ELEIÇÃO OAB-MA: “Segundo turno na Justiça Federal”, afirma Mozart Baldez em vídeo

A vitória do atual presidente Thiago Diaz não deixa de ter um sabor de derrota na medida que a sua releição foi marcada por um campanha com claras evidências de um show de irregularidades, agora denunciadas à Justiça Federal.

No que pode ser considerada a eleição mais desqualificada da história da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Maranhão, não poderia acontecer outra coisa que não o processo ir parar nas barras da Justiça. Pois foi exatamente isso que aconteceu!

O ex-candidato a presidente da OAB-MA pela chapa 1, Mozart Baldez, ajuizou denúncia sustentando o que considera “atos ilegais praticados pela chapa 02,04 e Comissão Eleitoral” da Ordem, conforme documento abaixo:

De fato, essa eleição da OAB, realizada na última sexta-feira, 23, foi marcada por muitas baixarias, fake news, trapaças, abuso da máquina, entre outras aberrações que macularam a imagem dessa importante entidade para a democracia brasileira e, no caso especifico, para a democracia maranhense.

A vitória do atual presidente Thiago Diaz não deixa de ter um sabor de derrota, na medida que a sua releição foi marcada por um campanha com claras evidências de muitas irregularidades, agora denunciadas à Justiça Federal.

A seguir, o Blog do Robert Lobato reproduz vídeo divulgado pelo advogado Mozart Baldez com o relato sobre o porquê de judicializar a eleição da OAB-MA. Confira.

CHAPA 01 vai à Justiça Federal denunciar atos ilegais praticados pela chapa 02,04 e Comissão Eleitoral.https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2239773559678016&id=100009361800046

Publicado por Mozart Baldez em Segunda, 26 de novembro de 2018

Via Blog do Robert Lobato