Videos: vianenses cobram da Secretaria de Segurança a elucidação da morte do professor Marcus Carvalho

Viana – Centenas de vianenses participaram neste sábado (4), de uma manifestação que cobra do Sistema Estadual de Segurança a elucidação do brutal assassinato do professor e agrônomo Marcus Vinícius Carvalho, o Marcus de Dulcídio.

Passados 15 dias do crime, as perguntas que não querem calar: quem matou e quem mandou matar Marcus Carvalho?

Os manifestantes, a pé, de moto e de carro, carregando faixas, saíram da Praça da Matriz, por volta da 17h; fizeram uma pequena parada em frente à escola estadual Nossa Senhora da Conceição – onde Marcus lecionava – e, em seguida seguiram até o Fórum de Viana, na Av. Luis Couto.

No local alguns amigos e familiares do professor pediram a palavra e puxaram o coro por justiça, entre eles o sindicalista Cleinaldo Bil e o médico Dr. Cidinho, irmão da vitima.

Os vianenses querem uma resposta!

 

Secretário Júlio César representa governador Flávio Dino e entrega 800 cestas básicas para territórios indígenas

Nesta sexta-feira (3), o Sistema SAF realizou a entrega de 800 cestas básicas à Diocese de Grajaú e que serão destinadas aos territórios indígenas da região.

Na ocasião, o secretário da SAF, Júlio César Mendonça, representando o governador  Flávio Dino, o bispo Dom Ruberval, o gestor Regional da Agerp de Presidente Dutra, Sebastião Wagner, e o cacique da Terra Indígena Morro Branco, Sebastião Guajajara, estiveram presentes, assim como irmãos da Diocese.

Na Terra Indígena Morro Branco, localizada em Grajaú,  as cestas irão para 306 famílias de 21 aldeias.

As cestas serão distribuídas pela Diocese de Grajaú, por meio da Pastoral Indiginista, para aldeias de Grajaú, Jenipapo dos Vieiras e Barra do Corda.

Esta ação visa ajudar famílias indígenas que se encontram em situação de vulnerabilidade social devido a pandemia.