Governo amplia assistência no sul do Maranhão com entrega do Hospital Regional de Balsas

(Foto: Francisco Campos)

 

O sul do Maranhão ganhará reforço na assistência à saúde com entrega do Hospital Regional de Balsas. A unidade de saúde será inaugurada na próxima quarta-feira (20) e será referência no atendimento de procedimentos de média e alta complexidade, gestação de alto risco e risco habitual, pediatria e cirurgia geral. O hospital garantirá, por meio do trabalho da Secretaria de Estado da Saúde (SES), assistência a uma população estimada em 246 mil habitantes.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou a importância do investimento na unidade de saúde. “Estamos muito felizes por entregar mais esse hospital regional ao povo maranhense. A conclusão dessa obra reflete o compromisso do governador Flávio Dino em oferecer condições melhores de saúde à população. Com o trabalho de outros cinco hospitais regionais entregues por esta gestão, temos avançado no processo de reorganização da rede de saúde no estado, ampliando o acesso dos maranhenses ao atendimento especializado”, disse.

O Governo do Estado investiu R$ 3.322.225,31 na conclusão da obra do hospital. A previsão é de que a unidade de saúde ultrapasse a meta de 13,9 mil procedimentos mensais. O dado inclui desde cirurgias gerais e obstétricas até os exames de apoio diagnóstico e terapia. No hospital, os recém-nascidos contarão com os Testes da Orelhinha, Pezinho e Coraçãozinho. Por meio desses procedimentos, é possível detectar de forma precoce qualquer doença ou alteração genética que possa prejudicar o desenvolvimento do bebê.

A unidade de saúde possui 4.000m² e 50 leitos disponíveis, com 10 leitos de UTI Adulto, 6 de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional e 4 de Unidade de Cuidado Intermediário Neontal Canguru. A unidade ofertará atendimento nas especialidades de clínica médica, ginecologia, obstetrícia, cirurgia geral e pediatria, além de exames laboratoriais e diagnósticos em oftalmologia e cardiologia; e serviços de diagnóstico por imagem como ultrassonografia, mamografia, exames de radiologia, tomografia e endoscopia.

A secretária adjunta de Assistência à Saúde da SES, Carmen Belfort, enfatizou que o hospital regional de Balsas suprirá uma carência por atendimento na região. “A região sul do estado apresenta um vazio assistencial histórico que faz com que os cidadãos precisem percorrer grandes distâncias para receber atendimento. O Hospital Regional de Balsas fortalece a rede de saúde no sul do Maranhão, favorecendo o acesso dos cidadãos ao tratamento especializado”, explicou.

O Hospital Regional de Balsas será referência para, pelo menos, 14 municípios da regional de saúde formada por Balsas, Alto Parnaíba, Carolina, Feira Nova do Maranhão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Nova Colinas, Riachão, Sambaíba, São Félix de Balsas, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras e Tasso Fragoso.

O gestor da Regional de Saúde de Balsas, Eliabe Aguiar, confirmou que a unidade de saúde beneficiará a população de toda a região. “Temos o hospital como a realização de um sonho e não só a entrega de uma obra. Há um vazio assistencial no sul desde quando o Maranhão existe e agora ganharemos uma assistência hospital com ambulatório, clínica médica, obstetrícia e pediatria. Éramos um povo esquecido, mas temos avançado muito, especialmente na área da saúde, na gestão do governador Flávio Dino”, afirmou o gestor.

Mais Asfalto

O município de Balsas também será beneficiado com a entrega de cerca de 25 ruas requalificadas por meio do programa Mais Asfalto. Obras em bairros como São Felix, Trizidela, Potos, Vivenda dos Potos, Manuel Novo, Açucena, Catumbi, Cohabi I e Centro serão entregues pelo governador Flávio Dino a partir das 11h30.

Em sua segunda fase, o Mais Asfalto beneficia 100 cidades em todo o Maranhão, por meio de investimentos de R$ 170 milhões do Governo do Estado.

O programa já restaurou 1.300 quilômetros de vias desde 2015. Agora, a prioridade são cidades que ainda não receberam pavimentação e as mais populosas, onde a demanda por serviços de infraestrutura é maior.

Tudo pronto para o Seminário Metropolitano em São Luís

Divulgação

Nesta quinta-feira, 21 de setembro, será realizado o seminário preparatório para a I Conferência Metropolitana da Grande São Luís, realizada pelo Governo do Maranhão, através da Agência Executiva Metropolitana, na capital São Luís, estão convidados autoridades e a sociedade civil organizada, além da imprensa da grande ilha.

O credenciamento começa mais cedo às 8h com café de boas-vindas aos participantes.

O Governo do Maranhão por meio da Agencia Executiva Metropolitana (Agem) está realizando 13 seminários em cidades da região metropolitana da grande São Luís – RMGSL, com objetivo de escolher os delegados para a eleição de membros do conselho participativo metropolitano, além do debate sobre os eixos temáticos relacionados aos temas: educação, saneamento, mobilidade urbana, turismo e desenvolvimento econômico social.

O seminário conta com a participação do Presidente da Agência Executiva Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, além do Prefeito da capital, Edivaldo Holanda Junior e autoridades locais, e irá acontecer no Hotel Abbeville, na avenida Castelo Branco n° 500, bairro São Francisco. 

Via Blog do Jorge Aragão

 

Fórum da Baixada se reúne com a CODEVASF e os Diques começam a virar realidade

Aconteceu ontem, 11/09/17,  na sede da CODEVASF (8ª Região) em São Luís- MA,  a reunião entre o Fórum em Defesa da Baixada Maranhense – FDBM e a equipe da CODEVASF responsável pela visita ao trecho entre Cajapió e Bacurituba,  onde será construída a primeira etapa dos Diques da Baixada – uma das obras mais importantes para a microrregião.

Além da obra de engenharia que, por si só, já garante um grande avanço, a CODEVASF ressaltou que pretende que os Diques sejam também uma obra que possa levar desenvolvimento para os municípios  que serão abrangidos por ele. Para isso, o órgão observará as potencialidades de produção e mercado de cada município, a fim capacitar e incentivar arranjos produtivos locais e outras ações de desenvolvimento que possam gerar  renda e aquecer a economia local.

Os membros do FDBM, presentes à reunião, agradeceram a equipe de CODEVASF e discorreram  sobre os graves problemas que atingem a região, devido à estiagem, que será minimizada com os Diques da Baixada. Falaram também que há anos esperam por essa obra, que trará inúmeros  benefícios.

A visita técnica inicia hoje. Os forenses designados para a missão foram: Nélio Junior, Maninho Braga, Chico Gomes, Valente e Expedito Moraes, expedicionários do Fórum que acompanharão a equipe da CODEVASF.

São Luís 405 anos: Mais viaturas, batalhão novo, concurso público e valorização de PMs


Entregas foram realizadas na noite desta sexta (1º) e já são parte do pacote de presentes para São Luís.(Foto: Nael Reis)

 

Nos últimos dez dias, entregas e anúncios do Governo do Maranhão formaram uma espécie de pacote de medidas para reforçar a segurança pública de São Luís, perto do aniversário de 405 anos da cidade.

Entre elas, está a entrega do prédio totalmente reformado onde agora funcionam o 9° Batalhão de Polícia Militar e uma Delegacia de Polícia Civil no Centro da cidade. A delegacia funcionava perto do Hospital Djalma Marques, conhecido como Socorrão 1. E o batalhão, na Vila Palmeira.

A mudança representa um reforço para o policiamento nas áreas do Centro, Vila Palmeira, Monte Castelo, Alemanha, Camboa e outros bairros. São 25 mil pessoas circulando diariamente por essa região. “O batalhão era distante e agora vem fisicamente para o lugar correto, que é o Centro da nossa cidade”, diz o secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela.

Viaturas

Mais 52 viaturas são entregues pelo governador Flávio Dino (Handson Chagas)

No início desta semana, o governador Flávio Dino entregou mais 52 viaturas para diversas regiões. Desde 2015, já são 620 veículos desse tipo entregues pelo governo, aproximando-se da meta de um total de 700 até o fim deste ano.

Os novos carros são picapes com tração 4×4 para enfrentar todos os tipos de terreno do Maranhão. As viaturas também têm modernos equipamentos.

“Em muitos estados, neste momento, não há munições na polícia, equipamentos básicos e coletes. Há viaturas paralisadas por falta de combustíveis”, afirma Flávio Dino, ressaltando a diferença de realidade do Maranhão em relação a outras unidades federativas do Brasil.

Concurso

O governador também confirmou que o edital para a polícia e os bombeiros vai sair neste mês de setembro. A ideia é manter a expansão do número de policiais no estado, que chegou ao recorde de 12 mil profissionais.

Segurança máxima

Croqui da fachada da Unidade Penitenciária de Segurança Máxima

As medidas também incluem o reforço ao sistema prisional, com a abertura da concorrência pública para a construção da primeira Unidade Penitenciária de Segurança Máxima do estado. Serão 120 novas vagas para presos de alta periculosidade. A unidade será construída nas imediações do km 16 da BR-135, próximo ao Complexo Penitenciário São Luís.

Valorização dos policiais

Na semana passada, a Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou a Medida Provisória editada por Flávio Dino para valorizar os policiais militares. A regra altera o ingresso e a promoção de praças e oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros no estado, atendendo a um pedido antigo da categoria.

Queda nos homicídios

O início de setembro também mostrou que essas e outras ações feitas desde 2015 vêm dando resultado prático. O número de homicídios na Grande São Luís em agosto deste ano caiu 63% na comparação com o mesmo mês de 2014. Foram 91 casos naquele ano, e 34 agora em 2017. Os números mantêm a queda progressiva da criminalidade no Maranhão desde o ano de 2015.

Baixada Maranhense: graves problemas, singelas soluções

A despeito dos seus encantos e belezas naturais (que a tornam potencialmente rica), a Baixada continua bastante desassistida pelas diversas esferas governamentais. Embora detenha um abundante potencial hídrico nos meses de abril a agosto, o drama da escassez de água ainda é o principal tormento das comunidades baixadeiras no segundo semestre de cada ano.

Nesse contexto, existe um pormenor que diferencia substancialmente a Baixada das outras regiões pobres do Maranhão: as medidas para melhorar as condições de vida do seu povo são baratas, simples e de fácil resolutividade. Só depende da vontade política dos nossos governantes, no sentido da construção de barragens, açudes e canais que promovam a conservação da água doce em nossos campos.

A esse propósito, destacamos algumas intervenções administrativas de pequeno porte que produziram resultados impactantes na qualidade de vida dos munícipes baixadeiros, como segue:

Em São Bento, na gestão de Bitinha Dias (1993-1996), foi executada a dragagem dos campos inundáveis,serviço considerado a maior ação de combate à estiagem e à fome na região da Baixada. Foram escavados mais de 18km de canais, com profundidade média de 6 metros. Essa obra beneficiou a população de diversos municípios do entorno.

Em Anajatuba, o Igarapé de Troitá mede 8km de comprimento, 10m de largura e 2m de profundidade, e foi dragado, no governo de José Reinaldo, para garantir a retenção da água doce durante todo o ano, proporcionado a permanência e reprodução dos peixes nativos e outras pequenas criações (bois, porcos, patos etc).

Ainda em Anajatuba, no povoado Pacas, foi desenvolvido um projeto consorciado de piscicultura nativa e fruticultura (banana, açaí e maracujá), a um custo de 200 mil reais, que garante o sustento de 42 famílias, numa área de apenas 3 hectares. Nesse arranjo produtivo são produzidas 4500 bananas por mês e 15 toneladas de peixes nativos por ano, sem qualquer ônus para os beneficiários do projeto.

Em Viana, na gestão do prefeito Chico Gomes, foi construído o dique do Igarapé do Jitiba (complementando uma barragem de quase 3,5km de extensão, edificada na gestão do prefeito Messias Costa), que serviu para preservar água doce e proteger os numerosos cardumes de peixes. Na localidade Ponta do Mangue, Chico Gomes ainda construiu uma barragem de um 1,5km, a qual serviu para armazenar água e impedir a salinização do povoado Capim-Açu.

Em Bequimão, o prefeito Zé Martins recuperou 6km da Barragem Maria Rita (também conhecida como Barragem do Defunto), proporcionando enormes benefícios para as atividades econômicas da região, ao garantir a preservação de água doce nos campos e conter o avanço da água salgada.

Em Pinheiro, o ex-prefeito Filuca Mendes edificou a Barragem do Cerro, com capacidade para represar 30 milhões de litros de água doce e fomentar prosperidade para centenas de famílias ribeirinhas. A obra também serviu para fazer a ligação entre a zona rural e a urbana. O trajeto que era percorrido em quase uma hora, hoje dura alguns minutos.

Como se vê, a Baixada tem jeito, visto que as soluções para melhorar a vida do seu povo são viáveis, exequíveis e de baixíssimo custo material. Basta a força do querer…

Por Flávio Braga

“Não há Estado hoje que inaugure mais obras que o Maranhão”, diz Flávio Dino em São Mateus

Governador Flávio Dino entrega poço artesiano para melhorar o abastecimento de água no município de São Mateus. (Foto: Divulgação)

O governador Flávio Dino fez uma série de entregas na cidade de São Mateus nesta quinta-feira (31). Foram investimentos em trabalho, agricultura, educação e água. “Não há governo de Estado no Brasil que hoje inaugure mais obras que o Governo do Maranhão”, afirmou Flávio durante conversa com os moradores.

“Só hoje nós entregamos mais equipamentos do que toda a história do Governo do Estado aqui em São Mateus”, acrescentou o governador.

Ele entregou um poço artesiano para melhorar o abastecimento de água no município. São 50 famílias beneficiadas com a inauguração do poço, localizado no povoado São Benedito.

Flávio também entregou 100 carrinhos do Programa Mais Renda, que capacita microempreendedores em diversas regiões do Maranhão.

Em São Mateus, Flávio Dino beneficia mais de 250 famílias de pequenos produtores rurais com mais de kits de irrigação, motocultivadores e forrageiras. (Foto: Nael Reis)

Educação e água

O governador vistoriou as obras do Iema de São Mateus e assinou a Ordem de Serviço para a construção de dois Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água.

O pacote de investimento também inclui 83 kits de irrigação de mil metros quadrados com implementos agrícolas. São dezenas de motocultivadores e forrageiras que vão beneficiar mais de 250 famílias de pequenos produtores rurais.

“São Mateus sempre me acolhe bem. Estamos inaugurando obras, fazendo entregas e iniciando novas obras. São muitas ações, e é sempre uma alegria ser muito bem recebido e acolhido aqui”, afirmou o governador Flávio Dino.

Farol do Saber de Viana será recuperado pelo Governo do Estado

Governo inicia obras de recuperação em 26 Faróis dos Saberes

Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, a revitalização dos faróis é de fundamental importância para potencializar o uso e acesso às bibliotecas públicas nos municípios maranhenses. (Foto: Handson CHagas)

A primeira etapa das obras de recuperação em 26 Faróis dos Saberes será iniciada este mês pelo Governo do Maranhão nas cidades de São José de Ribamar, Lago Verde, Viana, Rosário e Paulo Ramos. A previsão é que 26 faróis recebam obras de reparos e manutenção, até o final do ano, como parte da ação de melhoria em infraestrutura nas bibliotecas públicas vinculadas à Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, a revitalização dos faróis é de fundamental importância para potencializar o uso e acesso às bibliotecas públicas nos municípios maranhenses. “A ideia é reativar os espaços de leitura e fomentar os espaços existentes integrando-os aos programas culturais e educativos da comunidade”.

Dos 94 Faróis dos Saberes que estão sob a responsabilidade da Sectur, 68 estão em pleno funcionamento. A avaliação é resultado de vistorias realizadas em todas as unidades, desde o ano passado, pela equipe da Secretaria e que levantou necessidades de melhorias na estrutura física, acervo, acessibilidade, contratação de bibliotecários entre outras ações.

Além das melhorias de infraestrutura está em andamento processo licitatório para aquisição de equipamentos (computadores, mesas, cadeiras, estantes, telões) para 32 faróis, aquisição de acervo para todas as unidades, e lançamento de edital para contratação de 94 bibliotecários que irão trabalhar nos faróis dos Saberes da Sectur.

Os demais faróis com obras de recuperação já contratadas são Barreirinhas, Fortuna, Lago Verde, Carutapera, Paulo Ramos, Presidente Vargas, Rosário, São Luís Gonzaga do Maranhão, Viana e São José de Ribamar.

Em 2016, o Governo do Estado instituiu a Rede Estadual de Bibliotecas ‘Farois do Saberes’ que estavam desativados desde 2013 e foram redimensionados para uma gestão compartilhada pela Sectur e Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Das 117 unidades, 23 ficaram sob responsabilidade da (Seduc) e 94 passaram para a coordenação da Sectur.