Diques de Produção serão construídos em Viana e outros municípios da Baixada

Mais um antigo sonho dos maranhenses que moram na região da Baixada está prestes a se tornar realidade. Com entrega marcada para o próximo sábado (28), a primeira obra do programa Diques da Produção, do Governo do Maranhão, vai beneficiar mais de 70 famílias dos povoados Porto dos Nascimentos e Estiva dos Mafra. A entrega será realizada pelo governador Flávio Dino, que também visita obras do programa no município de Palmerândia.

Construído por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), o canal feito em Mirinzal tem capacidade de armazenamento de 29 milhões de litros d’água doce, e servirá como reduto para produtividade da agricultura, pecuária local e psicultura. O canal terá extensão de 1.200 metros e, como os demais construídos pelo programa, ficará submerso no período das chuvas, que duram em média seis meses na região da Baixada. Com a estiagem, observada nos seis meses seguintes, as construções do Diques da Produção terão capacidade de reter a água, onde irão se concentrar água e os peixes que habitavam a região alagada do entorno.

Os diques impedem que a água salgada avance sobre os campos que alagam durante as chuvas. Ou seja, haverá condições de produzir o ano inteiro. Além de Mirinzal, o governador Flávio Dino visita as construções de canais em Palmerândia. Há obras já em execução também em Peri-Mirim e Anajatuba. No total, 35 municípios da Baixada serão contemplados, entre eles Viana, Matinha, Pinheiro, Cedral, São João Batista, Cajari, Conceição do Lago Açu, Guimarães, Monção, Alcântara, Apicum-Açu, Penalva, Bacuri, São Bento, Igarapé do Meio, São Vicente de Férrer, Cururupu, Bequimão, entre outros.

De acordo com o secretário da Sedes, Neto Evangelista, as intervenções do Governo do Maranhão são uma das ações mais importantes já desenvolvidas na região para resolver o problema de salinização (quando a água salgada invade a água doce) dos campos inundáveis e promover o desenvolvimento socioeconômico local. “O programa visa à transformação da realidade atual da Baixada Maranhense, tendo o caminho da produção, do crescimento econômico e da inclusão socioprodutiva como fundamental nesse processo. Além disso, a ação tem ainda como propósito reduzir os índices de insegurança alimentar e de pobreza na região e promover a geração de trabalho, emprego e renda nas comunidades contempladas pelo projeto”, enfatiza o secretário.

Diques da Produção

O programa constrói duas modalidades de obras para retenção da água doce: canais e barragens. O primeiro é usado para armazenamento de água; já as barragens irão impedir a entrada de água salgada nos igarapés, e, com isso, proteger os mananciais de água doce das regiões e outros ecossistemas. Além da função de armazenamento de água, os canais também poderão ser utilizados como hidrovia, interligando as pequenas propriedades.

Além disso, um dos pilares do Programa Diques da Produção é a oferta de Assistência Técnica e Extensão Rural para implantação de projetos de geração de renda à população das comunidades beneficiadas pela ação.

Via Folha de SJB

Preso homem suspeito de estuprar enteada de 13 anos em Penalva

O caso foi denunciado pela mãe da menina e depois confirmado pela vítima.

“Zé Penalva” é suspeito de abusar da própria enteada (Foto: Divulgação/Polícia Civil MA)

Por G1 MA, São Luís

Em Penalva, a aproximadamente 255 Km de São Luís, a Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (25) José Ribamar Mendes, suspeito de estuprar e engravidar a própria enteada, de 13 anos de idade. De acordo com o delegado da cidade, Leonardo de Carvalho, “Zé Penalva”, como era conhecido, foi denunciado pela mãe da menina após a descoberta dos atos de abuso.

Após inquérito policial a própria menina revelou os abusos do padrasto. Ela informou ainda que o homem a forçou a manter relações sexuais com ele mesmo após o nascimento da criança.

Com as informações o delegado e os investigadores Kleusson Costa e Merval Azevedo pediram a prisão preventiva dele, que agora está na Delegacia de Penalva à disposição da justiça.

Diques da Produção entrega 1ª obra para impedir que água salgada destrua a produção de peixes

 

Programa beneficiará os moradores da Baixada Maranhense com campos para projetos de piscicultura, horticultura, plantação de arroz e hortaliças. Foto: Nael Reis/Secap

Mais um antigo sonho dos maranhenses que moram na região da Baixada está prestes a se tornar realidade. Com entrega marcada para o próximo sábado (28), a primeira obra do programa Diques da Produção, do Governo do Maranhão, vai beneficiar mais de 70 famílias dos povoados Porto dos Nascimentos e Estiva dos Mafra. A entrega será realizada pelo governador Flávio Dino, que também visita obras do programa no município de Palmerândia.

Construído por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), o canal construído em Mirinzal tem capacidade de armazenamento de 29 milhões de litros d’água doce, e servirá como reduto para produtividade da agricultura, pecuária local e psicultura.

O canal terá extensão de 1.200 metros e, como os demais construídos pelo programa, ficará submerso no período das chuvas, que duram em média seis meses na região da Baixada. Com a estiagem, observada nos seis meses seguintes, as construções do Diques da Produção terão capacidade de reter a água, onde irão se concentrar água e os peixes que habitavam a região alagada do entorno.

Os diques impedem que a água salgada avance sobre os campos que alagam durante as chuvas. Ou seja, haverá condições de produzir o ano inteiro.

Mais comida e emprego

De acordo com o secretário da Sedes, Neto Evangelista, as intervenções do Governo do Maranhão são uma das ações mais importantes já desenvolvidas na região para resolver o problema de salinização (quando a água salgada invade a água doce) dos campos inundáveis e promover o desenvolvimento socioeconômico local.

“O programa visa à transformação da realidade atual da Baixada Maranhense, tendo o caminho da produção, do crescimento econômico e da inclusão socioprodutiva como fundamental nesse processo. Além disso, a ação tem ainda como propósito reduzir os índices de insegurança alimentar e de pobreza na região e promover a geração de trabalho, emprego e renda nas comunidades contempladas pelo projeto”, enfatiza o secretário.

Diques da Produção

O programa constrói duas modalidades de obras para retenção da água doce: canais e barragens. O primeiro é usado para armazenamento de água; já as barragens irão impedir a entrada de água salgada nos igarapés, e, com isso, proteger os mananciais de água doce das regiões e outros ecossistemas. Além da função de armazenamento de água, os canais também poderão ser utilizados como hidrovia, interligando as pequenas propriedades.

Além disso, um dos pilares do Programa Diques da Produção é a oferta de Assistência Técnica e Extensão Rural para implantação de projetos de geração de renda à população das comunidades beneficiadas pela ação.

Execução

Além de Mirinzal, o governador Flávio Dino visita as construções de canais em Palmerândia. Há obras já em execução também em Peri-Mirim e Anajatuba. No total, 35 municípios da Baixada serão contemplados, entre eles Matinha, Pinheiro, Cedral, São João Batista, Cajari, Conceição do Lago Açu, Guimarães, Monção, Alcântara, Apicum-Açu, Penalva, Bacuri, São Bento, Viana, Igarapé do Meio, São Vicente de Férrer, Cururupu, Bequimão, entre outros.

Gastão Vieira quer levar o PROS para a base de Flávio Dino

Governador Flávio Dino recebeu o novo presidente do FNDE, Gastão Vieira, no Palácio dos Leões. Foto: Handson Chagas/Secap

O presidente estadual do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) no Maranhão, ex-deputado federal e ex-ministro do Turismo, Gastão Vieira já estuda a possibilidade de fechar aliança com o PCdoB do governador Flávio Dino visando as eleições de 2018.

Gastão Vieira que hoje se encontra distanciado do grupo Sarney prefere ainda não se manifestar publicamente sobre o assunto, mas há correntes internas no partido que defendem uma futurística aliança política com os comunistas em eventual apoio à reeleição de Dino.

Também estaria em jogo o futuro político do ex-ministro Gastão Vieira que pensa em retornar a uma cadeira à Câmara Federal ou até mesmo em disputar pela segunda vez consecutiva uma cadeira majoritária ao Senado da República.

Vale ressaltar que o pleito de 2014, Gastão Vieira perdeu a vaga para o então candidato ao Senado, Roberto Rocha (PSDB), que teve o apoio do então candidato ao governo Flávio Dino.

(Jornal Pequeno)

Vianense vence luta no maior evento de MMA da Europa

O lutador de MMA maranhense Taigro, o “Urso Branco”, conquistou mais uma vitória em sua carreira. Na noite de sábado, dia 21 de outubro, venceu por decisão unânime dos juízes o adversário potiguar Valdines Silva. O combate aconteceu durante a 73ª edição do ACB (Absolute Championship Berkut), o maior evento da Europa de MMA e terceiro maior do mundo, realizado pela primeira vez no Brasil, no Centro Esportivo Miecimo da Silva, na cidade do Rio de Janeiro.

Nascido em Viana, Taigro tem se destacado no cenário nacional de lutas marciais. Com o desempenho no ACB 73, acumula 13 Vitórias, sendo 3 nocautes, 1 finalização, 9 decisões dos juízes e apenas 2 derrotas.

O Absolute Championship Berkut foi fundado em 2012 pelo checheno Mairbek Khasiev e promove torneios de MMA, submisson e kickboxing. Além da Rússia, cidade em que o evento nasceu, o ACB já realizou edições nos Estados Unidos, Polônia, Romênia, Escócia, Geórgia, Holanda, Bélgica, Tajiquistão, Áustria, França, Bielorrússia, Inglaterra, Turquia e Cazaquistão. (O Imparcial Online)

Afastar-se de certas pessoas melhora a saúde e a alma

Via Papo Sincero

Algumas pessoas cansam-nos, sugam-nos energia e aniquilam a nossa capacidade de reação. Elas são verdadeiras destruidoras da nossa saúde e paz interior, adoecem a nossa capacidade emocional e distorcem as nossas sensibilidades. Afasta-te delas e verás a incrível melhoria na tua saúde física e emocional.

A verdade é que ao longo do tempo, passamos a desconhecer muitas pessoas que pensávamos conhecer, e percebemos que vivemos sujeitos às suas exigências, à sua conversa, ao seu comportamento e, especialmente, às suas emoções tóxicas.

Essas pessoas não sabem como respeitar e considerar os outros, e utilizam-nos como marionetes do seu mau caráter e alvos de conflitos externos e internos. Elas não vivem e deixam viver e, portanto, impedem o desenvolvimento e crescimento pessoal dos que as rodeiam.

“Podem fazer isso de forma consciente ou não, mas é evidente que nos afogam e intoxicam, fazem-nos sentir vulneráveis, fazem com que fiquemos com raiva facilmente ou que desejemos fugir e abandonar tudo.”

Obviamente, embora fosse mais adequado, nem sempre podemos afastar-nos fisicamente destas pessoas, pois podem ser da família ou colegas. No entanto, podendo ou não fazê-lo, o importante é conseguir um distanciamento emocional. Então, o melhor a fazer é começarmos a ter a força para nos mantermos fora da sua capacidade de ação, não permitindo que elas influenciem o nosso comportamento.

Como podemos distanciar-nos emocionalmente de alguém que nos fere?

Se tens alguém na tua vida que te está a magoar, tu podes jogar com a vantagem da antecipação, porque sabes que as suas reações ou intenções são previsíveis. Para de dar importância ao que essas pessoas fazem e foca-te nos problemas que elas te estão a criar, assim terás mais oportunidades de crescimento e pararás de minar a tua força e autoestima.

Temos também que jogar com as expectativas. Esperamos tanto dos outros que somos incapazes de aceitar a realidade como ela é. Isto gera desapontamentos e desilusões, alimentando uma atmosfera na qual é muito difícil respirar.

“Manter uma perspectiva saudável da situação irá ajudar-nos a alcançar certa indiferença e desceremos dessa montanha-russa emocional, separando-nos das nossas preocupações e libertando as nossas inseguranças e reações desproporcionais. Isto terá um resultado tão rápido e direto quanto satisfatório: os nossos problemas irão diminuir e poderemos viver em paz.”

Quando nos afastamos da dor, aproximamo-nos da felicidade

Afasta-te do medo e aproxima-te da indiferença. Não te magoes a tentar manter uma boa impressão sobre os outros ou a pensar que eles têm sempre boas intenções.

Dizem que quando alguém tem a intenção de prejudicar-nos, o melhor desprezo que podemos fazer é não dar apreciação; ou seja, não deixar que minem a nossa autoestima e ignorar as mensagens negativas.

Ambientes tóxicos e em conflito têm uma capacidade de contágio devastadora para a nossa saúde. Quanto mais tomarmos distância emocional deles, melhor nos sentiremos.

“A vida é muito curta para viver em angústia. Assim, ama as pessoas que te tratam bem e distancia-te daquelas que não o fazem. Sem arrependimentos.”

Leia mais: A mente é maravilhosa

Novo sistema agiliza serviços da Junta Comercial

Empresários, contadores e clientes do registro empresarial de todo o Maranhão contarão oficialmente, a partir da próxima segunda-feira (23/10), com um sistema que permite que todos os procedimentos executados pela Junta Comercial sejam feitos totalmente online. O lançamento da ‘Jucema Digital’ será no Salão de Atos do Palácio dos Leões com a presença do Governador Flávio Dino, do  secretário especial da Micro e Pequena Empresas (SEMPE), José Ricardo da Veiga, do diretor do Departamento de Registro Empresarial e Integração do Governo Federal (DREI), Conrado Vitor Lopes Fernandes e do presidente da Junta Comercial do Maranhão, Sérgio Sombra.

Com o lançamento, o Maranhão integrará a rede de estados brasileiros que adotaram o novo modelo de abertura, alteração e extinção de empresas. “Esse projeto significa uma grande conquista para os cidadãos que buscam diariamente os serviços da Junta Comercial, pois possibilitará que os mesmos realizem todas as etapas de registro de uma empresa por meio da internet. Estamos falando de redução de custos, de tempo e de segurança jurídica para quem quer empreender no Maranhão”, explicou o presidente do órgão, Sérgio Sombra.

Na apresentação oficial, o gestor detalhará as facilidades e o impacto positivo da ‘Jucema Digital’ para os empreendedores e para o ambiente de negócios do estado. A expectativa, segundo ele, é que ao automatizar todo o fluxo do processo empresarial, a Junta Comercial avance ainda mais na simplificação dos procedimentos e, consequentemente, otimize resultados e contribua para o fomento da classe produtiva local. “Desde 2015 que órgão vem modificando a dinâmica da prestação dos serviços para atuar de maneira mais célere. A tecnologia tem sido uma grande aliada para a avançarmos na modernização desta Casa que é tão imprescindível para o nascimento das empresas maranhenses”, ressaltou o presidente.

O ambiente 100% online estará incorporado ao sistema Empresa Fácil e permitirá que os procedimentos como a formalização de um negócio possam ser feitos de casa, do escritório ou de qualquer outro lugar, bastando que o interessado tenha acesso à internet e tenha a assinatura digital, ou certificação digital, que hoje em dia pode ser feita com muita facilidade, a baixo custo, em empresas e entidades.

Fluxo do processo digital

Para dar início ao processo de abertura de empresa, o contribuinte precisa verificar, pela consulta prévia, a viabilidade de nome e endereço. Após o deferimento, deve-se realizar todo o preenchimento das informações referente à empresa por meio da Ficha de Cadastro Nacional/Requerimento de Empresário, que será agrupado à documentação necessária e assinado através do certificado digital.

A etapa seguinte é a protocolização on-line pelo Empresa Fácil, o processo tramita por meio do sistema para o analista que consegue verificar todas as informações sem ter contato algum com o documento físico. No passo seguinte, o sistema informará ao cliente se o processo foi deferido, indeferido ou se entrou em exigência após passar pela análise técnica.

Depois de todo o trâmite na Junta, quando o processo é autenticado, a informação chega para os órgãos de licenciamento, que estão também integrados ao Empresa Fácil.

Além da opção da entrada digital para processos empresariais, a Jucema também disponibiliza 33 unidades de atendimento distribuídas na capital e em cidades maranhenses com localização estratégica.