Márcio Jerry caiu na ratoeira de Magrado Barros em Viana

BLOG DO LUIS CARDOSO

Em Viana, cidade que trava uma disputadíssima e acirrada eleição, não dá para confiar em políticos da espécie de Magrado Barros e o ex-prefeito Rilva Luís – sua eminência parda – nem que eles venham vestidos de branco da cabeça aos pés, imaginem de azul – cor oficial da campanha deles no município.

13938319_1276932465674162_1110165881751306009_oNesta campanha eleitoral, Magrado reuniu um caldo de políticos de inúmeras correntes e ideologias no seu caldeirão e, para todos promete vender uma mercadoria que pode não entregar.

O tucano acha que é dono dos votos do volúvel eleitorado vianense e para barganhar pelo menos uma imagem para postar nas redes sociais, com o lugar tenente do Governador Flávio Dino, o secretário Márcio Jerry, lhe prometeu apoio e uma penca de votos para o comunista que tem planos de sair candidato federal em 2018. Mas, será que fala a verdade? Jerry, ao que parece, caiu na ratoeira de Magrado.

Na imagem abaixo, os dois, Rilva e Magrado aparecem igual carrapato com ninguém menos que o advogado Márcio Coutinho, que é da cozinha e sempre rezou a cartilha da família Lobão, e que também recebeu promessas de votos dos vianenses e apoio para sua campanha de deputado federal.

Como se observa, Márcio Jerry foi passado pra trás. E agora? Será que o comunista vai continuar a acreditar em um tucano que acende uma vela pra Deus e outra pro diabo ou cair na real?

“Ficha corrida”

Coutinho, só para relembrar, foi apontado em um inquérito na Justiça Federal em São Paulo como representante do ex-­ministro e senador Edson Lobão na Diamond – uma holding nas Ilhas Cayman, conhecido paraíso fiscal no Caribe.

5e2263de-8170-47b1-a440-0b7374b05354Um ex­-dirigente da Diamond Mountain, em declaração, disse que Márcio Coutinho e seu colega de escritório, Vinícius Peixoto Gonçalves, tinham reuniões semanais com sócios do grupo em São Paulo, para “acompanhar o negócio em nome do [então] ministro Lobão”. A banca de Coutinho chegou a ter uma sala no mesmo prédio da Diamond.

Como se observa essa dupla vianense só se “mistura” com gente enrolada com a Justiça. Magrado já teve problemas e foi alvo de inquérito da Polícia Federal por venda irregular de leite do Governo Federal em suas farmácias em São Luís. Já o ex-prefeito Rilva Luís está foragido e é condenado a mais de sete anos de cadeia por suas ações criminosas na Prefeitura de Viana.

A bela e sofrida Cidade dos Lagos não merece tanto castigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *