Viana: o retrato de uma cidade atolada no atraso

As imagens desta postagem são um retrato fiel da ausência do poder público municipal em quase 80% dos povoados do município de Viana. A cada período de chuvas, as cenas se repetem, sem trégua e compaixão com o sofrimento do povo.

Não houve uma única época, nos últimos quatro anos, que a administração Magrado Barros conseguisse amenizar a ausência de infraestrutura da zona rural com medidas que resolvessem, de fato, o problema.  Nunca houve uma única obra definitiva, uma só estrada vicinal construída, apenas ações de “quebra-galhos”, como raspagens e outras. Sem a possibilidade do tráfego de veículos adequados nos povoados onde a situação é pior, como São Cristóvão, por exemplo, pessoas doentes precisam ser transportada em redes, correndo o risco de morrerem durante o trajeto.

Na sede de Viana, a situação não é diferente. Na Rua Dr. Castro – assim como em muitas outras – os moradores precisam fazer o trabalho da Prefeitura, como limpeza e poda do mato, que cresce ainda mais rápido neste período  (veja as fotos).

Com a proximidade das eleições municipais fica uma dúvida: qual a promessa que o grupo político do prefeito, pré-candidato à reeleição, ainda terá coragem de fazer à população vianense?  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *