Flávio Dino confirma: Magrado mentiu ao negar ter recebido mais de 5 milhões do Governo Federal

Foram exatos 5 milhões, 181 mil, 919 reais e 6 centavos recebidos pela Prefeitura de Viana, recursos devidamente comprovados na página de consulta do Fundo Nacional de Saúde, do Ministério da Saúde. As informações são públicas e incontestáveis. Somente para Atenção Básica, os cofres municipais receberam 2 milhões, 656 mil, 515 reais e 8 centavos. Para o coronavírus foram depositados 465 mil, 891 reais e 99 centavos.

A Atenção Básica é a “porta de entrada” dos usuários nos sistemas de saúde, o atendimento inicial dos primeiros sintomas, uma espécie de filtro capaz de organizar o fluxo dos serviços nas unidades de saúde, dos mais simples aos mais complexos. Ou seja, assim que o paciente começa a ter sinais de que pode vir a enfrentar uma internação em estado grave, é na Atenção Básica que ele recebe os atendimentos iniciais, que podem ser fundamentais no caso da Covid-19. 90% dos infectados que precisam ser entubados não sobrevivem.

Alvo de duras críticas pela demora em adotar medidas de prevenção à doença, o prefeito Magrado Barros (DEM) chegou a usar as redes sociais nesta quarta-feira (6) para blefar, publicamente, que “os recursos para o combate ao coronavírus ainda não estão disponíveis e tudo já realizado foi feito com recursos próprios”.

Muita gente tem utilizado a situação pandêmica para politizar. Nós não faremos isso. Quero união, mas acima de tudo respeito pela população. Deixemos as urnas de lado. Vamos unir forças e lutarmos juntos. Os recursos para combate ao Coronavírus ainda não estão disponíveis e tudo já realizado foi feito com recursos próprios. Quando esse recurso estiver disponível a população será a primeira a saber! Bom dia a todos!”, declarou Magrado.

Revolta popular

A ferramenta on-line do Fundo Nacional de Saúde foi criada justamente para a consulta de saldo de contas correntes. O recebimento do recurso para combater o coronavírus foi confirmado pelo governador Flávio Dino (PCdoB), em um pronunciamento cobrando seriedade dos prefeitos (VEJA O VÍDEO).

Magrado mente, descaradamente e tem sido violentamente criticado, mas sua equipe de comunicação tem excluído os comentários negativos. Em uma deles, a vianense Vivi Silva cobra: “cadê que procurou equipar o hospital da Vila Zizi senhor Magrado? Cadê o dinheiro destinado para a saúde? Para cuidar dos possíveis casos de Covid-19 aqui não tem respiradores nem água tem, imagina só o que vai ser desse povo? Isso é uma vergonha, tantas verbas destinadas para nosso município e não temos nem água de qualidade. Procure honrar os votos que te elegeram”

Ao contrário do que afirmou o prefeito, não se trata de “politizar” a situação. A gravidade da pandemia exige, sim, políticas públicas, aplicação correta dos recursos já enviados pelo Governo Federal e transparência. Mais de 5 milhões de reais para máscaras de pano e pintura para marcação de lugares na fila é um atentado à boa fé da população vianense.