada vez mais distante a adolescência marcada pelo trabalho e a infância pobre. Vale a penar ‘ficar de olho’ no trabalho das duas, desfilam beleza e força de dentro para fora.

Fonte: Net10

Bloco da Imprensa abre a folia de momo no dia 18; na Praia Grande

O Bloco da Imprensa que desde 1997 reúne os profissionais de jornais, TVs, rádios e outros veículos de comunicação. A festa começa a partir das 17h, no Bar do Porto. A tradicional festa dos comunicadores este ano homenageará o curso de jornalismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Arquivo

O jornalista Joel Jacintho, um dos organizadores, explicou o porquê da escolha do tema. “Para 2020, pensamos no tema “Os 50 anos do Curso de Jornalismo da UFMA” para destacar a importância da formação acadêmica e ao mesmo tempo, homenagear aquela instituição de ensino que formou e forma tantos profissionais”.

O Bloco da Imprensa terá concentração nos dias 18 e 25 de janeiro e 1º e 15 de fevereiro, sempre às 17h no Bar do Porto, na Praia Grande.

A programação das atrações será divulgada aos poucos, durante as semanas. (Via Alfagulha)

Projeto Mais Sustentabilidade no Campo/CAR

Nesta terça-feira-feira, 14, o secretário da SAF, Júlio César Mendonça, acompanhado dos presidentes, Loroana Santana (AGERP) e Raimundo Lídio (ITERMA), realizou a entrega de 8 carros e equipamentos para a execução do Projeto Mais Sustentabilidade no Campo/CAR.

Na ocasião, foi realizada uma “formação de condutores” com os coordenadores de lote do projeto, para orientar sobre atuação e responsabilidades, visando a plena utilização dos veículos.

A superintendente Suzianne Machado, o Gestor da Unidade Meio – Ugam, Zé Carlos, o Coordenador da Unidade Técnica Estadual – UTE, João Batista e a equipe da Unidade de Gerenciamento do Projeto (UGP), também participaram da entrega.

#GovernoDeTodosNós

Presidente anuncia reajuste, e salário mínimo passará de R$ 1.039 para R$ 1.045 em fevereiro

Presidente se reuniu com Guedes antes do anúncio; aumento evita perda inflacionária. Governo definiu R$ 1.039 baseado na projeção do mercado para INPC, mas índice ficou acima do previsto.

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta terça-feira (14) que o governo reajustará o valor do salário mínimo de R$ 1.039 para R$ 1.045. Segundo Bolsonaro, o valor valerá partir de 1º de fevereiro.

O anúncio foi feito em uma entrevista coletiva na sede do Ministério da Economia, onde o presidente se reuniu com o ministro Paulo Guedes. Segundo Bolsonaro, o reajuste será feito via medida provisória, ato que tem força de lei imediatamente (leia detalhes mais abaixo).

“Uma reunião tranquila, coordenada pelo Paulo guedes. Tivemos uma inflação atípica em dezembro. Não esperávamos que ela fosse tão alta assim. Foi basicamente da carne, e tínhamos que fazer com que o valor do salário mínimo fosse mantido. Então, ele passa, via medida provisória, de R$ 1.039 para R$ 1.045 a partir de 1º de fevereiro”, afirmou o presidente.

CONTINUE LENDO AQUI.