Viana recebeu mais de R$ 6 milhões em junho; vejam os repasses para outras cidades da Baixada Maranhense

A prefeitura de Viana, administrada pelo prefeito Magrado Barros (DEM), recebeu mais de 6 milhões de reais em junho deste ano. A informação faz parte de um levantamento mensal feito pelo Blog do em consulta aos extratos do Banco do Brasil.

Recursos foram divulgados pelo extrato do BB

Os municípios de São Bento e Penalva seguem na lista, com um pouco mais de 5 milhões recebidos pelo Governo Federal, cada uma das cidades, administradas pelos prefeitos Luizinho Barros e Ronildo Campos, respectivamente.

Destaque para São Vicente Ferrer, que, em relação ao mês de maio, as receitas caíram. Os municípios de Vitória do Mearim e Arari recebem já os recursos dos royalties da mineração e cada um deles, além de outros 21 municípios do Maranhão, recebem um pouco mais de 200 mil a mais por mês.

Os fundos que mais caíram dinheiro foi o Fundeb e o FPM e aqui está o valor bruto, ou seja, sem os descontos referentes a precatórios e dívidas da previdência. Vejam os números…

Viana R$ 6.134.500,07 C

São Bento R$ 5.429.072,45 C

Penalva R$ 5.013.246,99 C

Vitória do Mearim R$ 4.183.906,45 C

Arari R$ 3.817.150,26 C

Matinha R$ 3.246.709,52 C

São João Batista R$ 3.030.766,93 C

Cajari R$ 2.963.483,42 C

São Vicente Ferrer R$ 2.855.140,43 C

Olinda Nova do Maranhão R$ 2.256.198,14 C

Cajapió R$ 1.770.388,72 C

(Com informações do Blog do Jailson Mendes)

Homem é preso suspeito de armazenar conteúdo pornográfico infantil em São Luís

Dean Wilian Costa Nogueira, de 25 anos, foi preso e autuado em flagrante na noite de sábado (29); Vídeos com conteúdo pornográfico infantil foram encontrados no aparelho celular dele.

Dean Wilian Costa Nogueira, de 25 anos, foi preso e autuado em flagrante na noite de sábado (29) no bairro Cidade Operária — Foto: Reprodução/ TV Mirante

Um homem identificado como Dean Wilian Costa Nogueira, de 25 anos, foi preso e autuado em flagrante na noite de sábado (29) no bairro Cidade Operária, em São Luís. Segundo a polícia, no celular dele foram encontrados vídeos com conteúdo pornográfico infantil.

De acordo com a namorada de Dean, ele negociava financeiramente os vídeos. A delegada Lissandra Levy apreendeu o aparelho celular para apurar a prática de outros delitos relacionados à pedofilia pela internet.

Ainda segundo a polícia, após ser confirmada a distribuição e comercialização dos vídeos e outros materiais de pornografia infantil, a situação penal de Dean se agrava porque as condutas se enquadram em outros tipos penais previstos na lei. (G1-MA)