Bloco de Ofertas do BEBECO Supermercados

 

Viana – O BEBECO Supermercados –  O Filho do Rei – já colocou o seu Bloco de Ofertas nas ruas de Viana e em Penalva. São centenas de produtos, entre bebidas, higiene, limpeza e acessórios para os foliões aproveitarem a folia com economia. Confira algumas ofertas e não peca tempo. A promoção é só ate o dia 25 de fevereiro.

Divulgação

Folia na Cidade dos Lagos

Viana – Quem for viajar para Viana, na Baixada Maranhense, neste feriadão de carnaval, seja pra visitar os familiares, os amigos ou cair na folia, vai encontrar, além das belezas naturais, excelentes opções de brincar com tranquilidade e segurança, ao som das antigas marchinhas que marcaram época.

BAILE DO CONFETE E SERPENTINA

Divulgação

O mais charmoso da Baixada, realizado no sábado de carnaval (22), no sítio Suely Veloso, na MA-014, entrada de Viana. O evento acontece em um ambiente acolhedor, com decoração temática, chope gelado, buffet de frutas tropicais, amplo estacionamento e segurança. Um baile pra toda a família se divertir. Confira o vídeo abaixo:

 

FEIJOADA LIGHT DO CHICO SERRA

O “boa praça” Chico Serra recebe os vianenses no acolhedor Solar das Flores, com vista para o majestoso lago de Viana. Além da deliciosa feijoada light, os foliões vão se divertir ao som da Orquestra “Rabo Seco Venenosa”, tocando todos os ritmos do carnaval, pra ninguém ficar parado. O evento acontece na segunda-feira de carnaval, a partir da 12 horas.

CARNAVIANA

Divulgação

Já é tradição! Todos os anos a numerosa família Cutrim – com muitos músicos em entre seus membros – , recebe os foliões no espaço Cantinho do Gegê, esquina com a escola Nossa Senhora da Conceição, com muitas marchinhas de carnaval e chope gelado. Os brincantes podem adquirir a camisa no local e garantir a diversão, durante todo o período carnavalesco.

Magrado comete erros em discurso para os profissionais da Educação

O prefeito de Viana, Magrado Barros (DEM), deixou por algumas horas o discurso chulo de “macho velho”, repleto de expressões vulgares como “torcer o rabo da anta” e outras, para tentar encarnar a figura do bom gestor durante uma reunião realizada, esta semana, com os gestores da Educação, o Encontro Pedagógico 2020.

A tentativa foi um fiasco. De saída, Magrado errou ao afirmar: “quero dizer pra vocês que, na nossa campanha, nós tínhamos 28 metas. Já cumprimos mais de 60”. Como não se pode cumprir 60 metas de um total de 28, presume-se que ele esqueceu de acrescentar um improvável percentual ao número sessenta. O prefeito aproveitou a ocasião para anunciar, como um grande feito, o reajuste de 12,84% à classe: nenhum favor aos educadores já que a medida é obrigatória, prevista em lei. Viana, aliás, foi um dos últimos municípios do Maranhão a promover a correção salarial aos professores.

Outro grave equívoco cometido pelo chefe do Executivo municipal foi ter afirmado que as três creches estavam com obras paralisadas desde 2017 porque o CAUC do município “estava sujo”. O CAUC é o Cadastro Único de Convênios, um serviço auxiliar que disponibiliza informações, de forma resumida, sobre a situação de cumprimento de requisitos fiscais por parte dos municípios, necessários à celebração de instrumentos para transferência de recursos do governo federal. Estar inadimplente não impede a construção de creches, já que os repasses aos municípios são obrigatórios e constitucionais nos setores da Educação, Saúde e Assistência Social.

Obra federal: Creche do bairro Vinagre, abandonada pela gestão de Magrado Barros

A educação pública do município vai muito bem. Não há “bondade” alguma no reajuste de 12, 84% nos salários dos profissionais da Educação. Uma rápida consulta ao Portal da Transparência do Governo Federal mostra que, somente em 2019, Viana recebeu de recursos do Fundeb, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, de janeiro a dezembro, a quantia de 22 milhões, 789 mil, 485 reais. Muito dinheiro, muito gogó para pouca coisa realizada.

Municípios recebem segunda parcela do FPM nesta quinta-feira

O repasse do 2º decêndio de fevereiro será 64,66% maior do que a estimativa da própria STN divulgada anteriormente.

Arquivo Google

O repasse do 2º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para o mês de fevereiro será de mais de R$ 785 milhões. Isso sem se levar em consideração a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), quando somada a receita será de mais de R$ 982 milhões. O valor chegará aos cofres municipais na próxima quinta-feira, 20 de fevereiro.

 Pelos cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o repasse do 2º decêndio de fevereiro será 64,66% maior do que a estimativa da própria STN divulgada anteriormente. Dessa forma, o valor ao ser comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou crescimento de 36,15% em termos nominais (valores sem considerar os efeitos da inflação).

 Já o acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve crescimento de 22,44%. Mas quando o valor do repasse é deflacionado, levando-se em conta a inflação do período, comparado ao mesmo período do ano anterior, o crescimento é de 31,23%.

 A CNM explica que no 2º decêndio, a base de cálculo é dos dias 01 a 10 do mês corrente. Esse decêndio geralmente é o menor do mês e representa em torno de 20% do valor esperado para o mês inteiro.

 Ainda pelos cálculos da CNM, a soma do 1º e 2º decêndio mostra que o fundo está em crescimento de 18,02% dentro do mês, se comparado ao mesmo período de 2018, levando-se em conta a inflação do período.

 Entenda o FPM

O ano de 2020 começou com informações que exigem atenção dos atuais gestores municipais com relação às variações de receitas, no caso do FPM inicialmente com perspectiva de queda da transferência. Mas essa perspectiva já sofreu alteração de cenário pelo bom desempenho que o repasse do fundo do mês de fevereiro vem apresentando, recuperando as perdas do repasse do mês de janeiro.

 Confira o valor que será creditado para seu Município

“Não se justifica, esse aumento de passagem com péssimo serviço”, critica Cézar Bombeiro

O recente reajuste da tarifa do transporte público de São Luís tem gerado várias reações contrárias, esta semana. Além das reclamações de usuários, principalmente, através das redes sociais e de manifestações e protestos organizadas por movimentos populares, o vereador Cézar Bombeiro (PSD) se pronunciou sobre a questão, na tribuna da Câmara Municipal de São Luís, na manhã desta terça-feira (18).

“Sabemos que, todos os anos, há aumento de passagem e isso acontece em decorrência de diversos fatores, desde o aumento no preço da gasolina, à manutenção dos ônibus. Mas, o que acontece em São Luís, é que temos uma passagem de transporte coletivo já muito cara, comparada com a realidade da nossa população. Nada justifica esse aumento de passagem, com o péssimo serviço que essas empresas prestam”, frisou Cézar Bombeiro.

“Temos um sistema de transporte coletivo caótico”, ressaltou o vereador, acrescentando que, embora aleguem que os serviços não estão sendo rentáveis como o esperado, as empresas não abrem mão de prestá-lo.

“Para piorar a situação, os créditos antigos terão validade. Como, um dinheiro investido pelo cidadão, pode ter prazo e expirar? Isso é um roubo!”, advertiu Bombeiro.

Condicionantes

Segundo o parlamentar, não há condicionantes de melhoria do serviço para ter tal aumento. “São Luís é a única cidade em que esses empresários alegam prejuízo e a prefeitura, muito boazinha, muito solícita, resolve dar o aumento”, criticou o parlamentar.

Sem debates

O vereador apontou, ainda, o fato de o reajuste acontecer em período de férias estudantis e na semana que antecede o Carnaval, o que acaba enfraquecendo os debates. “Aumentaram a tarifa em fevereiro, período de férias estudantis e às vésperas de Carnaval, um momento em que a população não está tão atenta a essas manobras empresariais e políticas. Lamentável! São Luís tem um péssimo serviço de transporte coletivo”, assinalou Cézar Bombeiro.

Reajuste

O valor da passagem saltou de R$ 3,40 para R$ 3,70 e as linhas não integradas, para R$ 3,20. O reajuste foi proposto pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), justificando a necessidade de manutenção do equilíbrio do sistema, que opera o serviço de transporte coletivo de São Luís, sendo sancionado pelo Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Além disso, as recargas feitas antes do reajuste, nos cartões estudantis, de Vale Transporte e Bilhete Único, terão validade até o dia 16 de março deste ano.

O aumento foi anunciado na última sexta-feira (14), passando a valer a partir desse domingo (16). (Fonte: camaraslz.br)

Bolsonaro insulta jornalista da Folha com insinuação sexual

Na semana passada, Hans River do Nascimento disse que repórter da ‘Folha de S.Paulo’ ofereceu sexo em troca de informação. Presidente afirmou nesta terça que ‘ela queria dar um furo a qualquer preço’. Associações de Jornais e Revistas afirmam que presidente tenta desqualificar o livre exercício do jornalismo.

Por G1 — Brasília

O presidente da República, Jair Bolsonaro, ofendeu a repórter da “Folha de S. Paulo” Patrícia Campos Mello nesta terça-feira (18). Com insinuações sexuais, o presidente questionou a atuação da jornalista em apurações sobre o disparo em massa de mensagens.

A declaração foi feita na saída do Palácio do Alvorada e cita Hans River do Nascimento, ex-funcionário da empresa de marketing digital Yacows. Segundo reportagem do jornal “Folha de S.Paulo”, a empresa teria participado de esquema de disparo de mensagens por meio da rede social durante as eleições.

Na semana passada, Hans River prestou esclarecimentos à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito do Congresso Nacional que apura a disseminação de conteúdo falso na internet, a CPMI das Fake News.

Leia o que Bolsonaro disse nesta terça-feira:

“Olha, a jornalista da Folha, tem mais um vídeo dela aí. Eu não vou falar aqui porque tem senhora do meu lado. Ela falando eu sou a ‘tatata’ do PT. Tá certo? E o depoimento do Hans River, foi no final de 2018 para o Ministério Público, ele diz do assédio da jornalista em cima dele. Ela queria um furo. Ela queria dar um furo [pausa, pessoas riem] a qualquer preço contra mim. Lá em 2018, ele já dizia que eles chegavam perguntando ‘o Bolsonaro pagou para você divulgar informações por Whatsapp?”

Sobre as ofensas proferidas, a “Folha de S.Paulo” divulgou a seguinte nota:

“O presidente da República agride a repórter Patrícia Campos Mello e todo o jornalismo profissional com a sua atitude. Vilipendia também a dignidade, a honra e o decoro que a lei exige do exercício da Presidência”.

No início da tarde, ao deixar o Palácio da Alvorada após uma reunião com ministros, Bolsonaro voltou a tocar no assunto, mas ressalvou que não queria “conversa”.

Continue lendo.

Cleinaldo Bil se filia ao Podemos e com Eduardo Braide instalará diretório municipal de Viana

O conceituado sindicalista Cleinaldo Bil vai se filiar ao Podemos, atendendo convite do deputado federal Eduardo Braide,  candidato a prefeito de São Luís e com ampla vantagem para vencer o pleito por preferência da população de São Luís. 

Cleinaldo Bil é dirigente do SINTSEP, que está entre os poucos sindicatos de trabalhadores do serviço público, que nunca se curvou ao controle do poder público, e que sempre se posiciona em defesa dos direitos dos servidores públicos.

A solenidade de filiação de Cleinaldo Bil ao Podemos está marcada para o dia 07 de março, em solenidade marcada para a cidade de Viana, ocasião em que será instalado o diretório municipal da agremiação partidária, com uma grande participação popular.

(Via Blog do Aldir Dantas)