“Carrinho, se prepare porque você vai ser prefeito de Viana”, diz deputado Marreca Filho

O deputado federal Júnior Marreca Filho (Patriota), de 27 anos, um dos mais jovens parlamentares do Brasil, fez um dos discursos mais aplaudidos durante o evento de lançamento da pré-candidatura de Carrinho Cideira (PL), à Prefeitura de Viana, no último sábado (30).

Filho do ex-prefeito de Itapecuru Mirim, Júnior Marreca, o deputado falou aos presentes sobre a política como a “arte de servir”, enfatizando que “político tem que servir”. Marreca mencionou as qualidades de Carrinho necessárias para que ele seja um dos melhores administradores que passarão pelo município e destacou o sentimento do grupo que apoia o ex-vice-prefeito de Viana ao cargo de prefeito: “nós estamos aqui porque acreditamos em você”.

“Você tem o a apoio popular e o apoio político. Você tem o povo e a classe política. Mas você tem o mais importante: você tem fé em Deus. Carrinho, se prepare porque você vai ser prefeito de Viana”, declarou o deputado estadual sob aplausos da multidão que compareceu ao lançamento, provocando congestionamento em uma das principais avenidas de Viana.

Fundeb: Mais da metade dos municípios do MA são investigados, confirma procurador

O procurador Juraci Guimarães Júnior confirmou em entrevista que mais da metade dos municípios maranhenses são investigados por supostas irregularidades na aplicação dos recursos do Fundeb.

“O que foi repassado pelo Ministério Público Federal e se tornou público em reportagens e redes sociais é que a principal fonte de desvio de recursos públicos federais no Maranhão é o Fundeb.  E que, mais da metade dos municípios maranhenses, é objeto de investigação por alguma irregularidade referente ao Fundeb.  Se você pegar o sistema e colocar a palavra chave Fundeb, mais da metade dos municípios aparecem com inquérito policial, ação penal, ação de improbidade ou então tem ação de procedimento extrajudicial investigado pelo Ministério Público Federal.  Isso é fato correto, considerando um intervalo de tempo amplo. Agora, individualmente tem que fazer análise especifica para cada situação“, afirmou o procurador.

Segundo Juraci Guimarães, uma investigação não quer dizer que seja uma condenação a priori.

“Como hoje existem diversas formas de acesso ao Ministério Público, seja até por aplicativos, a toda hora chegam representações. Instalamos procedimentos quando existem fundamentos para fazê-lo.Vamos dar um exemplo: município x aparece nessa situação. Isso quer dizer que é o prefeito atual? Não. Pode ser um inquérito policial que investiga desvio de recursos do Fundeb em uma licitação irregular em 2016“, explicou. (Via Blog do John Cutrim)

Pré-lançamento da candidatura de Carrinho atrai multidão em momento histórico para Viana

O ex-vice-prefeito de Viana, Carrinho Cidreira, demonstrou no último sábado (30) porque tem sido apontado como favorito na disputa eleitoral do ano que vem. Uma multidão lotou o evento de lançamento da pré-candidatura do economista, que contou com a presença de vianenses da sede e da zona rural, crianças, jovens, adultos, pré-candidatos a vereador, além da comitiva do Partido Liberal (PL), formada pelos deputados estaduais, Vinícius Louro e Detinha, pelo deputado federal Marreca Filho, por prefeitos municipais e pelo presidente estadual do PL, deputado federal Josimar de Maranhãozinho.

Carrinho liderou evento histórico em Viana

Participaram também da solenidade, o presidente municipal do PCdoB e secretário estadual de Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, e o ex-prefeito de Viana, Chico Gomes. “Deus reuniu-nos para salvar a nossa Viana”, iniciou um discurso contundente, o ex-prefeito Chico Gomes, que afirmou ter quebrado um silêncio de três anos.

Gomes citou os benefícios de sua gestão, como escolas com ar-condicionado e o Residencial Frei Serafim. E destacou o protesto feito pelos feirantes da Barra do Sol, na semana passada, como nunca tinham feito “na história de Viana”. “A deputada de Viana pediu perdão ao povo por ter apoiado esse prefeito”, lembrou. E disse que está com Carrinho Cidreira para alegria de Viana.

Já o presidente do PCdoB em Viana e secretário de estado, Júlio César Mendonça, o Dr. Julinho, destacou a coragem do povo de Viana. “Faço uso da palavra com responsabilidade para dizer que Viana não se curva. Parabéns por essa festa maravilhosa e às pessoas que têm coragem de vir aqui porque Viana é coragem”, enfatizou.

Libertação de Viana”

A festa contou com a presença massiva de moradores da zona rural de Viana, mesmo com a Prefeitura Municipal de Viana tendo disponibilizado verba pública para a realização de torneios de futebol com música e comemoração em dez povoados do município, no mesmo dia do evento. O clima era de libertação, expressão usada pelo deputado estadual Vinícius Louro. “Esse é um momento ímpar, mágico: a libertação de Viana. É o povo querendo mudança. Carrinho, você nunca fugiu à luta, sempre presente, sempre ajudando o povo de Viana. E você vai ter a parceria do deputado Vinícius Louro”, declarou.

Bastante impressionado com a multidão presente em Viana, o deputado federal, Josimar de Maranhãozinho, líder do PL no estado, destacou qualidades de Carrinho como um “homem organizado”. “Esse que aí está, ainda hoje falando do que vai fazer, não fez nada em três anos”, criticou em alusão ao atual prefeito do município. “Viemos para mostrar a Viana que Carrinho não está só. Você não tem um partido, tem um grupo político, Carrinho. Quero deixar meu apoio incondicional não só para Carrinho, mas para a mudança que faremos em Viana”, concluiu.

Carrinho Cidreira iniciou sua palavras, afirmando que não tinha vindo para falar de ninguém, em referência ao prefeito Magrado Barros, citando indicadores negativos sobre a tragédia social de Viana, “a quarta cidade mais antiga do Maranhão”, criticando a falta de indústrias, de projetos e desenvolvimento, com uma fala de oposição qualificada que foca na gestão e no futuro da cidade. 

 

declarou. E citou o nome de dezenas de lideranças dos quase 200 povoados de Viana, um por um, demonstrando que conhece o município com a palma da mão. “Este é um evento cívico, que vai ficar na história de Viana”, completou, agradecendo a Deus por tudo.

Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso

Começa nesta segunda-feira (2) a Semana de Negociação e Orientação Financeira, que ocorrerá até sexta-feira (6) em todo o país.

Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais. A lista completa pode ser acessada no site Papo Reto, da Febraban.

A negociação ainda poderá ser feita nas demais agências desses bancos, localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições e pela plataforma consumidor.gov.br.

Segundo a Febraban, os bancos Votorantim e Safra também participam da iniciativa, somente por meio dos canais digitais.

Banrisul

O Banrisul informou que oferecerá desconto sobre o total da dívida e nos juros. Além do atendimento nas agências, o banco oferece o Portal de Solução de Dívidas, localizado em seu site, e por meio do aplicativo Banrisul Digital, na função Resolva Dívidas em Atraso. No site do Banrisul, o cliente tem acesso ainda a orientações financeiras na área Crédito Consciente.

Banco do Brasil

O BB dará descontos de até 92% na liquidação de dívidas e oferecerá prazos que podem chegar a 120 meses, além de até 180 dias de carência. O banco também oferecerá, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação. Além das agências, o banco também dá a opção de atendimento digital pelo Portal de Renegociação de Dívidas e pelo aplicativo do BB.

Bradesco

O Bradesco informou que participa do mutirão da dívida com prazos e taxas diferenciadas, de acordo com o perfil dos clientes. “O Bradesco vai participar da Semana da Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Febraban e o Banco Central, oferecendo prazos e taxas diferenciadas para a renegociação de dívidas. As condições serão estruturadas de acordo com o perfil de cada cliente. Vamos realizar intensiva comunicação com clientes potenciais. As Agências e canais de atendimento estarão preparadas para atender aos clientes com alçada para negociar eventuais sugestões de condições para a renegociação dos pagamentos”, disse em nota.

Caixa Econômica Federal

Segundo a Caixa, na renegociação do crédito comercial, os clientes podem quitar dívidas que estejam em atraso há mais de 1 ano, com até 90% de desconto para pagamento à vista, de acordo com as características da operação. Podem ainda unificar os contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer e efetuar a repactuação da dívida, com possibilidade de aumento do prazo.

As condições também englobam os contratos habitacionais. Uma das alternativas oferecidas compreende o pagamento de um valor de entrada e a incorporação do restante da dívida em atraso às demais prestações do contrato, permitindo que o cliente retome seu fluxo de pagamento mensal.

Para outro grupo de clientes, há possibilidade, após o pagamento da entrada, de fazer acordo para pagamento de uma prestação por mês na data de vencimento, durante três meses consecutivos. Após esse prazo, as demais prestações que ainda estiverem em atraso serão incorporadas ao saldo do contrato.

Para o cliente que tem saldo na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), outra opção é utilizar o recurso para reduzir a prestação em até 80% por 12 meses. Essa condição vale para clientes que apresentam até três parcelas do financiamento em atraso.

Segundo a Caixa, as condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação.

A renegociação também pode ser feita por meio do site www.negociardividas.caixa.gov.br, via telefone e WhatsApp 0800 726 8068, nos perfis do banco no Facebook e no Twitter, APP Cartões Caixa, nos caminhões Você no Azul e nas agências. Na habitação, os clientes contam ainda com a possibilidade de renegociar a dívida pelo serviço Habitação na Mão do Cliente, nos telefones 3004-1105 (capitais), opção 7, ou 0800 726 0505 (demais cidades).

Itaú Unibanco

O atendimento no Itaú Unibanco ocorrerá nas agências, pelo site, aplicativo e na central telefônica. Segundo o banco, o cliente vai encontrar taxas reduzidas, a partir de 1,99% – nesse caso, para débitos com mais de 90 dias de atraso –, e prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano; ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas; ou parcelamento, em até 60 meses do valor devido.

Santander

O Santander informou que a renegociação envolve descontos de até 90% no valor da dívida. Clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Já para acordos com atrasos acima de 60 dias, dependendo do caso, os descontos serão de até 90% no valor total da dívida.

As condições especiais serão válidas para as modalidades crédito pessoal, consignado, capital de giro, conta garantida, Santander Master, descontos de recebíveis e cartão de crédito nos canais de relacionamento do banco (aplicativo, central telefônica, portal de renegociação e agências). No período da campanha, o Santander também manterá algumas de suas agências abertas até as 20h para o atendimento, com orientação financeira aos clientes.

Dívidas com bancos

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas. O setor de comunicação foi responsável por 12% das pendências e as contas de água e luz, por 10%.

(Agência Brasil)