Magrado anuncia mais uma obra “alheia”como se fosse da Prefeitura de Viana

Depois de quase três anos, o prefeito de Viana, Magrado Barros (DEM), agora se esforça para tentar “vender” à população a imagem que começou a trabalhar, que a administração finalmente despertou de um longo período de sonolência. As duas últimas obras anunciadas com estardalhaço pela Prefeitura viraram motivo de chacota por parte da população vianense, completamente decepcionada com a mentira da mudança, prometida no palanque das últimas eleições.

A inauguração da fábrica de bloquetes foi um fiasco, com a presença de autoridades do Estado decepcionadas diante da ausência de público. O “empreendimento” é uma iniciativa do Governo Flávio Dino em cumprimento à Lei de Execuções Penais e a Prefeitura teve pequena participação no projeto, doando máquinas enferrujadas, do tempo do ronca.

A propalada revitalização da Feira da Barra do Sol foi feita com recursos do Banco do Brasil, mas sem nenhuma obra estrutural feita pela administração Magrado. Ao contrário, os banheiros, bebedouros e outros espaços continuam em péssimo estado. Os urubus foram os que mais aprovaram a iniciativa (ou a falta dela).

Chico Gomes, o “pai da criança”

Nesta quarta-feira (4), Magrado já convida todos para o sorteio das casas populares do Residencial Frei Serafim em Viana, empreendimento construído com recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal. A obra, além de não ser da Prefeitura de Viana, é resultado da luta do ex-prefeito Chico Gomes que, mesmo massacrado pela mídia vendida para o grupo que apoiou Magrado, foi o “pai da criança”. Justiça seja feita a Chico Gomes que conseguiu que obra viesse para Viana.

Em 2015, o sorteio foi realizado nas presença do então vice-prefeito, Oliveira Júnior, com a participação dos deputados federais Aluísio Mendes (PSC), do então deputado Weverton Rocha (PDT), do superintende da Caixa Econômica Federal na época, Ricardo Porto, do presidente da Câmara de Vereadores durante a gestão, Neilson Muniz, e das famílias inscritas. Do total de 1.000 casas sorteadas sexta-feira, 560 unidades ficaram em fase de acabamento e 440 em construção.

Além disso, o ex-prefeito Chico Gomes requereu ao Ministério Público Federal (MPF) que fiscalize imediatamente os indícios de irregularidades apontados no sorteio das casas na administração Magrado.

Foi identificado que apenas 557 (quinhentas e cinquenta e sete) pessoas contempladas no sorteio constavam da relação oficial das 1.000 finalistas do sorteio original. Portanto, 443 pessoas foram inseridas para que recebessem as casas do programa sem que fossem claros os critérios de seleção.

O blog vai ficar de olho no sorteio. Você vai poder acompanhar aqui a relação de todos os nomes.

CONFIRA A LISTA DOS MIL SORTEADOS, EM 2015.

PARA AMPLIAR, CLIQUE NOS BLOCOS INDIVIDUAIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *