Futebol brasileiro perde o maior dos capitães: morre Carlos Alberto Torres

Lateral-direito levantou a taça do tricampeonato de 1970 pela seleção brasileira

Por GloboEsporte.comRio de Janeiro

Carlos Alberto Torres (Foto: Reprodução TV Globo)Carlos Alberto Torres trabalhava no SporTV como comentarista esportivo (Foto: Reprodução TV Globo)

Seja como lateral-direito, onde começou na base do Fluminense, seja como zagueiro, ele sempre destilou pelos gramados uma classe com a bola nos pés em que não ficava para trás nem para um astro do nível de Franz Beckenbauer. Santos, Botafogo, Flamengo e New York Cosmos tiveram em campo a sua classe. Era reverenciado no mundo todo pelo seu passado. Depois, como treinador, o Capita, como era carinhosamente chamado, teve como pontos altos a conquista do Campeonato Brasileiro de 1983, pelo Flamengo, e a Copa Conmebol, pelo Botafogo. em 1993, e o Campeonato Carioca pelo Fluminense, em 1984. (Globo Online)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *