Polícia apreende arsenal com mais de 15 armas na cidade de Penalva

Um trabalho realizado na manhã desta terça-feira (4), a Polícia Civil através da Delegacia do município de Penalva, região da Baixada Maranhense, conseguiu prender em flagrante um homem identificado como Ademar Baia Brito, suspeito de administrar uma fábrica clandestina de armas de fogo.

A ação teve como mira, a residência do suspeito na região central do município. Segundo a Polícia Civil, após várias denúncias anônimas, foi aberta uma investigação para apurar o fato de que o suspeito fabricava e comercializava diversos tipos de armas de fogo na região.

Logo foi solicitado a expedição de um mandado de busca e apreensão, sendo este executado na manhã desta terça-feira (4). No endereço investigado, foram apreendidos diversos materiais utilizados na fabricação e manutenção de armas de fogo, como esmeril, torno mecânico, prensa lima e solda elétrica.

Além disso, localizadas 08 (oito) espingardas de fabricação artesanal, de calibre não identificado, 01 (um) rifle, de calibre .22, 02 (duas) espingardas de calibre .36, 03 (três) espingardas de calibre .32, 01 (uma) espingarda de calibre 20 e 01 (uma) espingarda de calibre 28. O caso foi registrado na sede da Delegacia de Penalva para os procedimentos cabíveis. SSP-MA. (Via Folha de SJB)

Agência Executiva Metropolitana instala placas de delimitação de divisas da Grande Ilha de São Luís

De agora em diante, os municípios da Região Metropolitana da Grande São Luís (RMGSL), a saber, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e São Luís, passam a ter um instrumento preciso de delimitação de cada um deles. Isso porque o Governo do Estado, por meio da Agência Executiva Metropolitana (AGEM), fez nesta quarta-feira, 05, a instalação das Placas de Divisas dos Municípios da Ilha de São Luís.

A ação conta com a parceria do Instituto Maranhense de Estudos Cartográficos (IMESC) e do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). De acordo com o presidente da Agência Executiva Metropolitana, Lívio Corrêa, as placas fazem a seguinte delimitação: São Luís/São José de Ribamar; São José de Ribamar/Paço do Lumiar e Paço do Lumiar/Raposa. “Os pontos contam com coordenadas geográficas, para que a posição possa ser identificada com GPS”, revela. As placas instaladas estão localizadas na Avenida dos Holandeses, esquina com Rua Rio Branco; Travessa Novo Araçagi, esquina com Holandeses, e MA-204 (Rua 10).

Lívio Corrêa destaca, ainda, que a instalação das placas de identificação territorial dos municípios vai colaborar para resolver um problema histórico dos moradores de bairros limítrofes entre as cidades que compõe a Grande Ilha, que afetava a cobrança de impostos e, em alguns casos, até duplicidade nos boletos enviados aos domicílios. “Isso pode comprometer, inclusive, o repasse de verbas estaduais e federais”, destacou.

Demarcações

Os novos limites entre os municípios de São Luís e São José de Ribamar foram definidos pela Lei nº 10.649, de 31 de julho de 2017, aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema), em julho deste ano e publicada na edição do dia 1º de agosto, no Diário Oficial do Estado. São 57 pontos que delimitam as duas cidades.

Além de São Luís e São José de Ribamar, os outros municípios que integram a Grande Ilha também foram redefinidos, através da Lei nº 10.648, de 31 de julho de 2017, que atualizou a divisa entre Paço do Lumiar e Raposa. A Lei nº 10.650, de 31 de julho de 2017 trata sobre os limites entre Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Os quatro municípios da Grande Ilha integram a Região Metropolitana da Grande São Luís, instituída pela Lei Estadual Complementar nº 174/2015.

Nasce mais um poeta vianense

Já foi dito que: Ser Médico é…aliviar sofrimentos e penetrar fundo nos tormentos da humanidade…

Talvez, por assumirem essa nobre missão, muito médicos por viverem imersos nos sentimentos, também se revelam natos poetas da compreensão do fundo da alma humana.

Segundo Mário Quintana…

“Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti…

O jovem vianense, Fernando de Alencar Coelho, 22, estudante do sexto período de Medicina, filho do Diretor Geral da Rádio Maracu AM e TV Maracu, Benito Filho e sobrinho da escritora Laurinete Costa Coelho, acadêmica da Academia Vianense de Letras – AVL,  também foi alçado a sonhar alto e revelar por meio das palavras aquilo que o coração sente, quase sempre, na solidão do exercício para ser futuro médico.

O estudante já coleciona dezenas de poesias e sonha lançar um livro, no próximo ano.

A Rádio Maracu AM, de Viana, criou este mês um espaço exclusivo no seu site, para a divulgação de poetas regionais. É uma boa iniciativa para os baixadeiros mostrarem os seus talentos por meio das letras.

ABAIXO UM DOS POEMAS DO FUTURO MÉDICO VIANENSE:

 

“Sobre a sala de medicação”

 

Sou um doente

nesse mar de gente,

sinto muita solidão

até nesta multidão.

 

Estou acompanhado nessa sala,

mas não por quem queria estar,

me sinto sozinho nesta ala

por não poder conversar.

 

Tenho acompanhante,

mas ficou lá fora

e isso não é o bastante

por já ter passado da hora.

 

Creio que uma companhia

já muito me ajudaria,

melhoraria minha mente

em minha estadia como paciente.

 

Fernando de Alencar Coelho

@breveguia

Confira as imagens e saiba os nomes e a procedência dos presos, após assalto milionário em Bacabal

Após a operação da Polícia Militar do Maranhão, que prendeu 9 pessoas e deixou 3 mortos, os sobreviventes foram apresentados e serão encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Eles são suspeitos de participar do assalto milionário de Bacabal.

Divulgação PM-MA

Os mortos foram identificados por Arthur Silva Santos, José Eduardo Zacarias Barbone e Vadenilson Moreira. Entre os que estão presos, quatro ficaram feridos.

As investigações da Secretaria de Segurança Pública apontam que o assalto milionário foi comandado por José Francisco Lumes – Zé do Lessa – que está foragido no Uruguai. O roubo teria envolvido 35 bandidos, subtraindo uma estimativa de R$100 milhões e deixou um rastro de destruição na cidade de Bacabal, onde um morador acabou morrendo.

Confira a imagem dos presos:

Via Blog Diego Emir

 

Vianenses em confraternização

São Luís – O clima foi de total descontração, música ao vivo e muita torcida (o Vasco escapou fedendo)!

A colônia vianense fez uma grande festa na Barraca do Chef, na Av. Litorânea, em São Luís, no último domingo (2), força e união para confraternizar e discutir também os problemas da Cidade dos Lagos.

A festa deixou saudades e, a Associação dos Amigos de Viana e os seus colaboradores promete um evento maior no próximo ano, inclusive a banda “Os Químicos” vai tocar com a sua formação original, e botar todo mundo pra dançar, sempre com um repertório bem ao gosto dos conterrâneos.

CONFIRA MAIS MOMENTOS.

 

Riscos de tragédias com ferry boats leva Cézar Bombeiro a pedir segurança ao Governo, a Emap e a MOB

Diante das constantes denúncias de passageiros, proprietários de veículos e comerciantes, quanto aos precários serviços prestados por duas empresas de transporte entre a Ponta da Espera, na capital e o Cujupe, na Baixada Maranhense, o vereador Cézar Bombeiro protocolou junto a mesa diretora da Câmara Municipal de São Luís, indicação com pedidos ao governador Flavio Dino, a Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP e a Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana – MOB. O vereador justifica a solicitação, com observância a que sejam adotadas as providências que se façam necessárias para a regularização dos serviços de ferry boats com a devida segurança, bastante reclamada pelos milhares de passageiros que utilizam os serviços, diante dos sérios riscos de uma tragédia anunciada, conforme já tornaram público.

Cézar Bombeiro destaca que, as reclamações não são bem acentuadas na questão das condições dos serviços precários oferecidos dentro das embarcações, mas aos constantes problemas nos ferry boats, que muitas vezes fazem uma viagem e não retornam por problemas de pane nas máquinas causando reclamações sérias, os casos em que os motores param em plena travessia, o que transformam verdadeiras agonias aos passageiros e sem falarmos dos problemas em que já houve a necessidade de rebocadores do Porto do Itaqui serem acionados para fazer o resgate de ferry boats a deriva. São problemas da maior seriedade que colocam em risco a vida dos passageiros e podem se  constituir em iminências de tragédias, reveladas com muita apreensão por dezenas de usuários de um grupo que esteve conversando com o vereador.

Na indicação protocolada pelo vereador Cézar Bombeiro, ele apela para as autoridades no sentido de que as providências reclamadas pelos usuários mereçam uma atenção urgente, antes que o transporte passe a se tornar um serviço de risco, principalmente para as vidas dos milhares de passageiros que utilizam um serviço essencial e requer o máximo de segurança, registrou o vereador.

(Via Blog o Quarto Poder)

Governo do Estado entrega quadra na Vila Luizão

A comunidade Vila Luizão e adjacências dispõem agora de um moderno equipamento para prática de esportes e lazer. Trata-se da Quadra Poliesportiva Vila Luizão, inaugurada na tarde desta sexta-feira, 30.

A Quadra Poliesportiva está localizada entre as ruas do Norte e Projetada. É fruto de um conjunto de projetos que vêm sendo executados pelo Governo do Maranhão, por meio da Agência Executiva Metropolitana (AGEM), em parceria com a prefeitura de São Luís, para beneficiar toda a Região Metropolitana da Grande São Luís (RMGSL). “São trabalhos de urbanização e revitalização de espaços que há muito vêm sendo demandados pelas comunidades e que, agora, estão se transformando em realidade”, destacou o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

O projeto contempla, além da quadra esportiva, arquibancada com capacidade para 70 (setenta) pessoas, bicicletário, depósito para armazenamento de materiais esportivos e espaço verde. Ao todo, a construção abrange uma área de 518m². O deputado federal eleito, Pedro Lucas Fernandes, fez questão de enfatizar o compromisso assumido pela AGEM com a implementação de projetos de infraestrutura de toda a Região Metropolitana. “É importante frisar, ainda, que esta quadra não é apenas para esportes, mas também um espaço de transformação social”.

Preservação

O secretário de Assuntos Políticos da Prefeitura de São Luís, Ivaldo Rodrigues, lembrou da importância das parcerias na execução de projetos. “Temos que ter sempre como prioridade o interesse coletivo e todas as nossas ações devem beneficiar o maior número de pessoas, daí a importância de um trabalho conjunto”. O secretário falou, ainda, que a participação da comunidade também será fundamental a partir de agora. “É importante conservar este local”, alertou.

A opinião foi partilhada pelo vereador Marquinhos. Ele fez questão de lembrar que a Quadra Poliesportiva é fruto de muitos esforços e que, a partir de agora, é fundamental o envolvimento dos moradores para zelar o espaço. “Assim estaremos valorizando e poderemos sair em busca de novas conquistas para o nosso bairro”, justificou.Sobre a administração da Quadra, Lívio Corrêa destacou a parceria com a Prefeitura de São Luís que, além da iluminação, também é responsável pela criação do Comitê Gestor. “É este grupo que trabalha mais diretamente na conservação do local”, finalizou.