Vereador Cézar Bombeiro: Eduardo Braide é o pré-candidato da vontade do povo

O vereador Cézar Bombeiro manifestou-se hoje sobre a pré-candidatura do deputado federal Eduardo Braide à prefeitura de São Luís. O nome dele transita com muita força e carinho nos meios comunitários pela conquista da credibilidade e de se constituir em uma esperança de mudança que o povo quer.

Nesta eleição teremos o Eduardo Braide  sendo enfrentado por grupos políticos, numa união contra os anseios coletivos, mas felizmente o povo de São Luís já fez a sua escolha e não vai se deixar influenciar pelos inúmeros engodos que estão sendo postos, como ocorreu há 04 anos.

O resultado todos conhecem, principalmente as populações dos bairros, os usuários dos transportes coletivos, os que sofrem nas filas de marcações de consultas e de uma maneira bastante dolorosa as milhares de crianças que são excluídas do direitos a educação, sem falarmos nas creches que deixaram de ser construídas.

Na Câmara Municipal, eu com um pequeno número de vereadores, que defende os direitos e os interesses coletivos é ignorado pelo executivo municipal, mas nem por isso deixamos de lutar. Eduardo Braide, eu acredito juntamente com o povo será a grande redenção de São Luís ao desenvolvimento com o foco principal na seriedade, no compromisso e na transparência, de há muito ausente na atual administração da prefeitura de São Luís. Vamos todos para a luta para que possamos transformar nossos sonhos em realidade, acreditando que outra cidade de São Luís, é possível, afirma Cézar Bombeiro.

(Via Blog do Aldir Dantas)

IFMA abre inscrições para curso de inglês gratuito e online

São ofertadas 40 vagas e as inscrições estão abertas até dia 30 de julho.

Data de aplicação das provas do IFMA é alterada para janeiro de 2017 — Foto: Flora Dolores/O Estado

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Porto Franco lançou projeto de extensão que irá ofertar um curso de conversação em Língua Inglesa em nível intermediário gratuito para a comunidade. As aulas iniciam em agosto/2020 e encerram em dezembro/2020. O curso está dividido em seis módulos e é totalmente gratuito.

São ofertadas 40 vagas e as inscrições estão abertas desde às 8 horas desta segunda-feira (27) e prossegue até às 23 horas do dia 30 de julho (quinta-feira). As inscrições devem ser realizadas por meio de formulário eletrônico disponível na internet.

No momento da inscrição, os candidatos devem anexar um arquivo de áudio ou vídeo seguindo orientações do teste de nível disponíveis no próprio formulário. Em caso de dúvidas, os contatos podem ser realizados pelo e-mail: [email protected]

O “English Conversation Course” tem como objetivo estabelecer um espaço de interação e contato com a Língua Inglesa em situações reais de uso que possibilitem o aprimoramento da competência comunicativa dos participantes. Os concludentes receberão certificação ao término do curso. Acesse o edital clicando aqui.

O curso será ofertado de forma online através de plataformas virtuais, Google Classroom e Google meet e terá carga horária total de 40h. As aulas irão acontecer nas segundas-feiras das 14h às 16h.

(Por G1 MA — São Luís)

Endividamento aumenta entre famílias mais pobres em julho

Pesquisa aponta queda no endividamento entre os mais ricos

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

O percentual de famílias com dívidas atingiu 67,4% em julho, o maior nível da série histórica da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgou hoje (28) a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O crescimento se deve ao aumento do endividamento das famílias com até 10 salários mínimos de renda, que chegou ao recorde de 69% em julho, acima dos 68,2% de junho e dos 65,4% de julho de 2019. Por outro lado, o grupo de famílias com renda superior a esse patamar teve uma redução do endividamento, chegando a 59,1% em julho, abaixo dos 60,7% em junho. Apesar disso, o percentual ficou acima dos 58,7% de julho de 2019.

“As necessidades de crédito têm aumentado para as famílias com menor renda, seja para pagamento de despesas correntes, seja para manutenção de algum nível de consumo”, analisa a CNC em texto de divulgação da pesquisa, que compara: “por outro lado, para as famílias de maior renda, tem aumentado a propensão a poupar”.

A pesquisa é realizada mensalmente com 18 mil consumidores e considera como dívidas as despesas declaradas com cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal, prestação de carro e de casa, ainda que estejam em dia.

A Peic também questiona os entrevistados sobre dívidas ou contas em atraso, percentual que chegou a 26,3% no geral, o maior valor desde setembro de 2017.

Mais uma vez, o percentual cresceu para as famílias de menor renda e caiu para as mais ricas. Enquanto os lares com até 10 salários mínimos tiveram aumento de 28,6% em junho para 29,7% em julho, para os demais, o percentual caiu de 11,3% para 11,2%. 

Outro percentual calculado pela pesquisa é o das famílias que não terão condições de pagar suas dívidas, que chegou a 12% em julho, acima dos 11,6% de junho e dos 9,6% de julho de 2019. Nesse caso, o percentual cresceu para os dois grupos de renda: de 13,2% em junho para 13,7% em julho no caso das mais pobres; e de 4,7% em junho para 4,9% em julho no caso das mais ricas.

Nível de endividamento

O número de pessoas que se declararam muito endividadas teve, em julho, sua primeira queda desde o início do ano. O percentual caiu de 16,1% em junho para 15,5%. No ano passado, porém, essa fatia dos entrevistados era de 13,3%.

Em média, as famílias declararam que as dívidas consomem 30,3% de sua renda, percentual que caiu em relação a junho, quando era de 30,4%. Já em julho de 2019, eram 29,9%.

Ainda segundo a pesquisa, o tempo médio de comprometimento com dívidas cresceu e chegou a 7,4 meses em julho. Uma parcela de 21,2% das famílias declarou ter dívidas até três meses, enquanto 34,5%, por mais de um ano. Também se elevou o tempo médio para quitação das dívidas das famílias inadimplentes, de 60,7 dias em junho para 61 dias em julho.

Tipo de dívida

A dívida mais comum entre os brasileiros é o cartão de crédito, declarado por três em cada quatro entrevistados, com 76,2%. Carnês foram mencionados em 17,6% das entrevistas; financiamento de carro, em 11,3% e financiamento de casa, em 10,1%.

A CNC avalia que há sinais de alguma recuperação da economia a partir de maio e junho, mas a proporção de consumidores endividados no país é elevada.

“Assim, é importante seguir ampliando o acesso ao crédito com custos mais baixos, como também alongar os prazos de pagamento das dívidas para, com isso, mitigar o risco do crédito no sistema financeiro”, afirma o texto, que destaca que benefícios emergenciais têm impactado positivamente o consumo, e as quedas de taxas de juros e inflação podem favorecer o poder de compra dos consumidores.

(Agência Brasil)

25 de Julho – Dia do Agricultor e Agricultora Familiar

Neste dia, homenageamos os agricultores e agricultoras familiares do Maranhão, que são símbolo de resistência e luta.

Seu Joaquim Ronaldo, do povoado Angico Branco, do município de Água Doce, é um dos agricultores beneficiários do Plano Mais IDH e que teve acesso às políticas públicas do Governo do Estado visando o fortalecimento, incentivo e valorização do trabalho no campo.

Assista!

Inscreva-se no nosso canal no YouTube e acompanhe outras histórias de agricultores e agricultoras familiares do Maranhão.

#DiaDoAgricultorFamiliar

#DiaDaAgricultoraFamiliar

#DiaDaResistênciaNoCampo

#AgriculturaTemVezNoMaranhão

#SistemaSAFEmFoco

#GovernoDeTodosNós

São Gonçalo: o morto apareceu no meio da festa

Imagem Wikipédia

Por Nonato Reis*

Nos meus tempos de adolescente, as festas dedicadas aos santos milagreiros, as novenas, as rezas e as ladainhas faziam a alegria das comunidades ribeirinhas.

À semelhança de um católico fervoroso, eu comparecia a todas, não porque fosse devoto, mas atraído pela animação dos eventos e pelas guloseimas que costumavam ocorrer, após as celebrações e cantorias.

Festa de São Gonçalo, por exemplo, eram noites de diversão certa e comida farta.

Adorava a música, ao som de rabeca e violão, o bailado dos brincantes e aquela espécie de auto dedicado ao santo. No último dia, após a celebração, tinha o famoso “arrasta pé” de radiola, que varava as madrugadas nos barracões de chão batido de terra, cobertos com palha de babaçu. Amado Batista, Reginaldo Rossi e mais um cortejo de cantores bregas se revezavam nos discos de vinil, tocados nas aparelhagens de som de altíssima potência.

O baile de São Gonçalo era um tributo ao santo pelo atendimento de uma promessa. No interior, onde o povo tem uma religiosidade exacerbada, uma vez ocorrido o milagre em face do pedido, a festa tinha que ser realizada. Assim, se ocorresse de alguém fazer uma promessa e morrer sem cumprir o juramento, a obrigação estendia-se aos familiares do morto, que assumiam assim a responsabilidade pela promoção do evento. E ai de quem descumprisse o juramento. O morto não lhe daria sossego.

Eu ficava com a pulga atrás da orelha com essas promessas de defunto. As pessoas diziam que, no meio da representação, o falecido costumava “aparecer” no corpo de alguém, para dizer se considerava o encargo cumprido ou não.

Lembro de um baile desses que deu o maior furdunço, porque o finado decidiu “dar as caras” justo na hora do “arrasta pé”, quando o suor escorria livre e o cheiro de cachaça impregnava o salão apinhado de gente.

Foi “um para pra acertar” dos diabos. Enfurecida, a entidade do além “apoderou-se” da sua filha mais nova que, “possuída”, dava gritos e quebrava o que via pela frente. “Não valeu, não valeu!”, dizia aos berros. “Da minha promessa deviam participar apenas mulher, homem não”.

E lançando mão de um facão enferrujado, que alguém colocara ao pé da mesa do som, brandiu a arma no ar, diante do olhar estupefato da plateia. “Ou desmancha tudo e faz de novo, e agora, ou não fica um pra contar história”.

Foi gente fugindo aos magotes por buracos nas paredes laterais do barracão, igual ratos de porão de navio em naufgrágio. Eu, no sufoco para escapar, caí dentro de um galinheiro, repleto de excremento e saí de lá parecendo porco após deixar o lameiro.

Depois de algum tempo do rebuliço, a custo a paz voltara ao barracão, o espírito do morto, diante da jura dos filhos de que um novo baile seria realizado dali a alguns dias, tudo dentro dos conformes estabelecidos na promessa, aceitou bater em retirada e a festa pôde, enfim, ser retomada.

Menos para mim, que me encontrava em situação lastimável e exalando mau cheiro que se propagava a metros de distância.

Assim, já sob o coro dos poleiros que anunciava o raiar da aurora, bati em retirada e cheguei em casa, ávido por me ver livre daquelas vestes imundas. Porém, para minha surpresa encontrei o meu pai, em pé diante da porta, a me esperar com o cinturão na mão.

– Então é assim?

Eu não disse nada, e ele continuou:

– A tua avó nem bem foi enterrada e tu já varando as noites na safadeza…

Foi então que, sob o açoite do cinto nas costas, eu me lembrei que a velha Mariana, minha avó, falecera há apenas quatro dias. Eu, moleque de 13 anos, não entendia ao certo o que significava a morte e muito menos o luto … Na minha cabeça, tudo era motivo de vadiagem…até mesmo velórios, quanto mais baile de São Gonçalo.

*Jornalista | Escritor

Para um próximo livro de crônicas ambientado no Ibacazinho, povoado histórico de Viana, berço da catequese jesuítica.

SSAA é tema de reunião entre SAF e Equatorial Energia

Na manhã desta sexta-feira, 24, o secretário da SAF, Júlio César Mendonça e o superintendente de  Tecnologias Sociais,  Fernando Melônio reuniram-se com o diretor Operacional da Equatorial Energia, José Jorge.

Na ocasião, tratou -se sobre as instalações e ligações elétricas dos Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água-SSAA concluídos, e que estão prontos  para abastecer as comunidades com água de qualidade.

Vale ressaltar que, as Prefeituras são responsáveis pelo pedido de ligação e manutenção dos SSAAs, segundo Acordo de Cooperação Técnica- ACT firmado entre a SAF e os municípios. Porém, essa relação institucional entre a SAF e a Equatorial é de suma importância para que as políticas sociais cheguem com mais eficácia nas comunidades.

#GovernoDeTodosNós

#SistemaSafMA

BEBECO Supermercados sorteia 3 prêmios neste sábado

A manhã deste sábado (25) será bastante movimentada na Barra do Sol. O BEBECO Supermercados – O Filho do Rei – loja de Viana, estará promovendo um delicioso café da manhã, degustação de bolos e sorteio de três prêmios para a sua clientela: 1 LIQUIDIFICADOR WALITA; 1 LIQUIDIFICADOR MONDIAL E UM FOGÃO ESMALTEC 4 BOCAS. 

Divulgação

A rede que se prepara para inaugurar mais uma loja em Matinha, na Baixada Maranhense, segue com sua política de vender mais barato, grande variedade de produtos e ainda promove eventos de atração, que fazem grande sucesso em suas lojas.

“Nossa filosofia segue firme, em fidelizar nossos clientes, sempre com variedade e preços atrativos. Nossos clientes gostam e sempre voltam, depois que comprovam a maior economia, facilidades e ainda sorteamos itens de grande utilidade para o lar”  pontou o empresário João Rafael, proprietário da rede. 

VEM AÍ O SORTEIO DE UMA MOTO

Além de comprar barato, os clientes vão participar do sorteio de uma moto CG START 160 0Km – que tem autonomia na cidade ou em longos percursos, equipada com painel marcador de combustível e hodômetro total e parcial facilitando a pilotagem. Quanto mais cupons, mais chances de ganhar!

Divulgação

Nas compras de R$ 20,00 (vinte reais) o cliente recebe o cupom da promoção, que deve ser preenchido com dados pessoais e colocado nas urnas das lojas de Viana ou Penalva. Aí é só aguardar e torcer pra ganhar.