Peixadas – notas rápidas

Do Pão e Circo…

Não se fala outra coisa em Viana. Macho Velho já disse e provou que é o melhor prefeito do mundo pra fazer festa. Isso mesmo! Pão e Circo para o povo, gastando a pólvora alheia, ou seja, o meu, o seu, o nosso dinheiro dos impostos, que deveria ser usado para tapar os milhares de buracos da Cidade dos Lagos, conservar as estradas vicinais, preservar as nossas poucas e combalidas praças, ou revitalizar o Parque Dilú Melo, que está um lixo, literalmente falando de imundices e do som automotivo que afasta e irrita os visitantes da nossa única área de lazer e convivência.

…ao Pão com Ovo!

E, para acabar de lascar, Macho Velho também se apegou à trupe do Pão com Ovo, de São Luís, apresentado pela gestão anterior à plateia vianense. Quer dizer, gostam de copiar quase tudo: falta-lhes ideias, plano de governo e vontade de trabalhar! Sobre o circo, é notório que uma população sem políticas públicas de lazer, esporte, cultura ou outros afazeres, vai todo o rebanho na mesma direção do riso fácil e grátis. Porém, uma pesquisa a qual o gestor já teve conhecimento, indica que quase 80% dos vianenses rejeitam esse mandato: sem obras, sem ações e sem esperança nenhuma!

Pelo beiço!

Macho Velho, depois que a luz amarela acendeu no casarão azul, na Praça Ozimo de Carvalho, também resolveu testar a “barriga” e a “dignidade” até daqueles que não votaram em sua chapa. Está chamando para tomar café da manhã ou almoçar na famosa mesa de madeira da sua varanda, onde a vitima pode ser aliciada por um salário mensal ou até a promessa de um bom pé de meia, de forma que o “vencido” aceite participar e fazer fotos ao lado do alcaide onde quer que ele apareça, para formar a claque de bajuladores. É O FAMOSO “BEIJO DO MACHO VELHO”!!!

Vem pro papai!

Outra atitude – quase desesperadora -, anunciada por Macho Velho é de receber diariamente os vianenses para lhes relatar seus problemas, carências e, tentar tirar algo do gestor, coisa impossível há dois anos e meio, mesmo a Prefeitura nadando em recursos. E, pra comédia ficar completa, os senhores secretários que nunca apitaram nada, também serão recepcionados às sextas-feiras, talvez com um coofee break caprichado, afinal, faz dois anos que estão abandonados, entregues a própria sorte, e, no entanto, agora serão valorizados e atendidos em seus pleitos. O QUE UMA REJEIÇÃO DE 80% NÃO FAZ!!!

Remendos

Em quase três anos de mandato, nenhuma rua nova, nenhuma praça ou qualquer puxadinho mereceu uma placa de obras. Mas, parece que agora vai! Um pequeno grupo de trabalhadores, sem uniformes, sem luvas ou qualquer identificação, ganharam a honra de espalhar pequenas quantidades de massa de cimento, entulhos, entre outros apetrechos para disfarçar a buraqueira da cidade. Faltou explicar é que estávamos às vésperas de receber o novo bispo de Viana, Dom Evaldo Carvalho dos Santos, que atraiu centenas de autoridades, inclusive o vice-governador, Carlos Brandão, Bispos, padres e ovelhas católicas de toda a Baixada. Aí já viu, o jeito foi fazer remendo novo em pano velho. NEM PRECISA DIZER QUE A EMENDA SAIU PIOR QUE O SONETO!

Outras pesquisas

Outras pesquisas já estão a caminho do solo vianense, e devem comprovar o que é quase uma unanimidade. Um morador indignado com a lama e os buracos de sua rua se saiu com esta pérola: – “ele pode até pintar a nossa rua de ouro, mas não ganha mais o nosso voto”! Os políticos da oposição começam a bater as asinhas e também a acreditar que o eleitor vianense vai deixar de ser “MULHER DE MALANDRO”! A conferir!

Dados surpreendentes

Segundo um político local, que teve acesso à última pesquisa eleitoral, realizada no mês de abril, em Viana, dois personagem surpreendem por ter maior votação e menos rejeição (longe mesmo) do atual prefeito Magrado. O vereador João de Marcos e a vice-prefeita, Lucimar Gonçalves. São dados do momento, e não necessariamente servem como catalizador do viés eleitoral para 2020. Porém, mostra cientificamente, o amadurecimento e a consciência do público entrevistado. PARA O BOM ENTENDEDOR…

Mães sem festas!

A situação das estradas vicinais é tão crítica que quase todos os eventos comemorativos à Rainha do Lar, tradicionalmente realizados na Zona Rural foram cancelados.

Até tratores com tração avantajada em relação aos outros veículos têm dificuldade para trafegar diante do lamaçal que se formou com as fortes chuvas que caíram na Baixada. E, claro, os moradores estão procurando algum “filho da mãe” para por a culpa! QUEM SERÁ?

Águas de maio

Quem aproveitou, aproveitou! Com a chegada de maio, as águas que formam lagos de água doce na Baixada Maranhense começam a baixar, deixando um misto de saudade e desalento. Como pode a natureza ser tão generosa e depois nos privar de tantas belezas naturais?

Arquivo

No lugar do nosso tesouro líquido, surgem campos verdejantes ou áreas esturricadas, pobres de beleza, sem plantações e sem peixes. As aves migram para outras paisagens mais verdes e abundantes em água e alimentos. Agora, perdura o sol escaldante, o calor, o abandono e a ansiedade pelo próximo inverno. Poderia ser diferente. DIQUES DA BAIXADA JÁ!

Nem mel, nem cabaça! PEC que amplia mandatos “é inconstitucional e não será pautada na Câmara”, diz Maia

Muitos prefeitos, principalmente aqueles com alta rejeição, têm sonhado com a ampliação do mandato, até 2022, como propõe a PEC 49, que defende o fim das reeleições e propõe mandatos de cinco anos e eleições gerais em 2022.

De autoria do deputado federal Rogério Peninha (MDB-PR), a PEC foi protocolada na Câmara dos Deputados no dia 12 de abril de 2019. Porém, o Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), durante entrevista na Globo News, garantiu que a proposta é “ilegal e inconstitucional” e que sequer chegará a ser pautada na Câmara.

Sobre o tema, consultamos o advogado Especialista em Direito Eleitoral, Gustavo Ferreira, e para o jurista o entendimento é parecido com o de Rodrigo Maia, tanto no sentido da inconstitucionalidade da PEC, quanto da inviabilidade e dificuldades de se operacionalizar uma eleição unificada em um país continental como o Brasil.

“Entendo também da inconstitucionalidade dessa matéria, tendo em vista que a previsão expressa que deve haver periodicidade de voto, então na hora que se faz a extensão, se altera as regras do processo eleitoral, e isso é algo muito severo, estendendo o mandato para o grupo que está no poder e quebra essa previsão de periodicidade com relação ao voto”, afirmou Gustavo Ferreira.

De modo, muito particular, o especialista ainda citou dois pontos que merecem atenção, o primeiro é de que “essas propostas sempre visam à ampliação do mandato, nunca a redução, porque não reduzir o mandato em dois anos para se enquadrar?”, indagou.

Além de defender a soberania popular, outro ponto em que o jurista chama atenção, diz respeito à operacionalidade de uma eleição unificada.

 “Se isso passar, nós teríamos de eleger de vereador a presidente da república, isso é muito complicado de se operacionalizar em um país de dimensões continentais como o Brasil. Nenhum país de dimensão continental faz eleição unificada.” Disse Ferreira. (Portal Cada Minuto)

Secretário Júlio participa de posse do novo bispo da Diocese de Viana

Neste sábado, o secretário da SAF, Júlio César Mendonça, participou juntamente com o vice governador do Maranhão, Carlos Brandão, da posse Canônica do novo Bispo da Diocese de Viana, Dom Evaldo Carvalho dos Santos.

A nomeação contou com uma calorosa acolhida na praça Rio Branco em Vitória do Mearim e em seguida, os fiéis seguiram em carreata e com muita animação participaram da Santa missa na Diocese de Viana.

“Ao bispo Dom Evaldo, rogo a Deus que ilume seu caminho nesta missão divina,” declarou o secretário Júlio.