O secretário da SAF, Júlio César Mendonça, recebeu nesta quinta-feira (28), uma visita da equipe do Colégio Marista.

O orientador Educacional, João Soares, o produtor Ricardo Fernnades e Cariolando Maia, convidaram o secretário para participar da Festa Ex Marista Nunca, que acontecerá próximo dia 30 e que vai reunir ex alunos da escola.

Na oportunidade, o secretário Júlio recebeu a camisa do evento e destacou que “é uma honra ser convidado para prestigiar essa festa e poder relembrar bons momentos vividos no Marista”.

#SistemaSAFEmFoco

#GovernoDeTodosNós

Viana – Descaso, imundice e falta de coleta de lixo levam feirantes a bloquear avenida

Feirantes e moradores bloquearam a Avenida Walber Dualibe, na Barra do Sol, principal via de comércio da cidade, onde fica localizado o centro de distribuição de alimentos do município.

O motivo é a falta de coleta de lixo por parte da Prefeitura Municipal e, segundo relatos, está impossível trabalhar no local, devido a presença de urubus, ratos e todo tipo se sujeira.

Avenida foi bloqueada por feirantes

Vídeos e fotos encaminhados ao Blog mostram relatos dos feirantes, que disseram não aguentar mais o cheiro no local. Eles colocaram as caixas usadas na feira no meio da avenida e os veículos estão sendo obrigados a desviar o percurso.

“Nós estamos com a nossa mercadoria e vai se estragar, sem poder trabalhar”, diz um feirante durante um vídeo gravado e divulgado pelos próprios feirantes.

Recentemente, a reforma da feira da Barra do Sol foi entregue através de uma parceria da prefeitura com o Banco do Brasil e o prefeito da cidade mandou divulgar amplamente na mídia alinhada ao governo, pregando que a feira havia sido totalmente revitalizada.

Também recentemente a feira foi alvo de críticas e após um escândalo de humilhação contra um peixeiro, que sofreu várias humilhações públicas e ainda foi detido na Delegacia.

Dias depois, 10 Guardas Municipais que faziam ronda no local foram presos, acusados de formação de milícia. (Com informações do Blog do Jailson Mendes)

ASSISTA AOS VÍDEOS:

Assassino do jornalista Décio Sá é levado a júri popular no Maranhão

Jhonatan de Sousa Silva vai ser levado a júri popular nesta quinta-feira (28) no Fórum de Justiça de Santa Inês.

Por G1 MA — São Luís

O assassino confesso do jornalista Décio Sá, o pistoleiro Jhonatan de Sousa Silva vai ser levado a júri popular nesta quinta-feira (28) no Fórum de Justiça de Santa Inês, a 250 km de São Luís, por um crime que ele cometeu em 2010.

No julgamento desta quinta, Jhonatan de Sousa vai ser julgado por um crime ocorrido no dia 12 de outubro de 2010. Ele é acusado de ter executado a tiros dois homens que jogavam sinuca com ele em um bar na zona rural de Santa Inês depois de uma discussão por causa de uma aposta no valor de R$ 5.

As vítimas Antônio Pereira Lima e Geraldo Araújo Pereira foram baleadas na cabeça. Na época Jhonatan usava um nome falso de Leandro da Silva Conceição.

Ele chegou a ser capturado pela Polícia Militar (PM) pouco depois do crime em um balneário na zona rural da cidade Pindaré, mas conseguiu escapar do flagrante porque na delegacia as pessoas que estavam com ele no bar foram arroladas no inquérito como testemunhas e não como cúmplices.

Só depois foi que Jhonatan matou o jornalista Décio Sá em abril de 2012 foi que a polícia descobriu que era ele quem tinha cometido o duplo homicídio em Santa Inês

Esta é a segunda vez este ano que Jhonatan de Sousa Silva senta no banco dos réus. Em setembro deste ano ele foi julgado pelo assassinato de um preso dentro do presídio de Pedrinhas, na capital, mas foi absolvido.

Os jurados aceitaram a tese da legítima defesa. Ele confessou ter matado o detento Alan Kardec Dias Mota em janeiro do ano de 2018 porque estava sendo ameaçado por ele.

Secretário Julio participa de encontro do Programa Agua Doce

O secretário da SAF, Julio Cesar Mendonça,  participa do VIII Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce-PAD, que iniciou hoje (27) e seguirá até dia 29 em Natal, no Rio Grande do Norte.

O VIII Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce tem como objetivo fortalecer a integração das diversas instituições envolvidas na execução do programa, além de capacitar os técnicos dos núcleos estaduais e representantes dos municípios e comunidades para a gestão dos sistemas de dessalinização.

O Programa Água Doce – PAD é uma ação do Governo Federal, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional em parceria com instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil.

A oitava edição do encontro conta com a participação de representantes de órgãos federais, estaduais e municipais, organismos internacionais, coordenadores estaduais do Programa Água Doce, técnicos, empresas que atuam no tema da dessalinização, organizações da sociedade civil e representantes das comunidades atendidas pelo PAD.

Carrinho afirma que lançamento de pré-candidatura é evento a favor de Viana

O PL (Partido Liberal) realiza no próximo sábado (30), às 19h, na Avenida Luís Couto, o lançamento da pré-candidatura de Carrinho Cidreira à prefeito de Viana. Carrinho é franco favorito em todas as pesquisas de intenção de votos já realizadas para a sucessão no município. A solenidade de pré-lançamento deve confirmar a maioria esmagadora de preferência do eleitorado vianense pelo ex-secretário municipal de Educação e Saúde.

Trama – Na avaliação dos observadores da cena política local, o evento pode aumentar ainda mais o clima de favoritismo em torno do pré-candidato e “afundar” de vez o projeto de reeleição do atual prefeito, Magrado Barros (DEM), que vem sendo gradativamente desgastado pelos próprios aliados, exemplo do integrantes do grupo do ex-prefeito Rilva Luiz e da vice-prefeita Lucimar, prestes a pularem fora do barco.

Em uma postagem, o pré-candidato classificou o evento como “um movimento cívico, democrático e, sobretudo, a favor do município de Viana”. E declarou: “nada vai poder apagar o brilho desta bonita festa, que já está acontecendo nas redes sociais, como nunca se viu antes em nossa terra. Sabem por que? Justamente porque este não é um evento de Carrinho, mas de todos nós para resgatar nossa Viana”.

Fórum em Defesa da Baixada Maranhense discute parcerias com o reitor da UFMA

O reitor Natalino Salgado recebeu, nesta segunda-feira, 25, a comitiva do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense (FDBM) para discutir estratégias em prol da educação, cultura, economia e do desenvolvimento da região.

Para o Presidente do Fórum, João Martins, é fundamental ter a UFMA mais presente na atuação junto às demandas da entidade. “A Universidade tem o trabalho de ensino, pesquisa e extensão e, por meio das ações de interiorização, poderemos aliar o conhecimento acadêmico, a experiência e a expertise dos membros da diretoria do Fórum para atender às necessidades dos municípios da baixada”, disse.

Ele ressaltou, ainda, a importância da aproximação do conhecimento, da ciência e do saber daqueles que estão precisando mais, ou seja, [na visão do Fórum] as populações da baixada maranhense.

“Nós, na condição de sociedade civil organizada, representamos essas populações e queremos aproveitar essa oportunidade de fazer um trabalho de parceria que possa, por meio da inovação, tecnologia, empreendedorismo, oferecer a assistência de que a baixada maranhense necessita”, frisou Martins. Como membro do Fórum e envolvido com a entidade desde a sua fundação, o reitor Natalino Salgado mostrou-se motivado por uma parceria que contribua com o desenvolvimento da baixada maranhense.

Evento reuniu diretores do Fórum da Baixada e a reitoria da UFMA

“A Universidade vai propor um momento de debate com o Fórum para discutir os pontos de cooperação mútua entre as instituições para, em conjunto, buscar novos caminhos que contribuam para o crescimento da região, que tem cerca de um quinto da população do estado em carência, além da criação de um projeto de desenvolvimento que gere empregos, dê acesso à educação e valorize a cultura. Nós precisamos lutar para vencer as dificuldades presentes na vida daquele povo sofrido da baixada maranhense”, revelou.

Designada para planejar essa parceira entre a UFMA e o Fórum, a pró-reitora de Extensão e Cultura (Proec), Josefa Bentivi Andrade, afirma que essas alianças fazem parte do projeto do professor Natalino, buscando evidenciar o tripé da Universidade: ensino, pesquisa e extensão.

“A face mais visível da Universidade, depois do ensino, é a pesquisa e a extensão. Nesse sentido, esses segmentos sociais têm espaço pleno na Universidade para realizarmos convênios, discutir e dialogar em prol do conhecimento e da responsabilidade que a UFMA tem no estado e no país. Nós estamos em processo de construção, e, para que essa construção seja efetiva, de fato, ela precisa do apoio da sociedade e buscar os talentos que estão fora da instituição para que, juntos, possamos fazer diferença”, finalizou. (ASCOM/UFMA).