Lista fechada: Tite anuncia os 23 convocados para a Copa do Mundo

Técnico da seleção brasileira confirma o lateral Danilo na vaga de Daniel Alves, que ficou fora do Mundial por conta de uma lesão no joelho

Tite chega para anunciar a convocação da Seleção para a Copa (Foto: André Durão)

Por Alexandre Lozetti e Edgard Maciel de Sá, Rio de Janeiro

Alisson. Ederson. Cássio. Danilo. Fagner. Marcelo. Filipe Luís. Miranda. Marquinhos. Thiago Silva. Geromel. Casemiro. Fernandinho. Paulinho. Renato Augusto. Fred. Philippe Coutinho. Willian. Neymar. Douglas Costa. Gabriel Jesus. Roberto Firmino. Taison.

É para esses 23 jogadores que o brasileiro terá de torcer, é por eles que os dedos serão cruzados e as orações feitas entre 14 de junho e 15 de julho. São os nomes deles que serão estampados nas camisas dos fanáticos. São eles os escolhidos por Tite para tentarem o hexacampeonato na Copa do Mundo, na Rússia.

O técnico anunciou a lista pouco depois das 14h, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Com o auditório lotado e mais jornalistas aos montes do lado de fora, Tite saciou a curiosidade de milhões de pessoas. Sem nenhuma grande surpresa.

Todos os 23 estão entre os 64 que ele convocou desde agosto de 2016, tempo de sua passagem pela Seleção. Todos estavam em muitos dos bolões realizados nas últimas semanas.

Apenas seis são remanescentes na última Copa, marcada pelo 7×1 diante da Alemanha: Marcelo, Thiago Silva, Fernandinho, Paulinho, Willian e Neymar.

Tite assina a lista de jogadores convocados para a Copa do Mundo da Rússia (Foto: Divulgação/CBF)

Três convocados vão se apresentar à seleção brasileira no dia 28 de maio, em Londres: o lateral-esquerdo Marcelo e o volante Casemiro, do Real Madrid, e o atacante Firmino, do Liverpool, disputarão a final da Liga dos Campeões no dia 26, em Kiev.

O restante do grupo começará a trabalhar já na próxima segunda-feira, dia 21, na Granja Comary, em Teresópolis. No dia 27, todos viajam a Londres para mais uma etapa de treinamentos, que terá um amistoso contra a Croácia, no dia 3, em Liverpool, e será encerrada com outro jogo preparatório, diante da Áustria, em Viena, no dia 10.

A Seleção chegará a Sochi, cidade russa que hospedará a delegação, na noite do dia 10. O primeiro treino no país da Copa será no dia 11, e dia 15 a equipe viaja a Rostov-on-Don, palco da estreia no Mundial, dia 17, às 15h (horário de Brasília), contra a Suíça.

Corpo de Epitácio Cafeteira será velado na Assembleia Legislativa em São Luís

Ex-governador morreu no fim da tarde de domingo (13), em casa, em Brasília. O sepultamento será na manhã desta terça-feira (15), no Gavião.

Ex-governador do Maranhão, Epitácio Cafeteira morre em Brasília (Foto: Pedro França/Agência Senado)

O corpo do ex-governador, ex-prefeito de São Luís, deputado federal e senador do Maranhão, Epitácio Cafeteira, será velado nesta segunda-feira (14) na Assembleia Legislativa do Maranhão, no bairro Cohafuma, em São Luís. O corpo do político que morreu no fim da tarde de domingo (13), em casa, em Brasília, está previsto para chegar à capital por volta das 12h. O sepultamento será na manhã desta terça-feira (15) no Cemitério do Gavião, na área central da capital.

O corpo de Epitácio Cafeteira está sendo trazido de Brasília para São Luís em um voo particular cedido pelo governo do estado do Maranhão. Nesse voo estão vindo além do político morto, a sua filha Janaína Cafeteira e a sua esposa Isabel Cafeteira.

Epitácio Cafeteira, morreu no fim da tarde deste domingo, em Brasília. Ele estava internado em sua casa, por causa do delicado estado de saúde. Durante a vida política, também foi prefeito de São Luís, além de senador por dois mandatos e deputado federal pelo Maranhão por quatro mandatos.

A Prefeitura de São Luís e o Governo do Maranhão decretaram luto oficial por 7 dias com a morte do ex-governador, prefeito, senador e deputado federal, Epitácio Cafeteira de 93 anos.

Políticos se solidarizaram com a família e divulgaram nota sobre a morte de Epitácio Cafeteira. O governador Flávio Dino dedicou um abraço solidário a toda família. “Minha homenagem ao ex-governador do Maranhão Epitácio Cafeteira. Foi também deputado federal, senador e prefeito de São Luís. Que Deus o acolha. Meu abraço solidário para toda a família, especialmente ao líder do nosso governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira. Decretei luto oficial no Estado e as devidas honras ao ex-governador.”

 

O prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Jr. Lamentou a morte de Cafeteira e manifestou pesar aos familiares do político morto. “A Prefeitura de São Luís decreta luto oficial de sete dias pelo falecimento do ex-governador Epitácio Cafeteira, ocorrido na tarde deste domingo (13), aos 93 anos. Natural da Paraíba, Epitácio Cafeteira chegou ainda jovem ao Maranhão, onde construiu sua história política e constituiu família. Em sua longa trajetória pública, exerceu os cargos de senador da República (1991/1999 e 2007/2015); governador do Estado (1987/1990); prefeito de São Luís (1965/1969); e deputado federal em quatro ocasiões, sendo três mandatos consecutivos(1975/1987). O prefeito Edivaldo Holanda Junior lamenta a morte do ex-governador e manifesta o seu mais profundo pesar e solidariedade à esposa, filhos e demais familiares, amigos e admiradores, pedindo que Deus conforte a todos neste momento de perda e de dor”.

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney, se solidarizou com a família de Epitácio e enalteceu a vida política dele. “Foi com profunda emoção e tristeza que recebi a notícia do falecimento do ex-prefeito de São Luís, ex-deputado, ex-governador e ex-senador da República, Epitácio Cafeteira, meu amigo e correligionário. Cafeteira era uma grande liderança popular do nosso Estado, onde ocupou um lugar de destaque na política maranhense. Nos últimos anos estivemos estreitamente ligados, em favor das causas do Maranhão e do Brasil. Neste momento triste, quero enviar o meu abraço a Isabel, a quem muito admiro por sua dedicação e grande carinho devotados ao esposo, e a Janaína, minha amiga e colaboradora, sua filha querida, bom como todos os demais membros da família. Neste momento, estamos, juntas, comungando da mesma tristeza.”

O ex-presidente da República, José Sarney, disse em nota que o Maranhão perdeu uma de suas maiores lideranças políticas e uma das mais marcantes personalidades de sua história contemporânea. “Com o falecimento do governador Epitácio Cafeteira, o Maranhão perde uma de suas maiores lideranças políticas e uma das mais marcantes personalidades de sua história contemporânea. Como prefeito de São Luís, deputado federal, governador do Estado e senador da República, Cafeteira deixou a marca de uma personalidade forte, um líder popular e um bom administrador. Começamos juntos em 62, depois tivemos desencontros, mas em seguida retomamos essa amizade, que só cresceu e se fortaleceu com o tempo, e juntamos esforços em benefício do Maranhão quando estive na Presidência da República e no Senado Federal. Recebi comovido, aqui em Nova York, onde me encontro, a notícia da sua morte. E o meu pensamento logo elevou-se a Deus, rogando para que o acolha em sua companhia, e pedindo que console sua dedicada esposa Dona Isabel, que lhe ofereceu tanto amor, apoio e carinho nos seus momentos de sofrimento, assim como a filha Janaína e todos os seus familiares, aos quais envio o meu abraço pesaroso. O Maranhão está de luto com a morte de Cafeteira”.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, expressou a história de Epitácio Cafeteira e solidarizou com toda a família dele. “Com grande pesar que a Assembleia Legislativa do Maranhão recebeu a notícia da morte do ex-senador Epitácio Cafeteira, tio do deputado estadual Rogério Cafeteira. Ele tinha 93 anos, residia em Brasília, e estava em uma UTI residencial, devido a seu delicado estado de saúde. Epitácio Cafeteira era natural da Paraíba, mas veio ainda pequeno para o Maranhão e se destacou na política, ocupando todos os cargos que um político pode desempenhar em seu estado. Deixou seu legado na história do Maranhão, tendo exercido os cargos de governador, senador, deputado federal e prefeito da capital São Luís. Aqui constituiu família. Deixa viúva a senhora Isabel Cafeteira; a filha Janaína Cafeteira Afonso Pereira e os netos Epitácio Cafeteira Neto e Afrânio Cafeteira Nava. Neste momento de dor, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão se solidariza com o deputado Rogério Cafeteira, com toda a família, amigos e admiradores do ex-senador Epitácio Cafeteira, rogando a Deus que conforte a todos. Pela inestimável perda e toda a trajetória do ex-senador Epitácio Cafeteira, decreto luto oficial de três dias, a contar de hoje.”

Por G1-MA