Viana – PERDEU, PAPUDO! Justiça manda retirar pesquisa falsa de Magrado e aplica multa de R$ 53 mil

Perfil em questão divulgava pesquisa falsa sobre os candidatos a prefeito do município, a favor do candidato Magrado Barros (DEM) sem o devido registro oficial ou metodologia. Uma ação movida pela Coligação “A Mudança é Agora (PL, PC do B, Patriota, PT e PSB) pediu a retirada do conteúdo, o que foi atendido pela Justiça.

A juíza eleitoral da 20ª Zona Eleitoral de Viana, Carolina de Sousa Castro determinou, na quinta-feira, a remoção de publicação sobre pesquisa eleitoral fraudulenta de um perfil particular e aplicou ao responsável o pagamento de multa no valor de R$53.205,00 (cinquenta e três mil, duzentos e cinco reais).

Diz a decisão da juíza:  “Trata-se de Representação proposta pela Coligação “A Mudança é Agora” em face de DANIEL JOBERT MORAIS BARROS, na qual sustenta a divulgação realização de pesquisa eleitoral, sem a observância de disposições legais. Discorre que o representado divulgou em grupos de aplicativo de mensagens (whatsapp) e em seus perfis de rede social (instagram @machonovo) pesquisa eleitoral, com a intenção de votos nos candidatos a prefeito do município de Viana/MA, sem a realização de registro perante a Justiça Eleitoral. Em sua petição inicial, coloca fotos, com a divulgação da pesquisa eleitoral, em redes sociais, no perfil do representado. Requer, liminarmente, a imediata retirada das postagens e que o representado deixe de divulgar em seus perfis pessoais das redes sociais a pesquisa sem registro apontada. Requer, também, a notificação do Representado, para que, querendo, apresente defesa e a notificação do Ministério Público para representação relacionada à eventual prática do crime de pesquisa fraudulenta. No mérito, pleiteia a confirmação da liminar, impedindo definitivamente qualquer veiculação da pesquisa em questão, bem como, que seja aplicada multa no valor de R$53.205,00 (cinquenta e três mil, duzentos e cinco reais) a R$ 106.410,00 (cento e seis mil, quatrocentos e dez reais)”.

VEJA A DECISÃO JUDICIAL.

Vianense é eleito presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão

Passava das 0h desta quinta-feira, dia 5 de novembro, quando foi confirmada a eleição de George Ferreira, auxiliar judiciário do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) e natural de Viana, como novo presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão (Sindjus-MA). O resultado também confirmou o favoritísmo de George Ferreira, conforme este Blog havia anunciado, em publicação do dia 22 de outubro, mas o resultado foi apertado.

É a primeira vez que um auxiliar judiciário chega à frente do Sindjus-MA. Desde a criação da entidade, nos anos 90, ela sempre foi comandada por oficiais de justiça. Entre as carreiras do Poder Judiciário do Maranhão, além de auxiliares e oficiais de justiça também há técnicos, analistas e comissários.

A apuração ainda não terminou. Na manhã desta quinta, a Comissão Eleitoral divulgou o resultado parcial: Chapa 1 – 640 votos, Chapa 2 – 284 e a Chapa 3 – 690. Contudo, resta a apuração dos votos de apenas cinco das 117 comarcas: Cândido Mendes, Santa Quitéria, Cantanhede, Cururupu e Carolina. Ao todo, essas comarcas somam 28 votos possíveis, o que, matematicamente, confirma a eleição da Chapa 3 – Inovação pra garantir Direitos.

Após a confirmação da vitória, George Ferreira publicou agradecimentos nas suas redes sociais e reafirmou aos servidores da Justiça os compromissos anunciados e assumidos na campanha, principalmente, a busca pela aprovação do novo Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

Este Blog obteve informações privilegiadas de que na próxima semana, o vianense ilustre já irá reunir-se com o presidente  do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, para tratar do PCCV e de outros assuntos.