Viana – Muito dinheiro, nenhuma obra. Município recebeu mais de R$ 6 milhões em março

Quem nunca escutou uma pessoa chamar a outra de chupim? Você pode até nunca ter visto essa espécie de ave ao vivo, mas com certeza já ouviu falar dela, ou pelo menos no nome dela. A ave é conhecida por depositar o próprio ovo em um ninho desconhecido para não ter o trabalho de cuidar da cria.

Apesar de o chupim levar a fama pelo País, ele não é o único a agir como parasita por aqui. O prefeito Magrado Barros (DEM) está administrando Viana, na Baixada Maranhense com muitos recursos no caixa, mas sempre se aproveita das obras e benefícios alheios para se promover politicamente junto com seus aliados.

“Papagaio come o milho, periquito é que leva a fama”. Magrado Barros e aliados fazendo política com as cestas básicas do Governo Federal, para os quilombolas de Viana

Todos o meses o gestor recebe em média 6 milhões de reais, mas, em quase 4 anos de mandato não deu um prego em barra de sabão, ou seja, a cidade continua esburacada, suja, saúde precária, educação na pior, e a água que sai das torneiras tem a cor de garapa de rapadura.

Veja quanto Viana recebeu em março e os valores de outros municípios da Baixada Maranhense.

 

Viana R$ 6.072.198,98 C

 

São Bento R$ 5.724.226,40 C

 

Penalva R$ 4.705.358,91 C

 

Vitória do Mearim R$ 4.361.487,59 C

 

Arari R$ 4.185.377,10 C

 

Pedro do Rosário R$ 4.051.136,68 C

 

Matinha R$ 3.252.420,65 C

 

Cajari R$ 3.135.118,58 C

 

São João Batista R$ 2.864.227,89 C

 

Palmeirândia R$ 2.808.143,42 C

 

São Vicente Ferrer R$ 2.709.209,06 C

 

Olinda Nova do Maranhão R$ 2.160.836,54 C

 

Cajapió R$ 1.752.859,09 C

 

Bacurituba R$ 1.202.479,83 C

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *