Entra em vigor lei que aumenta pena para quem dirige alcoolizado

O intuito da nova regra é endurecer a penalidade para conscientizar os motoristas e diminuir acidentes

Arquivo

A partir desta quinta-feira (19), o aumento da pena para quem cometer crime no trânsito por dirigir alcoolizado, entra em vigor. Agora, o tempo de prisão para motoristas que sob o efeito de bebida ou qualquer outro tipo de substância psicoativa ocasionar acidentes, passa a ser de reclusão de 5 a 8 anos, além da suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir um veículo.

A lei teve origem no projeto 5568/13, de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP), que foi aprovado pela Câmara dos Deputados no começo de dezembro do ano passado. Durante a votação, parlamentares argumentaram que a violência no trânsito é uma das principais causas de mortalidade entre os jovens no País.

Antes, a legislação previa que, por praticar lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, a pena seria de detenção, de seis meses a dois anos e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir. No caso de ocorrer homicídio culposo, fixava o aumento de um terço da pena. A nova lei altera dispositivos da Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997.

O intuito da nova regra é endurecer a penalidade para conscientizar os motoristas e diminuir os acidentes.  MA 10

Ex-secretário e vereador são presos em operação da Gaeco e Promotoria de Justiça

A operação comandada pelo Ministério Público Estadual em conjunto com a Superintendência de Combate à Corrupção.

Reprodução

Nesta quinta-feira (19), uma operação de combate à corrupção cumpriu mandados de prisão e apreensão na prefeitura de Santa Quitéria. Com a ação, foi desarticulada uma quadrilha criminosa que desviou mais de R$ 3 milhões do município de Santa Quitéria, entre 2015 e 2016, através fraudes licitatórios.  A operação aconteceu também aconteceu em São Luís . Os mandados foram expedidos pelo juiz da 1a Vara Criminal de São Luís.

O Procedimento Investigatório Criminal apurou que o município de Santa Quitéria realizou procedimentos licitatórios para a contratação de serviços de manutenção veicular e de locação de veículos. A licitação teria sido direcionada para beneficiar a empresa Translumar- Limpeza Urbana e Transporte Maranhense. As irregularidades foram cometidas na gestão do ex-prefeito Sebastião Araújo Moreira.

Durante as investigações, foi constatado que a Translumar não exercia suas atividades no endereço indicado como sua sede, não possuía veículos cadastrados em seu nome e que tivessem as especificações contidas no Edital e não possuía funcionários registrados.

Na ação, documentos foram apreendidos e serão analisados pela polícia.

 

Durante a operação, Dalila Pereira Gomes, Keller Bernardo Aquino da Silva, Eliza dos Santos Araujo Lima, João Francisco Amorim Moreira foram presos. O vereador Francisco das Chagas Silva, conhecido como “Chico Motorista”, foi preso em flagrante por posse de arma de fogo. O contador Osmar de Jesus foi preso por posse de arma de fogo e usurpação de documentos públicos. Ele estava de posse de processos licitatórios completos. Luís Henrique Almeida Lopes está sendo procurado.

Com informações do MA-10

VIANA -Tese do MPMA leva a condenação no Tribunal do Júri

 

Em sessão do Tribunal do Júri realizada na última terça-feira, 3, em Viana, Thallys Diennio Cutrim Muniz foi condenado a 21 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, pelo assassinato de João da Cruz Barros. Atuou no júri o promotor de justiça Gustavo de Oliveira Bueno. A sentença foi assinada pela juíza Carolina de Sousa Castro.

O crime ocorreu em 29 de julho de 2015. O condenado e a vítima haviam iniciado uma discussão causada por ameaças feitas, dias antes, por Thallys Muniz a sua tia, companheira de João da Cruz Barros. No caminho para casa, João da Cruz foi atingido por quatro facadas, duas delas quando já estava caído.

A vítima foi socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia 1° de agosto de 2015.

Os jurados acolheram a tese defendida pelo Ministério Público do Maranhão, condenando Thallys Muniz por homicídio qualificado por motivo fútil e por meio de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. A pena deverá ser cumprida na Unidade Prisional de Viana.

Fonte: MPMA

CTA e Corpo de Bombeiros enfrentam dificuldades para localizar avião que teria caído em lagos do Maranhão

O diretor geral do Centro Tático Aéreo, coronel PM Ismael, e o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto, despacharam equipes para o local onde teria caído uma aeronave por volta das 18h30 de ontem, domingo (08). A área é alagada, mas se assemelhando ao Pantanal de Mato Grosso, a visibilidade é pequena por causa da vegetação que é escura nas proximidades dos lagos. Até o acesso nesta época do ano por barcos ou canoas é difícil.

As buscas ao suposto aparelho não iniciaram ontem por causa das dificuldades de acesso ao local, inclusive por moradores da região. CTA e Corpo de Bombeiros atenderam ordens do Comando Geral da PM depois de vários moradores informarem o enorme barulho e ondas de fogo que teriam sido causados pela explosão.

Para a maioria dos moradores, por causa do barulho, pode ter sido a queda de um helicóptero. Mas existem pessoas informando a circulação de pequenas aeronaves à serviços do tráfico de drogas na região, inclusive com a abertura de cinco pistas de pouso clandestinas.

O coronel Ismael, do CTA, não descarta a hipótese de aeronaves agindo de forma irregular e, por isso, fora do controle das torres. O comandante do Corpo de Bombeiros ainda não se pronunciou sobre o assunto.

No final da tarde de ontem, foram intensas as movimentações em redes sociais sobre a provável queda de aeronave  no Lago São José, entre os povoados Mata Velha e Olho D’ água, na zona rural do município de Conceição do Lago Açu.

Equipes da PM e do Corpo de Bombeiros da cidade de Bacabal ainda se arriscaram, mas não chegaram ao local por causa dos alagadiços e deixaram para agora de manhã novo retorno.

Aguardem a qualquer instante novas informações.

Via Blog do Luis Cardoso

Polícia Civil prende 5 suspeitos de tráfico e apreende armas e drogas na baixada maranhense

A Polícia Civil, por meio da 6ª Delegacia Regional de Viana, cumpriu, na manhã desta quinta-feira (5), quatro mandados de buscas e apreensões nas cidades de Matinha e Olinda Nova, resultando nas prisões de 5 suspeitos de tráfico de drogas.

Eles foram identificados como Jadiel Mendonça Mota, conhecido como “Jaque”, 28 anos, que já foi preso por tráfico de drogas no ano de 2012; Núbia Pedreiras dos Reis, 31 anos, esposa de “Jaque”; José Domingos Mendonça Mota, 31 anos, irmão de “Jaque”; Rodrigo Costa Cantanhede, 27 anos; e Lindalva Gomes Costa, 47 anos, mãe de Rodrigo.

Em Olinda Nova, com “Jaque” e a esposa, os policiais apreenderam um revólver calibre 32, uma pedra de crack e uma balança de precisão. Eles foram autuados pelos crimes de tráfico ilícito de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo. Com o irmão de “Jaque”, José Mota, foi apreendido um revólver calibre 38, tendo sido autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Em Matinha, com Rodrigo Cantanhede e sua mãe, Lindalva Costa, foram apreendidas duas espingardas calibres 22 e 12, com diversas munições, bem como alguns invólucros de tamanho médio de cocaína e R$ 1.130,00, em espécie, oriundo da venda da droga. Mãe e filho foram autuados pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Jadiel Mendonça Mota, o “Jaque”, é apontado como chefe do tráfico em municípios da baixada maranhense.

A operação para prisão desses traficantes contou com o apoio de equipes de policiais civis dos municípios de Matinha, Penalva e Olinda Nova, de equipes da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), do cão farejador “VINY” e  da Unidade da Força Tática da Polícia Militar da região

Via Blog do Gilberto Lima

Vítimas de acidente de helicóptero são veladas na capital

 

Ocorrem, na manhã desta segunda-feira (2), na capital maranhense, os velórios das vítimas de um acidente de helicóptero registrado ontem (1º), no município de Rosário.

No total, quatro ocupantes morreram após a queda da aeronave modelo Robinson R44. Os corpos dos médicos Rodrigo Capobiango Braga, Jonas Elói da Luz e José Kléber Luz Araújo são velados na sede do Conselho Regional de Medicina do Maranhão (CRM), no Renascença. Já o velório do piloto Alfredo Oliveira Barbosa Neto será realizado na Igreja Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro, no bairro da Cohab.

O acidente

O helicóptero, que saiu de Lima Campos e pousaria em Paço do Lumiar, caiu em uma área de matagal no povoado Nambuaçu de Cima, em Rosário. Por causa do mau tempo, a aeronave voava baixo e bateu em uma árvore. Os corpos das vítimas foram retirados das ferragens do helicóptero pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), em São Luís, e, depois, liberados para as famílias.

As investigações serão feitas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica.

Do Imirante

Corpo do designer Jesiel Pontes é achado em matagal

O corpo do Publicitário e Designer Jesiel Sales Pontes, de 52 anos que estava desaparecido há 3 dias foi encontrado, na manhã desta quinta-feira (29), em um matagal, no bairro Pirâmide, no Araçagy.

De acordo com a família, na terça-feira à tarde, ele teria assistido o jogo da seleção brasileira, no apartamento dele no renascença e em seguida se dirigiu para o sítio dele que fica na rua Flamengo, próximo à Raposa.

Por volta de 9 da noite da terça-feira, um vizinho dos fundos teria ouvido gritos. No local a polícia encontrou móveis revirados e marca de sangue.

Dentro da casa, os móveis foram encontrados revirados, algumas coisas quebradas como se tivesse acontecido uma luta corporal. Os bandidos levaram geladeira e outros objetos, além da caminhonete.

“Infelizmente tive a triste notícia que acharam o corpo do querido Jesiel Pontes, quanta violência!!!”, comentou o ator e diretor César Boaes.

“Tô arrasado! Difícil viver nesse mundo de tanta violência”, disse o cantor Marco Duailibe.

Foto: Polícia Civil/ Arquivo Pessoal

Via Blog do Zeca Soares