Equipe do Fórum em Defesa da Baixada fala da agenda de trabalho na Maracu AM

Viana – Na manhã de sábado, 11 de agosto, o programa Baixada em Debate da rádio Maracu AM 630, recebeu uma equipe do Fórum em Defesa da Baixada  pra falar da agenda de trabalho do Fórum na região.

No estúdio da emissora  estiveram presentes: João Carlos da Silva, David Cutrim, Cézar Brito, Ana Cleres, Alexandre Abreu, Ana Creusa Martins dos Santos (Presidente do  Fórum da Baixada).

Além de divulgar o que está previsto na agenda de trabalho, os membros do Fórum da Baixada falaram dos projetos que eles estão lutando para implementar na região, entre eles “Diques da Baixada “e a  fundação de novas Academias na região no âmbito da literatura , Cultura, Ambiental e outros temas, que possam fomentar e valorizar as belezas e riquezas baixadeiras em diversos aspectos.

 

Viana – Empresário leva iluminação pública a quatros comunidades

O empresário Júnior VIANA FELIZ realizou mais uma ação de cunho social, desta vez na área de iluminação pública, nos povoados Caru, Olho D’água do Caru e Garrafas, comunidades que estavam abandonadas e às escuras.

Mesmo consciente que esta é uma obrigação da Prefeitura Municipal, o empresário recebeu e atendeu as solicitações e reclamações das famílias, que estavam privadas de circular com segurança à noite, entre outras atividades, como a realização de missas, cultos ou festejos.

Júnior se mostrou satisfeito em mais uma vez poder atender as comunidades, que, segundo afirma, fazem do Viana Feliz o maior realizador de sonhos da região.

“Foi com muita alegria que fomos recebidos pelos amigos das comunidades do Caru, Olho D’água do Caru e Garrafas, nos quais o Viana Feliz executou várias ações a serviço do povo. E desta vez o problema não era água, e sim a falta de iluminação pública. E mais uma vez abraçamos a causa e não poupamos esforços para ajudar a tirar os moradores das localidades da escuridão. Levantamos as necessidades de cada região e adquirimos dezenas de luminárias para resolver o problema. E durante uma semana trabalhamos na instalação diretamente, sempre contando com o apoio dos voluntários de cada comunidade que não conseguiam esconder a satisfação de participar desse momento tão especial para todos”, afirmou o empresário.

Convenção de Flávio Dino reúne aliados históricos e legendas do Centrão

 

Blog do Ed Wilson

A força gravitacional do Palácio dos Leões levou uma multidão ao Sebrae, na manhã de sábado (28) para consolidar o apoio de 15 partidos à reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB). Participaram do evento centenas de candidatos: ao Senado – Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PSS), à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal, além de prefeitos, vereadores e organizações dos movimentos sociais oriundos de todas as regiões do Maranhão.

No palanque heterogêneo estavam aliados históricos do PCdoB, a exemplo do PT, e dissidentes do grupo liderado por José Sarney (PMDB), com destaque para Pedro Fernandes (PTB) e Gastão Vieira (Pros). O primeiro já está aquinhoado no governo comunista com dois benefícios: suplência no Senado e a promessa de eleição do seu filho Pedro Lucas à Câmara Federal; o segundo, queixa-se de ter apoiado Flávio Dino sem nada em troca.

Centrão

Se por um lado a convenção mostrou a força dos Leões, de outro torna transparente a reedição do pragmatismo eleitoral que tende a ampliar o poder de governabilidade com uma base fisiológica viciada, a exemplo das legendas do Centrão – lideradas no Maranhão por André Fufuca (PP), Josimar Maranhãozinho (PR), Cleber Verde (PRB) e Simplicio Araújo (Solidariedade) e DEM (Juscelino Filho), Pedro Fernandes (PTB), Gastão Vieira (Pros), Jota Pinto e Junior Marreca (PEN/Patriota).

Alguns deles, deputados federais que votaram pelo impeachment da presidente Dilma Roussef (PT), estavam na linha de frente do palanque onde o governador Flávio Dino abriu seu discurso defendendo a liberdade de Lula e o direito de o petista ser candidato a presidente.

Trata-se da mesma elite política saudosa de Roseana Sarney (PMDB), que mudou para Jackson Lago (PDT) e agora é absorvida por Flávio Dino.

Esta heterogeneidade, própria da política, terá uma coalizão pró-Lula com Flávio Dino e simultaneamente a militância das legendas do Centrão na campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) a presidente da República.

A convenção teve também a simbologia de uma aliança com os movimentos sociais. Foram referenciados o MST, quilombolas, quebradeiras de coco, juventude e pessoas de várias regiões do Maranhão beneficiárias dos principais programas do governo: Mais Asfalto; Escola Digna; Mais IDH; Sim, eu posso!;  Restaurante Popular; entre outros.

Não se pode negar que há melhorias concretas sendo processadas no Maranhão, em vários setores, que impactam no curto prazo e podem ter continuidade em um eventual segundo mandato.

A composição heterogênea com a base fisiológica e clientelista é um dado real da política e do pragmatismo eleitoral marcantes no Maranhão, desde Benedito Leite.

Mudança profunda só haverá em um cenário de ruptura com a elite política tradicional e a sua renovação geracional, uma usina que descarta Waldir Maranhão e produz Josimar Maranhãozinho ou Fufuquinha.

Em uma análise equilibrada, sem paixões, vale ressaltar que o núcleo duro do governo não está contaminado pelos vícios de outrora e existem diferenças quilométricas entre Flávio Dino e Ricardo Murad, essencialmente no trato com a coisa pública.

Exemplo real é a transformação da Casa de Veraneio, usada para os banquetes da oligarquia Sarney financiados com dinheiro público, na Casa Ninar, um centro de referência para o tratamento de crianças com problemas de neurodesenvolvimento, com amplo acesso às famílias pobres.

O resultado dessa diferença é que existem melhoras significativas no primeiro mandato de Flávio Dino. A mudança não está dada. É uma construção. E vai depender das forças políticas que terão hegemonia no segundo mandato.

Daí a importância de ampliar a base progressista na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal, acentuar o protagonismo dos movimentos sociais e avançar em políticas democráticas profundas no Maranhão.

É por aí o caminho da mudança.

Foto: site PCdoB

Municípios da Região Metropolitana da Grande São Luís são beneficiados com assinatura da Ordem de Serviços para destinação final dos resíduos sólidos urbanos

A Política Nacional de Resíduos Sólidos, sancionada em agosto de 2010, definiu as diretrizes gerais para a gestão dos resíduos. Sua regulamentação ocorreu em dezembro do mesmo ano, por meio de Decreto, e, a partir de então, todos os municípios brasileiros passaram a ter um prazo de quatro anos para erradicação dos lixões e implantação de aterros sanitários, espaços apropriados para a destinação final dos resíduos sólidos urbanos.

Em virtude das dificuldades que muitas cidades encontraram para resolver o problema dos lixões, o prazo estabelecido foi prolongado, mas também já venceu, o que aumenta a urgência pela resolução da problemática. É exatamente isso que prevê a Ordem de Serviço para disposição final em aterro sanitário dos Resíduos Sólidos Urbanos dos municípios da Região Metropolitana da Grande São Luís (RMGSL), assinado na manhã desta quarta-feira, 25, no Aterro Sanitário Titara, em Rosário. Estiveram presentes para acompanhar a assinatura os prefeitos de Morros, Sidrack Feitosa, de Cachoeira Grande, Antônio Ataíde (Tonhão), Axixá, Sônia Campos, Paço do Lumiar, Domingos Dutra, bem como os secretários Juarez Alves Sobrinho (Meio Ambiente de Icatu), João de Souza (Finanças de Icatu) e Reinaldo Carvalho (Meio Ambiente de Presidente Juscelino).

Dos 13 municípios da Região Metropolitana, São Luís, Rosário e Alcântara não serão beneficiados com este Projeto Básico. O presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), Lívio Jonas Mendonça Corrêa, explica que isso decorre de São Luís ter concedido seus serviços de limpeza e manejo de resíduos sólidos por um prazo de 20 anos a uma empresa privada. “Destes, ainda restam 15 anos”, diz Lívio.

Rosário, por sua vez, está sendo contemplado com os serviços previstos como forma de compensação ambiental pela empresa Titara estar localizada em seu município. Alcântara, devido à localização, demanda por uma solução específica. “São José de Ribamar e Raposa, por sua vez, também já possuem contrato com a Titara, daí celebramos convênios com estes dois municípios para o repasse dos recursos financeiros”, explica o presidente.

Conquistas

Segundo Lívio Corrêa, a assinatura do Termo de Contrato entre Agência Executiva Metropolitana e Central de Gerenciamento Ambiental Titara S.A., bem como a Ordem de Serviço para Disposição Final dos Resíduos Sólidos Urbanos da Região Metropolitana da Grande São Luís, são marcos históricos, pois atendem a demandas antigas da RMGSL. “O problema dos lixões é algo que atinge todo o Brasil e sempre se configuraram como um problema de difícil solução. Agora podemos afirmar que estamos a caminho de sanar esta questão”, afirmou Lívio Corrêa.

Serviços

Atualmente, o manejo dos resíduos sólidos urbanos realizado por cada município é concluído com o descarte em lixões. Com o Projeto Básico de Disposição Final dos Resíduos Sólidos Urbanos da Região Metropolitana da Grande São Luís, os lixões serão substituídos pelo Aterro de Titara. O presidente da Agem destacou que a partir da próxima segunda-feira, 30, os municípios beneficiados, a saber, Morros, Bacabeira, Axixá, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Icatu, Santa Rita e Paço do Lumiar, já poderão levar os resíduos sólidos para a Titara. “Para isso, basta que façam o cadastro junto à empresa, o que pode ser feito até sexta-feira, 27”, finaliza Lívio Corrêa.

Vereador Cézar Bombeiro voltará a ratificar recuperação asfáltica e pavimentação de 10 ruas no bairro da Liberdade

O vereador Cézar Bombeiro, seguindo reivindicações de lideranças comunitárias do bairro da Liberdade voltará a ratificar ao Prefeito de São Luís e ao Governador do Estado, através de requerimentos a recuperação asfáltica (tapa-buracos) e pavimentação das ruas Thomé de Souza, Evaristo da Veiga, Digo Álvares, Correia de Araújo, Alberto de Oliveira, Inglês de Souza e Emílio de Menezes. O vereador estendeu os seus requerimentos com solicitações dos mesmos dos serviços para a avenida Caneca da Mata, Rua Nova e travessa da Rua Nova, no bairro da Câmboa.Cézar Bombeiro, antes de defender os requerimentos no plenário da Câmara Municipal, conversou com as lideranças e esteve presente em todos os locais para ver de perto a realidade de cada artéria. Todos os requerimentos foram aprovados por unanimidade e encaminhados para o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e o governador Flavio Dino, os quais terão a responsabilidade de executar os serviços, que inclusive mereceram promessas de campanhas dos dirigentes municipal e estadual.

O vereador abordar no plenário legislativo, a realização de obras e serviços nos bairros da Liberdade, Fé em Deus e Câmboa, que fizeram parte de acordo entre o Ministério Público Itinerante e a Prefeitura de São Luís, que infelizmente ainda não foram honrados.

(Via Blog o Quarto Poder)

Em junho, Viana recebeu quase 6 milhões. Vejam os valores de Penalva, São Vicente, Cajapió, Olinda, S. J. Batista, S. Bento e Matinha

O Blog Vianensidades divulga  os repasses de junho para alguns dos municípios que cobre. Apesar da reclamação geral de prefeitos de que há queda e até falta de verbas para honrar compromissos com a administração pública, os 217 municípios do Maranhão estão com repasses em dias e os prefeitos recebem religiosamente os recursos oriundos do Fundo de Participação e do Fundeb, além de outros fundos.

Arquivo

Houve uma queda em abril, mas em maio e junho a maioria dos municípios tiveram aumento significativo nas receitas. No mês anterior, cidades como Viana, Penalva e São Bento foram as que mais receberam dinheiro do Governo Federal, mas em comparação ao mês de maio, a receita foi um pouco menor.

Essas cidades estão entre os que receberam 2 e 5 milhões de reais em junho, como demonstram os dados abaixo. Só a prefeitura de Penalva recebeu mais de 5 milhões no mês passado, superando todos outros municípios . Ressaltamos que estes valores são brutos, sem descontos de pagamentos de precatórios e demais dívidas das prefeituras.

O levantamento foi feito com base em dados fornecidos pelo Portal da Transparência do Governo Federal e pelos demonstrativos do Banco do Brasil. Cabe ressaltar que estes valores não estão incluídos as retenções para pagamento de débitos que as prefeituras estão devendo para previdências e outras empresas.

Vejam os valores brutos:

Viana R$ 5.722.318,53 C

Penalva $ 5.056.025,58 C

São Vicente Ferrer R$ 2.762.045,31 C

São João Batista R$ 3.009.881,19 C

Matinha R$ 3.083.014,32 C

Cajapió R$ 1.677.834,76 C

São Bento R$ 4.642.350,81 C

Olinda Nova do Maranhão R$ 2.265.401,56 C

(Via Blog do Jailson Mendes)

Governador Flávio Dino inaugura obras em Viana e mais 5 municípios da Baixada Maranhense

Ações de cidadania e desenvolvimento social marcam a agenda do Governo do Estado na região da Baixada Maranhense. Serão contempladas as cidades de Viana, Olinda Nova, São Bento, Serrano do Maranhão, Presidente Sarney e Cajari, de sexta-feira (29) até domingo, 1º de julho. Estão no conjunto de ações entregas e vistorias de obras.

Multidão prestigiou a reinauguração do Restaurante Popular de Viana

Na cidade de Viana, Flávio Dino entrega o 25º Restaurante Popular da gestão. A solenidade será a partir das 11h30, no bairro Citel. A unidade vai oferecer 1 mil refeições no almoço, ao custo de R$ 2. Para fortalecimento da agricultura familiar, produtores rurais serão contemplados com a entrega de um canal no povoado Sacaitaua.

“O apoio a este segmento é uma das estratégias do Governo para manter a produção rural, fortalecer as famílias e lhes dar estímulo para aumentar suas culturas, tanto a produção, quanto a qualidade”, enfatiza o secretário de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), Francisco Oliveira Junior.

A estrutura de canais integra o programa Diques da Produção, com 17 já construídos pelo Governo do Estado. As estruturas vão possibilitar a criação de peixes e plantações de banana, goiaba, caju e outros tipos de frutas. As famílias recebem ainda dois kits irrigação, que serão distribuídos a produtores da regional, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF). E encerrando a agenda na cidade, Flávio Dino inaugura a rede Maranet, garantindo acesso a internet no município.

A agenda segue em Olinda Nova, à tarde, com a entrega de uma escola com seis salas. A unidade integra o programa Escola Digna e foi totalmente construída pelo Governo do Estado. Na ocasião, entrega mais de 1,2 fardamentos para alunos da rede pública estadual. O governador assina ainda convênio para iluminação pública da Rodovia MA-014 e faz a entrega de um canal no povoado Loreto.

Em São Bento, ações de fortalecimento da educação com a entrega da primeira etapa da obra do novo campus e visita ao complexo da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e do Complexo Policial da cidade, a partir das 15h30. Em seguida, inaugura uma Escola de Ensino Médio no Quilombo Damásio, a primeira unidade escolar da comunidade e entrega 1.180 fardamentos. Ainda em São Bento, inaugura o sinal de internet com a rede Maranet e vistoria das obras de pavimentação asfáltica, integrando o Programa Mais Asfalto.

No sábado (30), entregas do Programa Escola Digna, Maranet e de fortalecimento a agricultura familiar, em continuidade da agenda de Governo, a partir das 13h30, em Serrano do Maranhão. Estudantes contemplados nos povoados Olho d’Água, Boa Esperança e Boa Vista, com a inauguração de novas escolas do Escola Digna.

“Com essa ação, o Governo vem transformando unidades de palha e barro em escolas de telha e tijolos, além da aquisição de equipamentos e de possibilitar a estrutura adequada ao aprendizado de milhares de maranhenses”, destaca o secretário de Estado de Educação (Seduc), Felipe Camarão. Na ocasião, o governador entrega mais de 1 mil fardamentos para alunos da rede pública estadual. A agenda no município contempla ainda a entrega da rede de internet do projeto Maranet, de 50 kits sanitários e uma patrulha agrícola.

Governador e comitiva visitam o município de Presidente Sarney, no Distrito Três Furos, a partir das 16 horas. A agenda inclui entrega do ginásio poliesportivo; da Escola de Música Municipal, construída por meio do programa Maranhão Musical; de um conjunto de ruas melhoradas com as ações do Mais Asfalto; e do novo prédio da Secretaria Municipal de Educação, que foi totalmente reformado.

Para atender famílias em vulnerabilidade social, o governador inaugura o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da região. A unidade vai atender a média de 1,5 mil famílias por ano. O CRAS atua no atendimento de todas as famílias em situação de vulnerabilidade social, reforça o titular da Sedes, Francisco de Oliveira. “Este equipamento oferece uma série de serviços essenciais para a proteção dos direitos e da dignidade de cada cidadão”.

Ainda na agenda de Presidente Sarney, a inauguração do Centro de Ensino Jackson Lago, que possui seis salas; e a entrega de mais de 1,8 mil fardamentos para alunos da rede pública estadual. No domingo, 1º de julho, a agenda de Governo encerra no município de Cajari, às 10h30, com a entrega de pavimentação asfáltica, fazendo parte do Programa Mais Asfalto e a inauguração de um hospital de 20 leitos. (Secap-MA)