Janela de Oportunidades mobiliza centenas de empresários em São Luís

Empresários participaram de palestras e receberam orientações sobre programas de incentivo do Governo. (Foto: Divulgação)

Para estreitar o diálogo com o Governo do Estado e receber orientação sobre programas de incentivo, centenas de empresários dos mais variados segmentos participaram das atividades promovidas pelo Seminário Janela de Oportunidades, ao longo da semana, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), em São Luís.

Na palestra de abertura, o governador Flávio Dino destacou a conjuntura econômica favorável apresentada pelo Estado e garantiu a geração de negócios e oportunidades para o empreendedorismo. “Vivemos esse momento de retomada da economia, em que estamos superando a recessão, com um crescimento significativo do Produto Interno Bruto (PIB), é uma ampliação da riqueza circulando no nosso estado, o que gera, naturalmente, oportunidades de negócios”, disse.

De acordo com previsões do ‘Mapa da recuperação econômica’, estudo divulgado pelo jornal Valor Econômico e comentado pelo governador na palestra, o Maranhão terá a segunda maior alta do PIB no país, crescimento atribuído à ampliação dos investimentos públicos, que em 2017 cresceram mais de R$ 218 milhões, sendo uma das maiores taxas do país. “A trajetória de investimentos públicos vai continuar crescendo, por isso precisamos de uma relação ainda mais próxima com o setor privado para que o dinheiro investido pelo governo em obras, serviços e contratos possa reverter ainda mais em ganho para as empresas locais e, por conseguinte, impactar na geração de empregos”, afirmou o governador.

Durante a abertura do evento, o presidente da Fiema, Edilson Baldez, proferiu palestra sobre as compras governamentais e sobre o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF) da Fiema.

Oficinas

No segundo dia do evento, a Fiema iniciou as atividades com uma oficina orientando os empresários sobre a adesão ao Programa de Desenvolvimento para Fornecedores do Maranhão (PDF) e apresentando alguns resultados. “É interessante para a Federação e para o Governo que nossas empresas locais cresçam e ajudem a nossa economia”, explicou o coordenador do PDF, Carlos Jorge.

Em seguida, o presidente da Comissão Central Permanente de Licitação (CCL), Odair José, falou das capacitações e da importância da transparência nos processos de contratações na oficina ‘O Caminho para contratar com a administração pública e suas opções’. Na sequência, a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) apresentou aos empresários o Portal de Compras Governamentais.

Para falar de controle e de transparência nos processos de contratações, a assessora Flávia Ribeiro, da Secretaria de Transparência e Controle, apresentou a oficina ‘Evitando problemas na execução dos contratos administrativos’.  Encerrando as atividades da manhã, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) ministrou a oficina ‘Como contratar com a Emap’.

Um dos empresários que participaram do evento, Joel Rosostolato, que possui empresas no setor da construção civil, falou sobre a importância do conhecimento e da aproximação entre setor público e privado. “Eventos como o Janela de Oportunidades são muito importantes porque muitas vezes o empresário local não tem o conhecimento sobre algum serviço ou projeto que está sendo executado e que ele pode participar”, comentou. “Aqui eu fui muito bem recebido, peguei informações sobre os processos licitatórios que o Governo tem hoje e pretendo fortalecer esse contato com a esfera pública”, afirmou.

Para Graça Lemos, empresária do ramo da construção civil, a Janela de Oportunidade foi um momento de ter certeza das garantias que o Governo do Estado pode dar aos empresários. “O mundo precisa de conhecimento e de garantias e é isso que o Governo está propondo”, comentou satisfeita.

Serviços

O seminário Janela de Oportunidades também contou com serviços diversos relacionados ao setor empresarial.  Os participantes do evento tiveram acesso a serviços de informação sobre licitações e contratos, suporte para pequenas empresas, ouvidoria, regularização e atendimento junto aos órgãos públicos, como as Secretarias de Fazenda (Sefaz), Meio Ambiente (Sema), Junta Comercial, além da apresentação do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores do Maranhão da Fiema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *