Secretário da SAF participa do lançamento da Agritec Barreirinhas

Nesta terça-feira (15), foi realizado o lançamento oficial da 19ª Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) dos territórios Munim, Lençóis e Delta, em Barreirinhas. O evento foi realizado no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Barreirinhas e reuniu representantes dos municípios que participarão da Agritec.

Para o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, que participou do lançamento, a 19ª Agritec será diferenciada, já que o território como um todo é diversificado em produção e cultura.

“A expectativa é muito grande. A região tem uma singularidade muito forte onde queremos aliar turismo rural, artesanato e gastronomia. A Agritec dos territórios Munim, Lençóis e Delta será uma grande feira e vai mobilizar toda a região para conhecer o que a agricultura familiar é capaz de produzir, gerar trabalho e renda ao Maranhão”, destacou o secretário.

De 2015 a 2019, foram realizadas 18 Agritecs em 18 municípios. A Feira, que é territorial, oportuniza a comercialização de alimentos produzidos por agricultores atendidos pelo Sistema SAF, exposição de artesanato e produtos de municípios dos territórios, além de exposição de pequenos animais e demonstração de tecnologias simples no espaço tecnológico.

A Agritec é uma realização do Governo do Estado, por meio do Sistema de Agricultura Familiar – o Sistema SAF é formado pela SAF, Agerp e Iterma – e conta com parceria da Prefeitura de Barreirinhas, Sebrae, Embrapa, Senar e movimentos sociais.

A Agritec de Barrerinhas será realizada do dia 6 ao dia 8 de novembro, no antigo aeroporto, é um evento voltado para a socialização de tecnologias para os agricultores familiares do Maranhão. A Feira tem o objetivo de contribuir com a melhoria da produção e renda dos pequenos produtores, além de movimentar a economia local e regional.

Polícia Federal cumpre mais de 60 mandados em operação no Maranhão

“Operação Intramuros” foi deflagrada nesta terça-feira para combater tráfico de drogas e armas no Maranhão. Policiais cumpriram mandados em São Luís, Imperatriz e Codó.

Polícia Federal em operação no Maranhão — Foto: Divulgação / Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou a “Operação Intramuros” na manhã desta terça-feira (15) para cumprir 32 mandados de prisão e outros 32 de busca e apreensão em São Luís, Imperatriz e Codó. O objetivo é desarticular um grupo criminoso com atuação no Maranhão no tráfico de drogas e armas, além de outros crimes relacionados as atividades criminosas do grupo.

Segundo a investigação da PF, as lideranças estão estão em presídios, mas conseguiam participar ativamente dos crimes, por isso, o nome da operação ser “Intramuros”. O saldo da operação vai ser apresentado em coletiva de imprensa, ainda pela manhã, na sede da Superintendência Regional da Polícia Federal, na Avenida Daniel de La Touche, em São Luís.

As ordens judiciais cumpridas na operação foram expedidas pelo juiz Ronaldo Maciel, titular da 1.ª Vara Criminal de São Luís. Os policiais federais do Maranhão contaram com o apoio de 150 agentes de Goiás, Distrito Federal, Bahia, Rio Grande Norte, Paraíba e Amapá.

Segundo a Polícia Federal, “os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de armas e organização criminosa”.

Polícia Federal em combate a tráfico de armas e drogas no Maranhão — Foto: Divulgação / Polícia Federal

(Por G1 Maranhão — São Luís, MA)