Procaf garante 2 toneladas de alimentos da agricultura familiar para famílias de Viana

Garantia de comercialização e segurança alimentar são a tônica do Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf), criado pelo Governo do Estado, por meio do Sistema da Agricultura Familiar (SAF, Agerp e Iterma). O Procaf visa a aquisição de produtos da agricultura familiar por dispensa de licitação, contribuindo com a geração de trabalho e renda de agricultores familiares do Maranhão.

O Governo está destinando R$ 2 milhões para compra da produção da agricultura familiar de 36 associações de trabalhadores rurais. Os produtos adquiridos são doados para instituições socioassistenciais, escolas, hospitais e creches.

Em Viana, nesta quinta-feira (14), foi realizada a primeira entrega dos alimentos ao Procaf. As associações dos povoados Cacoal, Capoeira e Centro do Antero forneceram mais de 2 toneladas de produtos, como peixe, mandioca, banana e folhosas.

Os produtos foram entregues ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município e doados a mais de 500 pessoas cadastradas no CadUnico pelo CRAS.

Dona Edileuza Garcia, do bairro Campo Novo disse que está cadastrada há três anos no CRAS e tem uma importância muito grande receber os alimentos. “Recebo verduras, legumes, frutas e outros alimentos que ajudam na alimentação de meus filhos,” contou.

De acordo com o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, programas de aquisição de alimentos, como o Procaf, são extremamente importantes na potencialização da produção. “O Procaf é uma garantia de que o que é produzido pelo agricultor vai gerar renda e melhoria de vida. Além de beneficiar os agricultores, o Programa ajudará pessoas em situação de vulnerabilidade social e alimentar”, pontuou o secretário.

A gestora da Agerp de Viana, Janaira Silva Sá, ressaltou que o Procaf vem somar junto ao Programa de Aquisição de Alimentos para oferecer ao agricultor mais um canal de comercialização. “O Procaf é mais um canal criado para beneficiar nossos agricultores e estimular a produção, já que garante a aquisição desses produtos. Em Viana temos três associações que estão cadastradas no Procaf, que irão fornecer produtos de qualidade a quem mais precisa,” concluiu.

Mais de uma tonelada de peixe foi fornecido pela comunidade quilombola Cacoal, como explica a presidente da Associação, Sandra Regina Muniz. “Temos 14 famílias de agricultores da Associação inseridas no Procaf e é uma satisfação enorme produzir e colocar na mesa de quem precisa uma alimentação saudável da agricultura familiar”, concluiu.