ELEIÇÕES PENALVA – Comício no povoado Jacaré surpreende e confirma liderança de Edmilson Viegas na Região

No último domingo dia (08), foi realizado no povoado jacaré o primeiro comício da coligação “Por uma Penalva de Respeito”, que tem como candidato a prefeito Edmilson Viegas (PDT) e como vice o Prof. Amarildo Siqueira (PCdoB). Também marcaram presença os candidatos a vereadores, assessores e lideranças políticas.

O evento teve início às 17:30 horas, com uma grande passeata. De acordo com a organização, uma multidão de aproximadamente 5 mil pessoas percorreu com alegria e entusiasmo, as principais ruas e avenidas do povoado, chegando ao local do comício por volta das 18:30 horas. Segundo os moradores locais, esta foi a maior passeata já realizada na região.

A ameaça de chuva também fez parte do apimentado e fecundo comício, que ainda teve um incidente, segundo informações, provocado por pessoas ligadas ao grupo do prefeito da cidade, uma tentativa frustrada de interromper o comício. Devido aos relâmpagos e à ameaça de chuva, aconteceu um rápido apagão de energia. Para surpresa de muitos o povão permaneceu no local, animado e ainda mais energizado.

Os candidatos a vereador foram os primeiros a se pronunciarem e com determinação mostraram seus projetos e propostas ao público presente.

 Já o candidato a vice, Prof. Amarildo começou mostrando as principais propostas e projetos que fazem parte do plano de governo da coligação. Denunciou o atual gestor pela desativação de mais de dez escolas na zona rural. “Isso é descaso com a nossa população mais carente. Esse povo precisa de mais escolas de qualidade e com professores qualificados. O prefeito quer tirar o direito do povo da zona rural a ter uma educação básica de qualidade. Vamos reconstruir todas as escolas que esse prefeito destruiu”, diz o professor.

 Ele refutou ainda, a declaração preconceituosa do prefeito com o trabalhador rural. “Trabalhar na roça não é desonra pra ninguém. Muito pelo contrário é motivo de orgulho para muita gente, inclusive para mim, que já trabalhei em roça, cortei juquira, fiz cofo, mençaba, entre outras coisas. Precisamos mudar a direção da nossa cidade e o momento é este, votando no 12”, esclarece Amarildo.

 Em seguida, a ex-primeira dama Rosângela Viegas mostrou toda sua capacidade de persuasão ao conclamar as mulheres para assumirem a posição de protagonistas nesta eleição. “Estamos numa batalha, e precisamos nos unir em torno deste projeto, que vai tirar Penalva do atraso e das mãos deste grupo nefasto para nosso Município. Eu, na prefeitura, serei a representante das mulheres penalvenses no governo, onde a qualquer momento estarei lá, para recebê-las e acolhê-las em todos os momentos. Hoje vocês estão órfãs, mas, com a nossa vitória, a partir do dia primeiro de janeiro, vocês terão de volta a sua amiga à sua disposição, na prefeitura”, conclui.

O candidato a prefeito Edmilson Viegas iniciou seu discurso agradecendo a presença maciça da população jacareense e região ao evento. Em seguida o candidato apresentou várias propostas de governo, entre elas, o asfaltamento da estrada que liga o a sede de Penalva ao povoado Jacaré, e também resolver definitivamente o problema da falta de água na região, uma reivindicação antiga da população local. “Temos a garantia do deputado federal Juscelino Filho, que de Brasília, mandará o dinheiro necessário para construir todas essas importantes obras, assim como aconteceu com a construção do posto de saúde, no povoado Ouro”, acrescentou.

Em palanque, Edmilson também mostrou preocupação com os jovens penalvenses. “A falta de oportunidade de trabalho está levando a nossa juventude para o mundo das drogas e da promiscuidade. Para ajudar a solucionar esse podemos faremos uma parceria com o Sebrae, um órgão que nos dará suporte técnico na área de cursos profissionalizantes, capacitação empresarial, entre outras. Dessa forma, formaremos vários profissionais na nossa própria cidade”, disse.

 Edmilson também combateu a fala do seu oponente Ronildo Campos, quando o mesmo, em palanque, dirigiu palavras preconceituosas e ofensivas ao trabalhador rural. “Sou filho do saudoso Inocêncio Reis, primeiro presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Penalva. O trabalho de roça me fez compreender melhor as dificuldades do nosso povo. Discriminar o trabalho e ofender o trabalhador da roça é uma atitude infeliz de quem não se identifica com nossa gente. Vamos vencer a eleição e lutar para que os nossos trabalhadores da roça vivam com mais dignidade. Para tanto, o nosso governo dará todo apoio necessário ao trabalhador rural, através de capacitação e assistência técnica”, finaliza.

Por Marinildo Serejo