Presos quatro suspeitos de envolvimento no assassinato de vaqueiro em Viana

As Policias Civil e Militar prenderam, na tarde de domingo (19), quatro suspeitos de envolvimento no assassinato do vaqueiro Augusto Belfort, conhecido como ‘Gudinho’, de 63 anos.

A operação foi deflagrada para cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão domiciliar, e com o objetivo de prender integrantes de uma organização criminosa especializada no furto de gado e suspeitos de envolvimento na morte do vaqueiro.

Os presos foram identificados como:

– Junior Sousa Pinheiro, conhecido como “Júnior de Batata”;

– Willian de Jesus Pinheiro Penha, conhecido como “Barbudinho”;

– Nilton Cesar dos Santos Frazão, conhecido como “Bojico”; e

– Sebastião Jorge Nogueira Amaral Frazão, conhecido como “Jorge de Bojico”.

Com eles, foram apreendidos uma espingarda “bate bucha” e uma motocicleta Honda Bros, sem placa.

Os presos foram conduzidos e apresentados na Delegacia Regional de Viana para que fossem adotadas as medidas cabíveis.

O assassinato do vaqueiro

O vaqueiro Augusto Belfort, conhecido como “Gudinho”, foi encontrado morto no dia 05 de fevereiro deste ano, 24 horas depois de sair da sede da Fazenda Pantanal, às margens da MA-014, em Viana, onde trabalhava.

Segundo informações da Polícia Civil, o exame cadavérico apontou que o vaqueiro foi encontrado com uma perfuração de arma de fogo, reforçando a tese de assassinato.

(Com informações do Blog do Jailson Mendes)