Homem morre afogado após carro cair em local alagado em Arari-MA

Osmar Araújo evitou uma colisão frontal, mas perdeu o controle do veículo e caiu em um alagado do KM 280 da BR-222, no município de Arari.

Condutor não conseguiu sair do veículo e morreu afogado (Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação)

Um homem morreu afogado neste sábado (7) depois que o carro em que ele estava caiu um local alagado no Km 280 da BR-222, no município de Arari, interior do Maranhão. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Osmar Araújo de Oliveira, 29 anos, era motorista do veículo e não conseguiu sair a tempo. Os três passageiros conseguiram sobreviver.

A polícia relatou que o motorista estava indo de Viana para a cidade de Codó, quando tentou evitar uma colisão frontal com uma Van de passageiros, que seguia na contramão. Osmar perdeu o controle da direção e saiu da pista com o carro.

O veículo acabou descendo o barranco e caiu em local alagado ficando com os pneus para cima e imerso na água. O motorista era o único que estava com cinto de segurança, mas como não sabia nadar acabou se afogando.

Osmar chegou a ser retirado do veículo por moradores da região, mas já estava morto. Os passageiros conseguiram sair com vida do acidente. O corpo dele foi levado para Codó onde será enterrado ainda na tarde deste domingo (7).

 Por G1 Maranhão

Asfalto cede e BR-222 está completamente interdidata

A BR-222 totalmente interditada no km 328, entre Igarapé do Meio e povoado São Vicente, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A rodovia foi cortada após o transbordamento de um açude de criação de peixe localizado à poucos metros da estrada.

Há um desvio sendo utilizado por dentro do povoado São Vicente em uma estrada de terra, mas que devido ao fluxo intenso formou-se um lamaçal, no qual só está passando veículos com tração nas 4 rodas.

Para piorar um caminhão tentou seguir pelo desvio e ficou atolado com risco de tombar.

Ainda de acordo com a PRF, outro caminhão tentou passar pelo que já estava atolado e acabou ficando atolado também interditando o desvio. Agora o único desvio viável é retornando até Miranda do Norte e seguindo até Bacabal pela BR-316.

Do Blog do Neto Ferreira.

Motorista é surpreendido e carro cai em cratera na BR-222, no Maranhão

Fato aconteceu na manhã desta quinta, na área do Povoado Ferro Velho. Condutor de um caminhão evitou a queda, mas colidiu no acostamento.

Carro cai em cratera na BR-222, no Maranhão (Foto: Divulgação / PRF)

Um carro caiu numa cratera por volta de 5h manhã desta quinta-feira (16), na Km 485 da BR-222, no Povoado Ferro Velho, Santa Luzia do Tide, distante 361 km de São Luís. As duas pessoas que estavam no veículo tiveram ferimentos leves e foram resgatadas por populares.

Não há detalhes sobre o estado de sáude dos feridos que foram levados para o Hospital de Santa Luzia.

Por pouco, um outro veículo não caiu na cratera no mesmo momento. O condutor de um caminhão conseguiu evitar a queda, mas colidiu com uma cerca de proteção na lateral da rodovia. Ele nada sofreu, apenas o veículo teve danos materiais.

O trecho no qual o asfalto cedeu já havia sido recuperado no ano passado, pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o local já foi sinalizado. O trabalho para corrigir o problema deve começar ainda nesta quinta, segundo informou a PRF. O trânsito vai continuar fluindo enquanto isso. Do G1 MA

Polícia Rodoviária Federal apreende 243 kg de peixes em Peritoró

Apreensão ocorreu neste sábado (30) no Km 422, da BR-316. Antônio José Morais e Raimundo da Silva Colins foram autuados.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 243 kg de peixes neste sábado (30) no Km 422, da BR-316, próximo do município de Peritoró, a 236 Km de São Luís.

Segundo informações dos policiais da PRF, o peixe apreendido estava sendo transportado em um veículo com carroceria, de cor vermelha e de placas OJD-9551, que estava sendo conduzido por Raimundo da Silva Colins, de 26 anos de idade.

Ainda conforme os policiais, no veículo ainda viajava Antônio José Morais que também foi preso juntamente com Raimundo da Silva Colins. Os peixes estavam guardados e divididos em seis caixas de isopor.

Antônio José Morais e Raimundo da Silva Colins foram autuados pelo o crime de pesca ilegal, previsto na Lei da Natureza (Lei 9.605/1998) e poderão ficar presos de um a três anos e mais pagamento de multa.G1-MA