Professora destaca atuação e qualidades de Carrinho Cidreira em artigo

                                            “Se você não tem uma visão para o futuro, então seu futuro é ameaçado de ser uma repetição do passado” (A.R.Bernard )                       

Desde janeiro de 2020, a crescente disseminação do novo Coronavírus transformou-se em um dos maiores desafios da humanidade, monopolizando as atenções de todos em meio à contagem crescente de contaminados e mortos , o que tem provocado mudanças no cenário político, principalmente aos pretensos candidatos a prefeito que pressupõem uma campanha ainda mais virtual, centrada nas redes sociais e com pouco ou nenhum contato direto com os eleitores.                              

Apesar da crise do Covid-19 ter esfriado as articulações em torno da próxima eleição, alguns pré-candidatos têm aproveitado para se engajar sobre essa temática.               

O empresário vianense, Carlos Augusto Cidreira , que já assumiu as pastas de Secretário de  Educação e de Saúde com MAESTRIA, está engajado na discussão sobre o coronavírus sempre atribuindo orientações oportunas à população.             

Desde sempre muito atuante nas redes sociais, ele tem mantido publicações plausíveis em prol do povo vianense, com críticas à atual gestão, substancialmente, no campo da Saúde Pública.                     

Seu conteúdo é aprovado pelos seus seguidores, os quais clamam por uma gestão digna que venha corresponder às expectativas da sociedade, tirando VIANA DO ATRASO, DO CAOS EM QUE SE ENCONTRA.                               

Assim sendo, Carrinho Cidreira, tem mostrado um perfil de um postulante capaz de gerir o Município de Viana com compromisso, com seriedade, com liderança, com proatividade e demais características de um bom administrador.             

 EDEILDES MENDES – Professora Vianense

Luto: morre o ex-vereador Zé de Mário, um guerreiro da cultura popular de Viana

Morreu, vitima da covid-19, na madrugada deste domingo (24) aos 76 anos, o ex-vereador, desportista e folclorista José Bonifácio Costa Silva, o Zé de Mário. Segundo informações, ele sentiu-se mal em casa, em decorrência dos sintomas do vírus, foi levado para a cidade de Pinheiro – por falta de leitos de UTI em Viana-, mas não resistiu.

Por ser cidadão muito conhecido, principalmente no meio cultural, a morte de Zé de Mário causou comoção na cidade, onde cultivava uma legião de amigos e admiradores.

O ex-vereador surgiu no cenário político vianense na década de 80, exercendo mandato de 1988 a 1992, na gestão do ex-prefeito Djalma Campos (falecido).

Em contato com o Blog Vianensidades, o advogado e ex-vereador José Santos – primo e contemporâneo – consternado, manifestou os votos de profundo pesar à família do ex-vereador Zé de Mário. E classificou o seu legado como de grande valor histórico e cultural para a Cidade dos Lagos.

Além das qualidades como cidadão e ser humano, Santos destacou momentos das atividades culturais e políticas de Zé de Mário em Viana: foi vereador; secretário de cultura do município; amante do carnaval foi um dos fundadores do bloco Gaviões do Samba, em parceria com Edivaldo Rocha (falecido); presidente do Clube Jaguarema; apoiador de Associações Espíritas Vianenses; grande colaborador das festanças juninas e religiosas, entre elas o Baile de São Gonçalo, Tambor de Mina, Tambor de Crioula, entre outras; fundador da Colônia de Pescadores, onde comandou uma dança sertaneja, formada por ele e amigos, entre eles, Zé Santos, Inaldo, Zé Buiuta, Nonato de Palestra e filhos de pescadores; contribuiu com Associação Beneficente São Benedito da Barreirinha, auxiliando na construção de casas para várias famílias.

“Sempre que chegava o mês de maio, Zé de Mário era um dos primeiros a se manifestar, patrocinando ensaios de Bumba-meu-Boi, entre outras brincadeiras, sempre com o objetivo de preservar a cultura popular vianense”, afirmou Zé Santos.

Zé Santos, Zé de Mário e a esposa Mariene

Na área esportiva, fundou o time Portuguesinha da Ronqueirada; foi fundador e centroavante titular do Ypiranga Futebol Clube, titular da seleção de Viana no Intermunicipal de 65 contra a seleção Vitória do Mearim, no lendário jogo disputado em dois dias, por conta das chuvas.

Segundo o empresário e ex-prefeito Marcone Veloso, Zé de Mário “Era uma figura humana ímpar. Muito respeitado por todos; tranquilo, quieto, não era de falar muito. Hoje recebi essa notícia, e apesar de saber que se encontrava em estado delicado no hospital. Fiquei triste com a perda do amigo. Um político que deu sua parcela de contribuição ao nosso município, além de um homem ligado a cultura da nossa gente. Tinha um vasto conhecimento cultural de Viana e muitos não sabiam disso! Que Deus o acolha em seu seio e conforte toda sua família e amigos,” asseverou.

Zé de Mário Era casado com Mariene Veloso. Deixa os filhos Mário Leonardo, Silvia, Dayse, Elenise, Marise e Mayse.

O Blog Vianensidades se solidaria com a família de Zé de Mário, neste momento de luto e dor, e rende homenagens um dos baluartes da cultura popular vianense.

Eleição com confraternização. Senado e Câmara fecham acordo: eleição será dia 6 de dezembro

As lideranças partidárias do Senado e da Câmara entraram em acordo e irão votar em plenário o adiamento das eleições municipais deste ano para o dia 6 de dezembro. Nas cidades onde houver segundo turno, a data é 20 de dezembro.

O consenso foi em torno da proposta do senador Randolfe Rodrigues em consonância com outros parlamentares. “Como se trata de emenda constitucional, ficou decidido que a votação do acordo não será virtual, mas presencial”, revela o deputado federal Paes Landim.

A eleição presencial será em junho, pois o deputado revelou ao blog que as sessões voltam ao plenário no próximo mês. Na Alepi do Piauí, as sessões também voltam em junho, dia 1.

Com a alteração da data das eleições, os deputados Fábio Abreu (PL) e Fábio Novo (PT) também poderão adiar seus retornos à Câmara e Assembleia, respectivamente, para o mês de agosto. Se a data se mantivesse em 4 de outubro, eles teriam de voltar dia 1 de junho. Ambos são pré-candidatos a prefeito de Teresina.

Por parte do grupo do prefeito Firmino Filho (PSDB), o secretário municipal de Educação, Kléber Montezuma, também pode transferir sua saída da pasta para agosto. Além disso, o vereador Samuel Silveira (PSDB) pode disputar a reeleição. Ele havia desistido da disputa para permanecer na Semcaspi, mas nos bastidores se comenta que Samuel se arrependeu de não ter se desincompatibilizado.

“A proposta de transferência para 6 de dezembro deve passar sem problema”, avalia Landim.

Portal de Notícias

Auxílio só será depositado em contas fora da Caixa a partir do dia 30

Até lá, beneficiário poderá movimentar contas digitais

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, fala à imprensa no Palácio do Planalto,sobre o o pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial

A segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) só será depositada em contas fora da Caixa Econômica Federal a partir do dia 30, disse há pouco o presidente do banco, Pedro Guimarães. Segundo ele, os beneficiários receberão o dinheiro automaticamente na conta corrente fora da Caixa no período de 30 de maio a 13 de junho, conforme o mesmo cronograma de saque em espécie do segundo lote.

Guimarães explicou que, de hoje (20) até o dia 26, o auxílio está sendo depositado nas contas de poupança digital da Caixa de acordo com o mês de nascimento do beneficiário. Até o dia 29, o dinheiro poderá ser movimentado exclusivamente por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de boletos bancários, contas domésticas (água, luz, telefone e gás) e de compras em estabelecimentos parceiros.

“Foi definido que houvesse uma oferta de contas digitais para que, antes do saque, as pessoas pudessem pagar contas e fazer compras pela internet. Todos podem ficar tranquilos que, no dia em que for realizado o saque para os 3 milhões de brasileiros que não têm conta na Caixa, todo o dinheiro que está na conta digital será transferido para a sua conta”, declarou.

O presidente da Caixa deu um exemplo. Um beneficiário com conta no Banco do Brasil nascido em fevereiro vai poder sacar o dinheiro [da segunda parcela] a partir de 1º de junho. Se ele não tiver feito nenhuma movimentação na conta digital, receberá os R$ 600 integralmente na conta. Caso tenha pagado alguma conta ou comprado pelo aplicativo Caixa Tem, receberá o saldo remanescente.

Balanço acumulado

Até as 14h de hoje, a Caixa pagou o auxílio emergencial a 51,6 milhões de brasileiros, num total de R$ 44,3 bilhões. O número inclui tanto a primeira como a segunda parcela. Se for considerada apenas a primeira parcela, 10,7 milhões de pessoas receberam R$ 7,7 bilhões.

Segundo Guimarães, a Caixa terminará o mês tendo pagado o auxílio a 59 milhões de brasileiros. Isso porque, de hoje até 29 de maio, um grupo de 8,3 milhões de pessoas que tiveram o benefício liberado recentemente estão sacando a primeira parcela, conforme o mês de nascimento.

Na última sexta-feira (15), a Dataprev, estatal de tecnologia que analisa os pedidos de auxílio emergencial, liberou o benefício a esse contingente.

Suspensão de contratos

A Caixa também apresentou um balanço do Benefício Emergencial (BEm), pago a trabalhadores com contrato suspenso ou jornada reduzida durante a pandemia do novo coronavírus. De 4 de maio até as 14h de hoje, o banco pagou R$ 1,9 bilhão a 2 milhões de trabalhadores.

Do valor pago, R$ 1,2 bilhão foram depositados em contas de correntistas da Caixa Econômica Federal, R$ 688 milhões, creditados em contas poupança digitais e R$ 32,2 milhões foram pagos por meio do Cartão do Cidadão.

(Agência Brasil)

Em entrevista à Maracu, Magrado declara que comprou litro álcool em gel por “62, 65 reais porque o quantitativo foi pouco”

“Temos que ser justos e transparentes. E temos que ter muito pé no chão”, afirmou o procurador geral do município de Viana, em entrevista nesta sexta (22), ao lado do prefeito Magrado Barros. Transparência nunca foi exatamente o forte da Administração Magrado Barros. O próprio secretário chefe da Casa Civil do Governo Flávio Dino, Marcelo Tavares, chegou a confirmar aos ouvintes da rádio Maracu AM que os municípios maranhenses também já receberam recursos e que as informações, como é de conhecimento público, constam no Portal da Transparência do Governo Federal.

Nos últimos dias, a população de Viana tomou conhecimento, por meio deste blog, do superfaturamento de compras para o hospital municipal, feitas pela Prefeitura Municipal, sem licitação, que traziam como valor unitário para um litro de álcool em gel, 64 reais e máscaras, sem especificação, por 25 reais a unidade. A denúncia dos preços exorbitantes, que revoltou a população, foi “justificada” pelo prefeito Magrado na rádio sob alegação de que foi uma pequena quantidade adquirida.

“Foi um quantitativo muito pouco. Tem uns maldosos que ficam batendo nos detalhes. O município comprou por 62, 65, eu nem me lembro”, tentou explicar, sendo interrompido pelo apresentador da rádio, Jeorge Duarte, que se apressava em ajudar o prefeito a se justificar.

Viana não tem problema de saúde financeira. Foram mais de 5 milhões de reais e mais de 500 mil reais somente para ações de combate ao coronavírus sem que o município instalasse uma única UTI ou adquirisse testes para a população. Mas, há quase quatro anos, uma doença da pior espécie está provocando a mortes de dezenas de vianenses: a falta de seriedade e a má gestão dos recursos públicos.

Covid-19: eleição municipal pode ser dividida em 2 dias, diz ministro

Para reduzir aglomerações e a exposição de eleitores ao novo coronavírus, uma das hipóteses em discussão é que as eleições municipais deste ano tenham dois dias de votação, disse hoje (22), em Brasília, o ministro Luís Roberto Barroso, que assume a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima semana.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, faz saudação ao ex-presidente do STF, Sepúlveda Pertence, homenageado com a Medalha Teixeira de Freitas do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB)

Para isso, seria preciso um gasto adicional de R$ 180 milhões, que é o custo estimado pelo TSE de um dia adicional de eleição. Diante do quadro de crise fiscal, porém, outra possibilidade seria expandir o horário de votação, para que dure 12 horas, o que teria um custo menor.

“Em vez de irmos até as 17h, irmos talvez até as 20h, e começar às 8h. Portanto, iríamos de 8h às 20h, 12 horas de votação. Esta é uma ideia, é uma possibilidade. Essa não depende de lei, podemos nós mesmos regulamentar no TSE”, disse o ministro, durante uma live promovida pelo jornal Valor Econômico.

Votação pode ser por faixa etária

A Justiça Eleitoral estuda ainda fazer a votação dividida por faixa etária, nos diferentes turnos do dia de votação. Para isso, é preciso “ouvir sanitaristas [para saber] se colocaríamos os mais idosos votando mais cedo, depois os mais jovens na hora do almoço. A gente tentar fazer uma divisão dessa natureza”, disse Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal – STF.

O ministro disse, ainda, que mantém diálogo constante com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre o eventual adiamento do calendário eleitoral. Para a alteração do calendário, é necessária que o Congresso aprove uma proposta de emenda constitucional (PEC).

A definição sobre o adiamento das eleições depende ainda da trajetória da curva de contaminação do novo coronavírus, afirmou Barroso. “Em meados de junho será o momento de se bater o martelo”, finalizou ele. (Agência Brasil).