Luto: morre o ex-vereador Zé de Mário, um guerreiro da cultura popular de Viana

Morreu, vitima da covid-19, na madrugada deste domingo (24) aos 76 anos, o ex-vereador, desportista e folclorista José Bonifácio Costa Silva, o Zé de Mário. Segundo informações, ele sentiu-se mal em casa, em decorrência dos sintomas do vírus, foi levado para a cidade de Pinheiro – por falta de leitos de UTI em Viana-, mas não resistiu.

Por ser cidadão muito conhecido, principalmente no meio cultural, a morte de Zé de Mário causou comoção na cidade, onde cultivava uma legião de amigos e admiradores.

O ex-vereador surgiu no cenário político vianense na década de 80, exercendo mandato de 1988 a 1992, na gestão do ex-prefeito Djalma Campos (falecido).

Em contato com o Blog Vianensidades, o advogado e ex-vereador José Santos – primo e contemporâneo – consternado, manifestou os votos de profundo pesar à família do ex-vereador Zé de Mário. E classificou o seu legado como de grande valor histórico e cultural para a Cidade dos Lagos.

Além das qualidades como cidadão e ser humano, Santos destacou momentos das atividades culturais e políticas de Zé de Mário em Viana: foi vereador; secretário de cultura do município; amante do carnaval foi um dos fundadores do bloco Gaviões do Samba, em parceria com Edivaldo Rocha (falecido); presidente do Clube Jaguarema; apoiador de Associações Espíritas Vianenses; grande colaborador das festanças juninas e religiosas, entre elas o Baile de São Gonçalo, Tambor de Mina, Tambor de Crioula, entre outras; fundador da Colônia de Pescadores, onde comandou uma dança sertaneja, formada por ele e amigos, entre eles, Zé Santos, Inaldo, Zé Buiuta, Nonato de Palestra e filhos de pescadores; contribuiu com Associação Beneficente São Benedito da Barreirinha, auxiliando na construção de casas para várias famílias.

“Sempre que chegava o mês de maio, Zé de Mário era um dos primeiros a se manifestar, patrocinando ensaios de Bumba-meu-Boi, entre outras brincadeiras, sempre com o objetivo de preservar a cultura popular vianense”, afirmou Zé Santos.

Zé Santos, Zé de Mário e a esposa Mariene

Na área esportiva, fundou o time Portuguesinha da Ronqueirada; foi fundador e centroavante titular do Ypiranga Futebol Clube, titular da seleção de Viana no Intermunicipal de 65 contra a seleção Vitória do Mearim, no lendário jogo disputado em dois dias, por conta das chuvas.

Segundo o empresário e ex-prefeito Marcone Veloso, Zé de Mário “Era uma figura humana ímpar. Muito respeitado por todos; tranquilo, quieto, não era de falar muito. Hoje recebi essa notícia, e apesar de saber que se encontrava em estado delicado no hospital. Fiquei triste com a perda do amigo. Um político que deu sua parcela de contribuição ao nosso município, além de um homem ligado a cultura da nossa gente. Tinha um vasto conhecimento cultural de Viana e muitos não sabiam disso! Que Deus o acolha em seu seio e conforte toda sua família e amigos,” asseverou.

Zé de Mário Era casado com Mariene Veloso. Deixa os filhos Mário Leonardo, Silvia, Dayse, Elenise, Marise e Mayse.

O Blog Vianensidades se solidaria com a família de Zé de Mário, neste momento de luto e dor, e rende homenagens um dos baluartes da cultura popular vianense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *