Eleição da FAMEM deve ser marcada por ausências e traições de prefeitos

A eleição da FAMEM que ocorre nesta quinta-feira (14), ficará marcada como uma das mais acirradas da história, independente do resultado. Dois grupos mediram forças de forma explicita: Erlânio Xavier com Weverton Rocha, ambos do PDT e do outro lado Fábio Gentil com Carlos Brandão, ambos do Republicanos. Os dois líderes políticos conversaram e tentaram convencer diversos prefeitos a aderir o seu projeto para o municipalismo, por isso é muito provável que ausências e “traições” ocorram.

Erlânio Xavier diz ter 130 votos e Fábio Gentil contabiliza 127, somados, os números acabam superando e muito, o total de municípios maranhenses.

Muitos prefeitos estão sendo assediados pelos dois grupos e em alguns casos, eles chegaram a prometer voto nos dois candidatos, tanto que são vários os gestores que constam como voto certo nas listas de Erlânio e Fábio.

Outros devem preferir não viajar para São Luís com o intuito de não participar da eleição e nem se indispor com qualquer um dos lados. Muitos afirmam que o debate para 2022 foi antecipado de forma prematura, por isso, preferem aguardar um pouco mais.

Os dois grupos tem oferecido transporte de avião, hospedagem e outras regalias. Dois prefeitos não vão votar por conta do diagnóstico da covid-19…

(Via Blog do Diego Emir)

Polícia realiza operação contra suspeitos de desviar bens públicos em prefeituras no MA

Dentre os investigados está o ex-prefeito de Morros, Sidrack Santos.

Ex-prefeito de Morros, Sidrack Santos é alvo de operação da Polícia Civil do Maranhão — Foto: Arquivo Pessoal

Na manhã desta quarta-feira (13), policiais da Delegacia de Rosário realizaram uma operação e cumpriram quatro mandados de busca e apreensão contra suspeitos de desviar bens públicos nas prefeituras de Morros, Axixá e Icatu.

Os policiais estiveram em quatro endereços, inclusive de ex-secretários municipais e o ex-prefeito de Morros, Sidrack Santos. Na ocasião, os policiais apreenderam documentos, bens e instrumentos.

Material que pertence às Prefeituras de Axixá, Morros e Icatu, mas teria sido desviado — Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com as investigações, que foi detectado o roubo e ocultação de bens municipais como: tratores, toneladas de brita, motores de rabeta, roçadeiras, caixas d’água, GPS, betoneiras, filmadoras, máquinas fotográficas, notebooks, pendrives, barcos e equipamentos de pesca, maquinário, materiais de construção, equipamentos eletrônicos, HDs, CPUs das Secretarias de Administração, Finanças e Setor de Compras. (G1-MA)