Ex-Deputado Chico Gomes faz apelo ao Governo do Estado para abrir Hospital Geral de Viana

O ex-prefeito e ex-deputado Chico Gomes resolveu se manifestar publicamente, nesta segunda-feira (27), para solicitar ao Governo Flávio Dino e aos deputados eleitos com votos da Baixada Maranhense que coloquem em funcionamento o Hospital Geral de Viana, construído na área do Residencial Frei Serafim, MA-014, s/nº, no Bairro Vila Zizi.

Chico Gomes – Ex-deputado estadual ex-prefeito de Viana-MA

Segundo divulgou o Governo Estadual, o hospital conta com 50 leitos e estava com a previsão de entrega no final do ano de 2019. O valor da ordem de serviço é de R$ 8.339.406,15, com execução da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra). Além dos 50 leitos, no Hospital de Viana estão previstas duas salas de cirurgias, salas de observação, de diagnóstico, exames, laboratório, sala vermelha e amarela.

“Estamos na eminência de grandes contaminações e não podemos deixar a nossa população sem as condições mínimas de tratamento dessa perigosa doença (coronavírus)” destacou Gomes.

Segundo boletim divulgado hoje pela Secretaria de Saúde, Viana tem 4 casos confirmados da Covid-19, 167 sendo acompanhados, 134 descartados e 33 suspeitos. Leia o apelo do ex-prefeito:

ALERTA

Diante da proliferação da doença covid-19, provocada pelo corona-vírus, faço um apelo ao Governo do Estado para equipar o Hospital Geral de Viana, recentemente construído, para ser dotado de todos os equipamentos, condições técnicas e pessoal habilitado para atender emergencialmente a todas as pessoas contaminadas pelo Coronavírus,  oriundas de Viana e de todos os municípios da Região dos Lagos e Campos Floridos.

Estamos na iminência de grandes contaminações e não podemos deixar a nossa população sem as condições mínimas de tratamento dessa perigosa doença.

Nosso apelo ao Governador Flávio Dino e aos deputados votados em nossa região para atender nossa justa reivindicação.

Chico Gomes,  ex-deputado estadual e ex-prefeito de Viana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *