Residencial Frei Serafim: um retrato de como trabalha a Prefeitura de Viana

O Residencial Frei Serafim, em Viana, é um dos mais emblemáticos exemplos de como funciona a administração Magrado Barros (DEM). O conjunto habitacional  foi uma luta do ex-prefeito Chico Gomes, que adquiriu recursos junto à Caixa Econômica Federal, no Programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, para que a obra fosse executada.

Ano passado, Magrado fez autopromoção, mentindo que o residencial era uma conquista de sua gestão. Além de querer ser “o pai da criança”, anunciando obra alheia como se fosse sua, o prefeito Magrado tem deixado o local quase órfão de serviços públicos. Os problemas de falta d’água já fazem parte da rotina do lugar.

Em abril deste ano, houve um tumulto no local, com protesto dos moradores porque a Prefeitura não resolveu o problema da bomba d’água. Muitos tiverem chegaram ao cúmulo de “comprar” água para fazer suas atividades domésticas.

Nos últimos dias, os moradores do Frei Serafim estão enfrentando novamente problemas causados pelo “modelo” de administração que nunca consegue resolver, por definitivo, nada em Viana. O professor Mauro, morador da quadra 25, denunciou: “Tivemos a situação essa semana da falta d’água que continua. Agora, o governo deixa a gente com o lixo na porta, eles não dão nenhuma satisfação. Eles vêm o dia que bem querem, a gente não tem coleta de lixo regular, eles vêm ao bel prazer deles”.

“Não sei até onde vai a incompetência do prefeito municipal MAUgrado Barros. Quando não é a falta de água no Residencial Frei Serafim é o recolhimento do lixo que não existe ou não tem dia específico. Já estamos a duas semana sem ver a coleta que deveria ser regular (…) Estamos nas mãos de Deus”, escreveu em uma rede social o vianense Mauro Mikaelson.

Neste 2020 de eleições municipais, tudo indica que o Residencial Frei Serafim de Viana será um dos locais com maior rejeição à reeleição do prefeito Magrado. Como no ditado da caça, um dia do peixe e outro do pescador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *