Católicos vianenses preparam festa para receber novo Bispo Evaldo Carvalho do Santos

Dom Evaldo Carvalho dos Santos, novo bispo de Viana (MA) / Foto: CNBB

A diocese de Viana, no Maranhão, que estava vacante desde dezembro de 2017, recebe neste sábado, 18, o novo Bispo, Dom Evaldo Carvalho dos Santos. O religioso que era até então pároco da Paróquia Santo Antônio em Quixeramobim (CE), foi nomeado pelo Papa Francisco no dia 20 de fevereiro de 2019.

Saiba mais

Natural de Fortaleza, no Ceará, padre Evaldo cursou Filosofia e Teologia no Instituto de Pastoral Regional, em Belém (PA). Fez Especialização em Serviço Social, Políticas Públicas e Direitos Sociais, pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Ordenado presbítero no ano de 1998, em Fortaleza, padre Evaldo já exerceu várias funções em seu ministério sacerdotal: superior provincial da Província de Fortaleza da Congregação da Missão; diretor do Seminário da Província de Fortaleza (Propedêutico, Filosofia e Teologia); membro da Diretoria da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) – Núcleo Fortaleza; pároco da Paróquia São Pedro e São Paulo, em Fortaleza; vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Fortaleza; pároco da Paróquia Santo Antônio em Quixeramobim e vigário forâneo da Forania II, na diocese de Quixadá.

Com a nomeação, padre Evaldo será o sexto bispo a assumir a diocese de Viana, vacante desde a saída de Dom Sebastião Lima Duarte, transferido para a diocese de Caxias, no Maranhão, em dezembro de 2017.

Confira abaixo a programação:

Com informações do portal Canção Nova e Diocese de Viana.

Dinheiro no bolso e Viana na lama. Magrado já licitou mais de 200 milhões só em 2019

O prefeito de Viana, Magrado Barros, segundo o site “Conta nas Mãos”, do TCE, já licitou o equivalente a 200 milhões de reais, só em 2019

Magrado Barros – prefeito de Viana

Do Blog Neto Cruz

O site também mostra as empresas que mais faturaram com a prefeitura.

Além disso, se vê que Magrado gosta de gastar com festas, uma vez que determinada empresa faturou quase 1 milhão de reais, só pra fazer o famoso “Pão e Circo”.

A empresa que mais faturou na gestão Magrado foi o Posto Friend, com a bagatela de 184 milhões de reais. É muita gasolina, chefe!

O Blog trará, nos próximos dias, a relação das empresas que “abocanham” contratos e os respectivos valores, que não são baratos, diga-se de passagem.

Veja abaixo:

Carta aberta de um idiota, imbecil, massa de manobra ao presidente Jair Bolsonaro

JM Cunha Santos

Fui seu eleitor. Sou ainda. Precisa ser mais duro com essa gente. Tasca logo uma excludente de ilicitude nesses estudantes. O Brasil já tem filósofo demais e filósofo pensa. Esse pessoal que pensa costuma ter opinião própria e isso não é bom para o governo. Deixa somente o Olavo de Carvalho pensar, porque pensa como e até pior do que nós.

Aliás, desculpe a franqueza, mas o seu governo está fraco. Já são quase 5 meses e não morreu nenhum Sem Terra, nenhum Sem Teto e aqueles índios e quilombolas continuam ocupando as terras dos madeireiros. Excludente de ilicitude neles, capitão Jair!

O governo tem que fechar o Congresso e mandar para as masmorras esses promotores públicos que ficam acusando seus filhos de corrupção. Excludente de ilicitude neles também!

O ministro da Justiça não pode ser o Sérgio Moro. Tem que ser o Carlos Bolsonaro. Esse sim, teria coragem de enquadrar esses “milicos cagões” (nas palavras do nosso irrefutável Olavo de Carvalho) que ainda permitem manifestações em praça pública no Brasil.

Fui seu eleitor. Me apaixonei por sua campanha quando vi aquela sua foto empunhando uma metralhadora. Inspirador. Meu filho de 4 anos não aceita mais outro brinquedo que não seja um trezoitão ou uma 9 mm. E ainda diz assim: “Vamos brincar de presidente!

Mas não deve discriminar os pobres. Se pobre não pode comprar arma, o governo bem que poderia abrir uma linha de crédito no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal para aquisição de UZIS e outras armas privativas das Forças Armadas. Com pagamento mensal e subsídio garantido para a compra de munições. Assim, ninguém poderia negar sua opção pelos pobres.

É preciso também acabar com a CNBB. Cristãos são perigosos; eles só pensam em Deus. E peça à bancada evangélica que faça aprovar, em regime de urgência, um projeto que retire dos 10 Mandamentos da Lei de Deus aquele que diz “Não Matarás”. É contra o seu governo. Coisa de comunistas. “Não roubarás” fica, mas com excludente de ilicitude para categorias com vínculos na filiação governamental.

O lado bom e que seu governo já tem muitos inimigos no Brasil, como, aliás, foi planejado: Lavradores, pescadores, aposentados, pensionistas, deputados, prefeitos, governadores, promotores, jornalistas, bispos, caminhoneiros, alguns pastores, ambientalistas, professores, estudantes e… militares.

E alguns poucos amigos: atiradores, madeireiros, fazendeiros, jagunços, pistoleiros e… depois eu lembro o resto. Essa guerra, eles não têm como vencer. 

Olavo de Carvalho precisa de um cargo. Ministro do Exército seria ótimo. E tire daí o Santos Cruz, o Mourão e outros amigos do general Eduardo Villas Boas. Esse aí também acha que pensar é um direito de todo cidadão.

Sem mais para o momento, espero apenas que, logo assim que todos os brasileiros estejam armados no meio da rua, meu querido presidente declare guerra aos prefeitos de Dallas e New York que lhe faltaram com o indevido respeito. Excludente de ilicitude neles também!

                                   Brasil, 17 de maio de 2019

                                        (assinatura ilegível)