O milagre da multiplicação dos Peixes: Prefeitura de Viana vai torrar apenas R$ 180 mil em megaestrutura de palco, som e mais 20 BANDAS, enquanto em outros municípios a farras custam em média até 1,5 milhão para patrocinar o Carnaval. Aí tem…

Viana – Cobrar transparência com as verbas públicas da nova gestão municipal não mais fáceis para o sofrido povo de Viana, na Baixada Maranhense.

Enquanto diversas prefeituras do Maranhão resolveram cancelar o Carnaval 2017 por falta de verbas, em Viana, o prefeito Magrado Barros (PSDB) que acabou de dar um calote nos servidores públicos comissionados, prestadores de serviços e fornecedores, está divulgando uma nababesca festa momesca, com nada mais nada menos que 20 bandas, 5 dias de folia, mega estrutura de som, com 2 super palcos, 3 circuitos, painel de led em alta definição e super camarotes para seu convidados.

Comenta-se que várias autoridades estaduais e nacionais, entre elas o controvertido Dep. Federal Waldir Maranhão e o Chefe da casa Civil, Marcelo Tavares devem marcar presença para aproveitar os banquetes que serão servidos nos suntuosos camarotes de “Macho Véi”.

O MILAGRE DA MULTIPLICAÇÃO

Enquanto ou com o mesmo porte de Viana anunciam cifras milionárias para bancar a folia com dinheiro público, a de Viana anuncia apenas uma bagatela de R$ 180 mil reais, conforme o Aviso de Licitação publicado no Diário Oficial dos Municípios.

Segundo a publicação, a contratou a empresa ABL Produções montar toda a estrutura do Carnaval por pela bagatela de R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais).

Só para efeitos comparativos (veja banners de divulgação) a cidade de Carolina, município do mesmo porte de Viana, vai torrar somente com a festa momesca, o valor exorbitante de R$ 1.526.500 milhão, com a contração de 7 bandas e estrutura de som bastantes modestas em relação a Viana, com apenas um trio elétrico.

Em Carolina, somente a estrutura do Carnaval saiu por R$ 1.328.500 milhão. (ver documentos). Qual o milagre de uma mega produção custar tão barato em Viana?

BANDAS CARAS

As badaladas bandas Chicabana, Forró Sacode, Moleca Sem Vergonha, bandas baianas, Pêpê Júnior entre outros artistas, formam o circuito musical que vai sair com a burra cheia de Viana, mas os valores que eles vão levar ninguém vai. Comentam que somente a Chicana cobra cachê de 100 mil reais para tocar duas horas no carnaval.

Viana tem um dos piores IDH do Estado, saúde precária, infraestrutura com esgoto a céu aberto, carente de empregos e completo abandono há muitas décadas pelo executivo estadual.

Entretanto, o grupo político que assumiu o poder, parece que vai reinventar a pólvora com uma fórmula bastante conhecida: pão, circo e cachaça para entreter o povo incauto, enquanto o verdadeiro milagre, este da MULTIPLICAÇÃO DAS VERBAS, está acontecendo mesmo é no bolso deles.

SERÁ QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO DE VIANA ESTÁ DE PORTAS ABERTAS NESTA SEMANA?

Com informações do blog do Neto Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *