Viana recebe Farol do Saber Josefina Cordeiro Cutrim totalmente revitalizado

Divulgação – Seduc

Na próxima quinta-feira (26/04), o município de Viana receberá o Farol do Saber totalmente revitalizado. O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur) e da Educação (Seduc)  investiu nesta obra o valor de R$ 294.318.97, parte do programa de requalificação dos 118 faróis maranhenses.

Josefina Cordeiro Cutrim

Por solicitação do desembargador Lourival Serejo – membro da Academia Vianense de Letras (AVL), o Farol será denominado Professora Josefina Cordeiro Cutrim, ex-professora, e também ex-diretora do antigo Antônio Lopes entre 1977 a 1993, deixando naquela escola a marca de sua competência e seriedade profissionais. Também ensinou na Escola Normal N. S. da Conceição e no extinto Ginásio Bandeirante, tornando-se diretora também deste último por quatro anos (1972/1976).  Leia mais AQUI.

Os Faróis dos Saberes integram o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Maranhão, sancionado pela Lei nº 10.613, de 05 de julho de 2017. Fazem parte do Sistema todas as bibliotecas municipais, que hoje somam 158 municípios, além dos 118 faróis dos saberes e bibliotecas comunitárias.

SOBRE A OBRA:

Farol do Saber Josefina Cordeiro Cutrim

Município: Viana

Valor investido: R$ 294.318.97

Tempo da obra: 3 meses

Doação de Acervo: 500 títulos

DESCRITIVO DO SERVIÇO REALIZADO:

– Limpeza e retirada de materiais

– Reforço estrutural dos pilares, laje e marquises

– Retirada de piso cerâmico existente

– Retirada e recomposição de revestimento primário

– Retirada e recomposição de esquadrias com defeitos

– Reforço na estrutura da marquise

– Reforma do banheiro e do piso de todos os pavimentos

– Reformada a escada e corrimão, com adição de escada ao topo do farol

– Retirada, revisão e troca da estrutura da cobertura e Telhas

– Forro de PVC

– Pintura de todo Farol do Saber

– Troca de todas as esquadrias devido ao alto nível de degradação

– Instalação Hidrosanitária Refeita

– Executado todas as instalações elétricas – Iluminação e tomadas internas e externas

– Execução de paisagismo ao redor do Farol

– Instalação de novos corrimãos e restauração de pontos de corrosão

– Recuperação das Estantes de Livros

– Instalação de ar-condicionado

– Recursos de acessibilidade

(Com informações da Seduc –MA)

Cleinaldo Bil aumenta parcerias e fortalece pré-candidatura à Assembleia

Aliança com fortes Sindicatos fortalece pré-candidatura de Bil

Viana – O sindicalista Cleinaldo Bil, vianense, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Maranhão (SINTSEP), obteve uma façanha no último pleito para o poder legislativo estadual em 2014.

Com uma campanha modesta e poucos recursos financeiros, concorrendo pelo Partido dos Trabalhadores,  Bil obteve 8.211 sufrágios, expressiva votação que o qualifica para uma nova jornada rumo à Assembleia Legislativa, desta vez com mais experiência política e maior apoio popular.

Em Viana, sua terra natal, Bil tem recebido robustos sinais de apoio, principalmente das classes trabalhadoras e dos movimentos sociais.

Cleinaldo Bil participou da III Seminário de Juventude e Cidadania de Viana-MA

Cleinaldo Bil também faz parte da base de apoio político ao prefeito Magrado Barros (PSDB), o que lhe credencia a fazer parte do bolo eleitoral do grupo, atual inquilino do velho casarão azul da Praça Ozimo de Carvalho.

No último fim de semana, o sindicalista foi aclamado em dois grandes eventos, entre eles o III Seminário de Juventude e Cidadania de Viana-MA, e também por integrantes do “Movimento Reggae”, que inclusive já agendaram uma reunião no próximo dia 29, quinta-feira, em Viana, para debater e propostas e apoios.

Bil é recebido com entusiasmo no “Movimento Reggae” de Viana

Sem representatividade

Com uma população de 51.738 habitantes, sendo 35.780 eleitores aptos (segundo o último censo do IBGE), a quarta cidade mais antiga do Estado – 260 anos -, padece com a falta de representatividade na Assembleia Legislativa, o que dificulta aproximação com o poder executivo, além de esvaziar suas chances de obter convênios em programas e benefícios à população do município.

Nesse universo de eleitores aparentemente descompromissados com seus votos, ainda permeia um forte assédio dos candidatos de fora ao comportamento e atuação de lideranças e cabos eleitorais locais, que agem profissionalmente na tarefa de direcionar votos, desde que, os votantes vislumbrem alguma vantagem pessoal, porém, claramente arrebanhados diante do apelo econômico e ou favores, armas do fisiologismo que impera durante as campanhas eleitorais.

Nesse cenário de guerra eleitoral na Cidade dos Lagos, Bil foi o quarto mais votado. O primeiro, Nonato Aragão (PTC), que também é vianense, não foi eleito. O segundo, Max Barros (PMDB), e o terceiro, Júnior Verde (PRB), ambos foram eleitos, porém, passados quase 4 anos, são completamente desconhecidos quaisquer direcionamento de projetos e ou benefícios oriundos desses parlamentares para Viana.  Clique AQUI e consulte a votação de Viana para deputado estadual em 2014.

Para o bom entendedor…

Aliança com os Mototaxistas

Bil e Juciane Marques – secretária da FESSIMOTO

Outra forte aliança que promete oxigenar mais ainda a pré-candidatura de Cleinaldo Bil é a parceria com a Federação dos Mototaxistas e Motofretistas do Maranhão (FESSIMOTO), cuja secretária, Juciane Marques, que também é presidente do Sindicato dos Mototaxistas do Município de São Bento, revelou que o projeto político da entidade para 2018 é trabalhar para eleger dois companheiros de luta, ou seja, companheiros da base sindical.

“A Federação me convocou para fazer parte desse projeto e estou colocando o meu nome para a provação de vocês como pré-candidata a deputada federal e o nome do companheiro Cleinaldo Bil Lopes para deputado estadual. Este é o nosso projeto e gostaríamos que cada um dos senhores mototaxistas e motofretistas multiplicassem essa ideia” pregou Juciane no informativo da Fessimoto.

“Pensem bem. Todas as outras categorias, por menores que sejam, já elegeram parlamentares. Nós, com esse imenso potencial, poderemos eleger, sem sombra de dúvida, companheiros da nossa base. Gente como a gente, sindicalistas e trabalhadores que zelam pela honra e cumprem seus acordos e promessas”, complementou a líder sindical.

Peixadas

“Macho Velho” no estaleiro

Até o fechamento desta coluna, o prefeito de Viana, Magrado Barros (PSDB), continuava descansando em sua residência em São Luís, após sofrer um piripaque, no dia 02 de janeiro, enquanto conversava com lideranças políticas, em um restaurante na Cidade do Lagos. Na capital, no UDI Hospital, MB recebeu 5 stents (uma pequena prótese em formato de tubo que é colocada no interior de uma artéria para evitar uma possível obstrução total dos vasos), além de recomendações médicas para mudar seus hábitos de vida. O gestor vianense recebeu as visitas do governador em exercício Carlos Brandão, do chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, políticos e muitos amigos. Macho Velho, na verdade, estava parecendo um ponto turístico: cada visita uma selfie para as redes sociais. É mole?

Bum bum paticumbum prucurundum

Por outro lado, muitos céticos e observadores da sangrenta guerra política vianense têm espalhado pelos quatro cantos da velha terrinha, que MB teria sofrido um “encantamento” tal qual aquele que surpreendeu o Brasil, em 1985, quando Tancredo Neves se preparava para assumir a Presidência da República e sucumbiu por uma doença (diverticulite) até então pouco conhecida da maioria dos brasileiros. As más línguas logo ligaram o fato de o vice-presidente José Sarney ter ligações com o famoso “Bita do Barão” em Codó. O final da história todos conhecem. Ceticismos a parte, o Blog deseja plena saúde ao gestor vianense, de forma que ele conclua os seus 4 anos de mandato. Mas, como precaução e caldo de galinha não fazem mal a ninguém: abre o olho e manda fechar o corpo, “Macho Velho”. Olha o tambor aí em cima!!!

Tem Carnaval?

Mesmo com “Macho Velho” momentaneamente fora de combate, O Blog apurou que já foi realizada uma milionária licitação para a contratação de bandas, inclusive o grupo baiano Chicabana, uns dos mais solicitados pelos foliões. Também ainda não apuramos o valor da gastança, que coloca Viana no roteiro dos foliões que curtem o carnaval na Baixada. O lamentável é que passado mais um ano, a infraestrutura da cidade; a hoteleira e a de restaurantes mudou praticamente nada, ou seja, o município mais uma vez poderá receber uma multidão que pode sim gastar algumas cifras, porém, a recepção vianense continua deixando muito a desejar.

Lata d´água na cabeça…

A velha marchinha carnavalesca continua mais do que nunca fazendo sucesso em Viana. Os mesmos problemas, as mesmas desculpas e a população penalizada. Basta um pequeno passeio pela cidade para observarmos cenas dos anos 70.

Carroças de tração animal transportando água em caixas, enquanto os moradores se aglomeram com baldes, bacia e outros recipientes que possam acumular um pouco do líquido precioso. Periga mais uma vez ter carnaval sem o lava-pratos.

A preferência é a festa!

Como já pregamos em outros post, a gestão municipal tem pleno conhecimento do crônico problema da falta d água no município. A questão é a prioridade. E, claro, também a população que assiste a tudo omissa, subjugada e sem forças para protestar. Não se admire se fizerem uma enquete perguntando se preferem água nas torneiras ou festa de graça: é Carnaval, meu rei!!!

Olha ele!!!

O estudante de Direito e assessor de projetos, Nélio Júnior, que concorreu a uma vaga na vereança vianense na eleição passada, volta e meia tem sido vitima de uma espécie de bullying, nas redes sociais, devido ao seu trânsito livre com toda a classe política vianense.

Boa praça, carismático o jovem político do PROS vai garimpando simpatia em todos os grupos que gostam de debater os problemas e soluções para Viana. Enquanto isso, muitos cães de guarda e jagunços do atual grupo inquilino do Casarão Azul da Praça Ozimo de Carvalho, e também do lado vermelho – como fogo amigo -, fazem muito barulho, pregam a intolerância, mas a caravana segue intacta.

Eleições 2018

Vem aí mais uma supereleição no Brasil, para escolher presidente, senadores, governadores e deputados. No Maranhão – onde a refrega promete ser das mais acirradas -, a Cidade dos Lagos dá poucos sinais da movimentação de suas principais lideranças políticas. Talvez os “cabos eleitorais” estejam aguardando o cenário ficar mais claro, a partir das definições das chapas majoritárias, assim como as coligações partidárias. Em Viana, até o momento só “Macho Velho” já bateu o martelo e vai com Flávio Dino, retribuindo assim o total apoio do Palácio dos Leões à sua vitória eleitoral.

Saindo da casca (?)

Ao que parece, o vereador imberbe, “Naná do Ovo”, que obteve mais 800 votos na última eleição em Viana – a maioria em forma de protesto dos eleitores -, está começando a gostar tanto da política, assim como da politicagem.

As redes sociais que hoje funcionam como Big Brother, flagraram o edil em conversas de pé de ouvido com o deputado federal João Marcelo (PMDB), filho do senador carcará, João Alberto (PMDB) e do badalado Júnior do Bingo (Viana Feliz), que agita a cidade nos fins de semana por meio de sorteios de dinheiro e prêmios. O assunto? Política é claro. “Naná” pelo visto caiu no “canto da sereia” e saiu de baixo das asas de “Macho Velho”, para quem sabe, experimentar um milho de melhor qualidade.

Na imagem acima, dep. federal João Marcelo, (primeiro a esquerda), Júnior do Bingo, um amigo e “Naná do Ovo” (primeiro a direita).

Por um milagre do Frei Serafim

Continuam as intermináveis obras do Residencial Frei Serafim de Viana, iniciada na gestão passada.

O sorteio dos futuros proprietários já foi realizado, porém, integrantes da gestão anterior e a atual continuam trocando acusações e farpas sobre os méritos, a burocracia e a demora quanto à entrega das casas. Segundo apurou o Blog, faltava o Projeto Social exigido pela Caixa. No momento, uma creche do Governo Federal, um hospital de 50 leitos e um quartel da PM (obras do Governo Estadual) segue em marcha lenta, o que dificulta prever o prazo de entrega dos imóveis aos ansiosos contemplados. Melhor fazer promessa pro Frei Serafim de Viana.

Restaurante Popular

Outra obra de grande alcance social, implantada na gestão anterior foi fechada e está servindo de garagem para veículos da Prefeitura de Viana.

O Restaurante Popular que servia cerca de 500 refeições diárias, ao preço de 2 reais e atendia centenas de famílias fechou para o almoço. Surgiram rumores que o Governo Estadual assumiria as atribuições do imóvel, porém, passados quase dois anos, nenhuma esperança.

Só para lembrar, a prefeitura adquiria quase 80% dos insumos consumidos da Agricultura Familiar do município, o que dá para imaginar os prejuízos e o desencanto dos produtores que se prepararam para fornecer seus produtos e agora ficaram a ver navios.

Festa do SINTSEP

O sindicalista vianense, Cleinaldo Bil, recebe neste sábado (20), seus convidados e servidores públicos estaduais, para a tradicional confraternização do Sindicato dos Trabalhadores no serviço público Estadual do Maranhão (SINTSEP). O evento acontecerá no espaço de eventos CUNACU´S, a partir da 21h, com animação do rei do bolero, Walfredo Jair e fecha com a banda Rabo Seco Venenosa, no ritmo das marchinhas de carnaval.

 “Lipe e Juliana” em Viana

O romance “Lipe e Juliana” será lançado em Viana na primeira semana de julho, para coincidir com as comemorações dos 261 anos de fundação da cidade.

O assunto foi objeto de discussão durante a entrevista concedida à Rádio e TV Maracu, no último sábado, pelo autor, o jornalista e escritor vianense, Nonato Reis. O proprietário da emissora, Benito Filho, e o empresário Carlos Augusto, o Carrinho, serão os coordenadores do evento. Na foto, Nonato Reis, além de Benito (segundo à esquerda) e Carrinho (primeiro à direita), aparece também Ezequiel Gomes, sócio/proprietário do Sistema Maracu de Comunicação. O livro está sendo objeto de promoção que a rádio Maracu fará ao longo da semana com os ouvintes. Seis exemplares serão distribuídos por sorteio para quem acertar perguntas relacionadas com o romance. (Face Nonato Reis).

Carnaval 2018

Os vianense e baixadeiros não tem do que reclamar da programação do pré-carnaval e também do período da folia de Momo. Muitos eventos com qualidade musical diversificada vão animar os foliões, em clima de reencontro e nostalgia. No dia 27/01, em Viana, acontece o tradicional Baile de Fantasias, que atrai uma multidão ao velho Grêmio Cultural, no centro da cidade. Nessa data paralela, o Fórum da Baixada realiza o lançamento do animado “Bloco da Piaba”, na AABB, em São Luís.

No dia 3 de fevereiro (sábado), será a vez do charmoso e elegante Baile de Máscaras, organizado por Rosa Bastos e Dirce Costa, no salão do Ilha Prime, em Viana, com muitas marchinhas dos antigos carnavais.

Outra boa pedida para os vianenses também acontece em São Luís, no dia 3/02 (sábado), com a Folia dos Conterrâneos e Amigos de Viana, na Rua Boa Esperança, atrás do Mateus/Cohama, com animação do Grupo Curtição, Charanga do Galo e Thais Moreno.

No sábado gordo, em Viana, será a vez do baile mais badalado da Baixada Maranhense: Baile do Confete e Serpentina, organizado por Suely e Marcone Veloso, no sítio às margens da MA 014, em Viana. Este ano, segundo os organizadores, a novidade será o Bailinho Infantil, onde as famílias poderão levar seus pimpolhos fantasiados para uma manhã de diversão, com muito confete, serpentina, guloseimas e diversão. A noite será a vez do público adulto, que mais uma vez vai curtir um clima de alegria e beleza, com muitas marchinhas carnavalescas.

Volta por cima

Mesmo contrariado pelo injusto rebaixamento no carnaval do ano passado, o superstar Dona Zeca promete levar o seu “Laranjeira do Meu Quintal” e levantar o astral dos seus milhares de fãs, que o aguardam sair da famosa laranja, carro abre-alas do bloco.

A rapaziada seguidora do bloco promete engrossar a voz e a diversão, fazer bonito na avenida e elevar Dona Zeca ao topo do sucesso, para o delírio do público. Afinal, quem é rei nunca perde a majestade!

Quinta do Posto

O empresário Fellykson Azevedo está colhendo sucesso com uma novidade que pegou e virou point na Cidade dos Lagos. É a “Quinta do Posto” – balada que está reunindo a galera jovem que curte música de qualidade em um ambiente que é pura descontração, no Posto Vinólia, na MA 014, em Viana.

Todas as quintas-feiras tem música ao vivo, chope gelado, petiscos e muita azaração. Vai que é top!

Vavá Cutrim

A coluna recebeu a triste notícia e lamenta o falecimento de Juarez Mendonça Cutrim, o Vavá Cutrim, pecuarista e ex-jogador da Seleção Vianense de Futebol. 

Vavá foi um dos grandes jogadores do futebol vianense da década de setenta até oitenta, quando encerrou sua carreira. Em 1975, integrou uma das melhores seleções da Cidade dos Lagos ao lado craques como Dicá, Joãozinho (Passarela), Pedro de Estevam, Marreco, Zé Carlos Costa, Gojoba, Pelé, Chucho, Jambu, Waldir, Catarrinho, Prof. Zé Raimundo, entre outros.

Foi também professor de Educação Física do antigo Ginásio Antonio Lopes, no qual este jornalista integrava a turma ginasial. Vavá foi casado com a professora Josefina Cordeiro Cutrim e não deixa filhos. O Blog Vianensidades envia condolências a Família Cutrim pela irreparável perda sofrida.

Prefeito de Viana, Magrado Barros, sofre princípio de infarto e é transferido para São Luís

Viana – O prefeito de Viana, Magrado Barros (PSDB), sofreu um princípio de infarto na manhã desta quinta-feira (4), por volta do meio dia. Socorrido, Magrado foi levado ao Hospital Municipal, examinado e, em seguida foi transferido para São Luis no helicóptero do CTA – do Governo do Estado. 

Segundo as últimas informações, o quadro do prefeito é estável, porém requer cuidados.

Magrado foi transferido pelo helicóptero do CTA

A qualquer momento mais informações.

Com a Folha SJB

Posse de Juju Amorim na AVL

Em sessão solene prestigiada pela sociedade vianense, no último sábado, 25, a professora e poetisa Maria de Jesus Silva Amorim tomou posse na Academia Vianense Letras (AVL), na cadeira nº 17, patroneada por Onofre Fernandes.

Realizada na Casa de Eventos Cunacu’s e conduzida pela presidente da AVL, Fátima Travassos, a solenidade teve início com o lançamento de Obras Literárias de acadêmicos da AVL: O “Sobrado Amarelo” do escritor Carlos Gaspar; “Raimundo Lopes – Seleta de Dispersos” (AML); “Réus de Batina: Justiça Eclesiástica e clero secular no bispado do Maranhão colonial”, da escritora Pollyanna Mendonça e  “Minha Poesia, Minha Alma”, da escritora Maria de Jesus Amorim.

Na mesma sessão solene foi feita a doação da Casa da Fábrica, sobrado amarelo de propriedade da Família Gaspar, ao Município de Viana para a construção do Centro de Cultura do nosso município.

Em ato seguinte foi efetivado a transferência de titularidade por parte da Municipalidade do terreno, onde era o sobrado do Sr. Ozimo de Carvalho, para a construção da sede da Academia Vianense de Letras.

Presentes na solenidade, além dos convidados, familiares da acadêmica, o prefeito Magrado Barros, secretários, vereadores, o presidente da Academia Maranhense de Letras, Benedito Buzar, a presidente da Academia Itapecuruense de Ciências, Letras e Artes, Jucey Santana, os irmãos empresários, Antonio Gaspar, Raimundo Gaspar, Carlos Gaspar (membro da AVL), entre outros.

O Blog Vianensidades, por meio deste colunista, acadêmico da AVL, marcou presença e mostra alguns registros da solenidade.

Fotos gentilmente enviadas pelo cinegrafista Eládio Pinheiro e também obtidas pelas redes Sociais.

Viana receberá quase 500 mil de repasses extras em dezembro

Os recursos extras serão depositados pelo Governo Federal nas contas das prefeituras neste próximo mês de dezembro por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). No total serão beneficiadas 217 prefeituras maranhenses com um aporte da ordem de mais de R$ 83 milhões.

A divisão dos recursos do AFM – Auxílio Financeiro aos Municípios, é importante destacar, obedece aos mesmos critérios utilizados pela União para repartir o dinheiro proveniente do FPM.

Não é nada, não é nada… dá pra fazer um Natal bem gordão!

Gênero e raça na literatura brasileira são discutidos na 11ª FeliS

Três auditórios que estão funcionando durante a programação da 11ª Feira do Livro de São Luís no Espaço Casa do Maranhão, no Centro Histórico

Programação faz parte da 11ª FeliS (Foto: Divulgação)

O Estado do MA

SÃO LUÍS – Estimular leituras mais profundas sobre as temáticas discutidas é uma das propostas da 11ª Feira do Livro de São Luís (FeliS). O estimulo acontece a partir de palestras que estão inseridas na programação da FeliS desta segunda (13) oferecendo um cardápio recheado de boas opções, com destaque para a palestra “Gênero e raça na literatura brasileira pós lei 10.639”. O palestrante será o o ex-secretário de Igualdade Racial do município de São Paulo, Maurício Pestana, e mediação do professor doutor Antonio Evaldo Almeida Barros (UFMA/Uema), que acontece no Teatro Alcione Nazaré, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, às 20h. A Feira do Livro, que acontece até o dia 19 na Praia Grande, é promovida pela Prefeitura de São Luís em parceria com o Governo do Estado.

No Espaço Casa do Maranhão, o Auditório 1 (Raimunda Pereira) apresenta programação das Secretarias de Estado da Juventude, Igualdade Racial e da Mulher. Às 10h, vai ter roda de conversa sobre Estatuto da Igualdade Racial, com Socorro Guterres. Às 15h, é a vez da roda de conversa sobre Feminicídio, com Susan Lucena e Marjorie Matos. Às 18h, tem exposições e entretenimentos.

No Auditório 2 (Úrsula), às 10h, tem a palestra “Políticas Públicas do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas no Brasil, Maranhão e São Luís”, com Renata Costa, Carlos Wellington, Thaís Rodrigues e mediação de Aline Nascimento. Às 14h, haverá a palestra “Educação na diferença: por uma igualdade de gênero e raça no ensino brasileiro”, com Josédla Fraga Costa Carvalho (Ceuma), Tatiane Silva Sales (UFMA) e mediação da Dra. Cidinalva Silva Camara Neris (UFMA). Já às 15h30, tem a palestra “A literatura Maranhense sendo descoberta como fonte de pesquisa no meio educacional”, com Samuel Barreto, Wybson Carvalho, Elizeu Cardoso, e mediação de Ana Neres. No Auditório 3 (Cantos a Beira Mar), às 15h30, tem a palestra “A Escola sem machismo”, com Thais Campos (União Brasileira de Mulheres- MA) e Rosane Borges (USP/SP) e mediação de Nádya Dutra (Seduc).

Auditórios

Três auditórios que estão funcionando durante a 11ª FeliS no Espaço Casa do Maranhão. O Auditório 1 tem o nome de Raimunda Pereira, popularmente conhecida como Dica, poetisa e ativista dos direitos humanos, que estimulou a intelectualidade do jovem negro. “Preto só tem valor se for doutor” era uma frase que ela sempre dizia.

Neste espaço, há uma exposição com fotos e uma pequena biografia de mulheres negras de destaque em nível local e nacional, que fala sobre juventude, mulher e negritude, fazendo um passeio entre as três secretarias responsáveis pela programação, Secretaria de Estado da Mulher, Secretaria de Estado da Juventude e Secretaria de Estado da Igualdade Racial. Além disso, há um espaço para que o público exponha sua opinião sobre a temática.

A bibliotecária Janaína Ferreira, da Secretaria de Estado da Mulher, informa que o público também tem acesso a uma pequena amostragem dos livros da Biblioteca Maria da Penha, que é especializada em gênero e fica sediada na própria Secretaria, no bairro Calhau, em São Luís. “Aqui a gente quer fazer um espaço de reflexão, onde as pessoas se enxerguem. Trabalhamos conceitos e preconceitos para refletir, construir e desconstruir. As crianças e adolescentes que vem aqui saem estimulados a ler publicações sobre as temáticas discutidas”, explica.

Há também o Auditório 2 e Auditório 3 que receberam os nomes das obras “Úrsula” e “Cantos a Beira Mar” em homenagem à patrona Maria Firmina dos Reis. O romance “Úrsula” consagrou Maria Firmina como escritora e também foi o primeiro romance da literatura afro-brasileira, entendida esta como produção de autoria afrodescendente. “Cantos a Beira Mar” é uma coletânea de poesias da escritora.

Programação

A programação do Espaço Casa do Maranhão do domingo (12) no Auditório 1 (Raimunda Pereira), das 10h às 18h, contou com Exposições e entretenimentos promovidos pelas Secretarias de Estado da Juventude, Igualdade Racial e da Mulher. No Anfiteatro Beto Bittencourt, às 20h teve atração cultural.

No Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, houve o Café Literário, das 14h às 16h, com programação das unidades de internação de menores da Fundação da Criança e do Adolescente (FUNAC), Sarau Florescer e declamação de poesias. Às 17h, também aconteceu o sarau musical “Brilhando no café: Maria Firmina em verso e prosa” com a Escola de Música Lilah Lisboa e a roda de conversa “Mulher no Espaço de Poder “, com Laurinda Pinto, Socorro Guterres, Mundinha Araújo e mediação de Adriana Amarante (SSP).

No Espaço Viriato Corrêa, na Casa do Maranhão, das 13h às 18h30, aconteceu a programação da Biblioteca Pública Benedito Leite, com exposição de livros com rodas de leitura, contação de história e conversa com escritores. No Espaço Criança, na Praça da Casa do Maranhão, das 10h às 20h, tem programação realizada pelo SESC e Semed, com contação de histórias, música, dramatizações, dança, pintura de rosto, oficinas, dobraduras, apresentações de projetos das escolas públicas municipais de São Luís, apresentações artísticas, brincadeiras e jogos educativos.

Já na Casa do Escritor, no Cine Praia Grande, das 16h às 20h, houve o lançamento dos livros “Maria Firmina em Cordel” de Raimunda Pinheiro de Souza Frazão, “A lenda da carruagem encantada de Ana Jansen” de Beto Nicácio, “O vale das Trutas” de Sanatiel Pereira, “Politicotopia” de Aleluia Leonardo de Melo e “Balaiada – A Guerra do Maranhão – 2ªed” de Iramir Alves Araújo.

O evento é uma promoção da Prefeitura de São Luís e do Governo do Estado do Maranhão, por meio das secretarias municipais de Cultura (Secult) e de Educação (Semed), e estaduais de Cultura e Turismo (Sectur) e da Educação (Seduc), tendo como correalizador o Serviço Social do Comércio (Sesc), patrocínio da Vale e Potiguar e apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Secretaria de Estado da Mulher (Semu), Secretaria de Estado da Igualdade Racial (Seir), Fundação da Criança e do Adolescente do Maranhão (Funac), e Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (SEEJUV), Academia Ludovicense de Letras (ALL), Academia Maranhense de Letras (AML), Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão (Alem), Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e Universidade Federal do Maranhão (UFMA).