STTR de Penalva amplia ações com nova diretoria

Penalva – Com a posse da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais – ocorrida em 14 de junho deste ano – os associados já estão sentindo a diferença no atendimento e na condução dos processos ali administrados.

Em apenas dois meses à frente da Entidade, a atual diretoria já conseguiu algumas conquistas para o trabalhador rural.
No intuito de oferecer um serviço de qualidade, a presidente Ana Rosa disponibilizou um espaço, no próprio Sindicato, para que o engenheiro agrônomo da Agerp (Marcos Vinícius), possa atender diariamente os agricultores interessados em assistência técnica e em participar do projeto de criação de galinha, oferecido pelo Governo do Estado, este a fundo perdido.

O Sindicato também mantém uma parceria com o Banco do Nordeste, onde disponibiliza duas vezes por semana (terças e quintas-feiras), uma sala, para que ali, o assessor do Banco do Nordeste (Hoanderson), atenda com mais qualidade, os associados que desejam participar dos projetos Agro Crescer e Agro Mais, que fazem parte da linha de crédito do “Agro Amigo”.

Segundo Mundica, secretária de Política Agrária, Agrícola e Meio Ambiente do STTR, no momento, o Banco do Nordeste está disponibilizando apenas estes dois tipos de financiamentos. “Existem outros financiamentos, mas por falta de documentação, os nossos associados não podem acessá-los, detalhou. *Veja no final a relação dos financiamentos disponíveis no Sindicato.

Com objetivo de fomentar o trabalhador e a trabalhadora rural, o STTR promoverá, a partir deste mês, a Feira da Agricultura Familiar de Penalva, que acontecerá quinzenalmente. “Estamos trabalhando diuturnamente para melhorar as condições de vida dos nossos associados, e este é apenas mais um projeto que está sendo implantado pela nova diretoria”, relatou o vice-presidente Baico.

De acordo com Ana Rosa, o papel de um sindicato vai muito além de exigir os direitos básicos de um associado, a organização deve lutar pelos direitos ainda não alcançados e por melhorias das condições de trabalho do produtor rural. “Através da Secretaria de Políticas Sociais, 3ª Idade, Idosos (as) Rurais, damos assistência a jovens e idosos na busca de seus direitos adquiridos”, disse.

A presidente lembrou ainda, que foi contratada a consultora Ana Maria, que vai auxiliar a Entidade no planejamento de ações que serão desenvolvida por cada secretaria. “Precisamos atualizar e modernizar o nosso atendimento junto ao nosso público. No último dia (31), houve a primeira palestra da nossa consultora, algo que, logo no primeiro momento, mostrou que estamos no caminho certo, pois saímos daquela reunião convictos, que agora, trilharemos caminhos muito mais exitosos, e quem ganha com isso é o nosso trabalhador e nossa trabalhadora rural”, finaliza a presidente Ana Rosa.

* FINANCIAMENTOS DISPONÍVEIS

Agro Cescer (R$ 5.000,00) – Projetos de hortaliças, melhoramento de pastos, roça, criação de gado, borracharia, lanchonete, direcionados apenas a agricultores que têm a Dap B.

Agro Mais (15.000,00) – Todos os projetos relacionados do Agro Crescer, direcionados apenas a agricultores portadores da Dap V.

Exigência: os financiamentos acima são direcionados apenas para projetos na área rural.

Por Marinildo Serejo | Fonte: tribunadabaixada.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *