Viana deverá ter o “Natal do breu”

Em mais um ano consecutivo, o município de Viana deverá celebrar o Natal sem a devida importância que a data merece. Na cidade onde a maior autoridade pública se orgulha de ser chamada de “macho velho”, a celebração mais importante do calendário cristão é menos valorizada pelo poder público do que a festa da carne, o Carnaval. Afinal, todos os anos, a Prefeitura de Viana costuma drenar rios de dinheiro para trazer bandas e atrações para animar a folia momesca, regada a muito álcool, em uma reprodução da prática milenar do “pão e circo” à população.

Como se não bastasse o tratamento desigual dado às duas celebrações, os recursos públicos ainda são direcionados para patrocinar um bloco particular, com abadás e cerveja “no balde”, que faz propaganda sem a impessoalidade prescrita na lei, de certo homem público.

“Natal do Breu”

O Blog nada tem contra a folia carnavalesca. Muito pelo contrário. O problema é que, como se não bastassem ruas esburacadas, a falta quase religiosa de água, as escolas sem estrutura adequada de funcionamento, os povoados em completo abandono, a nossa Veneza maranhense não tem uma única época do ano em que a administração de Magrado Barros consiga fazer com que os cidadãos se sintam melhor.

Enquanto as prefeituras de todo o Brasil se empenham em realizar decorações natalinas, mesmo modestas, em Viana, ao invés do “Natal das Luzes” este será o “Natal do Breu”. À propósito, 90% das ruas da cidade vivem completamente às escuras o ano inteiro. Nada de excepcional para quem já teve a cara de pau de realizar uma decoração natalina no município com material reutilizado da administração passada.

Até o momento, Magrado não conseguiu mostrar ao povo a que veio. Considerando que 2020 é um ano eleitoral, faltam menos de 10 meses. Em três anos, ainda não aprendeu a tratar Viana “com carinho”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *