Vianense vence luta no maior evento de MMA da Europa

O lutador de MMA maranhense Taigro, o “Urso Branco”, conquistou mais uma vitória em sua carreira. Na noite de sábado, dia 21 de outubro, venceu por decisão unânime dos juízes o adversário potiguar Valdines Silva. O combate aconteceu durante a 73ª edição do ACB (Absolute Championship Berkut), o maior evento da Europa de MMA e terceiro maior do mundo, realizado pela primeira vez no Brasil, no Centro Esportivo Miecimo da Silva, na cidade do Rio de Janeiro.

Nascido em Viana, Taigro tem se destacado no cenário nacional de lutas marciais. Com o desempenho no ACB 73, acumula 13 Vitórias, sendo 3 nocautes, 1 finalização, 9 decisões dos juízes e apenas 2 derrotas.

O Absolute Championship Berkut foi fundado em 2012 pelo checheno Mairbek Khasiev e promove torneios de MMA, submisson e kickboxing. Além da Rússia, cidade em que o evento nasceu, o ACB já realizou edições nos Estados Unidos, Polônia, Romênia, Escócia, Geórgia, Holanda, Bélgica, Tajiquistão, Áustria, França, Bielorrússia, Inglaterra, Turquia e Cazaquistão. (O Imparcial Online)

Afastar-se de certas pessoas melhora a saúde e a alma

Via Papo Sincero

Algumas pessoas cansam-nos, sugam-nos energia e aniquilam a nossa capacidade de reação. Elas são verdadeiras destruidoras da nossa saúde e paz interior, adoecem a nossa capacidade emocional e distorcem as nossas sensibilidades. Afasta-te delas e verás a incrível melhoria na tua saúde física e emocional.

A verdade é que ao longo do tempo, passamos a desconhecer muitas pessoas que pensávamos conhecer, e percebemos que vivemos sujeitos às suas exigências, à sua conversa, ao seu comportamento e, especialmente, às suas emoções tóxicas.

Essas pessoas não sabem como respeitar e considerar os outros, e utilizam-nos como marionetes do seu mau caráter e alvos de conflitos externos e internos. Elas não vivem e deixam viver e, portanto, impedem o desenvolvimento e crescimento pessoal dos que as rodeiam.

“Podem fazer isso de forma consciente ou não, mas é evidente que nos afogam e intoxicam, fazem-nos sentir vulneráveis, fazem com que fiquemos com raiva facilmente ou que desejemos fugir e abandonar tudo.”

Obviamente, embora fosse mais adequado, nem sempre podemos afastar-nos fisicamente destas pessoas, pois podem ser da família ou colegas. No entanto, podendo ou não fazê-lo, o importante é conseguir um distanciamento emocional. Então, o melhor a fazer é começarmos a ter a força para nos mantermos fora da sua capacidade de ação, não permitindo que elas influenciem o nosso comportamento.

Como podemos distanciar-nos emocionalmente de alguém que nos fere?

Se tens alguém na tua vida que te está a magoar, tu podes jogar com a vantagem da antecipação, porque sabes que as suas reações ou intenções são previsíveis. Para de dar importância ao que essas pessoas fazem e foca-te nos problemas que elas te estão a criar, assim terás mais oportunidades de crescimento e pararás de minar a tua força e autoestima.

Temos também que jogar com as expectativas. Esperamos tanto dos outros que somos incapazes de aceitar a realidade como ela é. Isto gera desapontamentos e desilusões, alimentando uma atmosfera na qual é muito difícil respirar.

“Manter uma perspectiva saudável da situação irá ajudar-nos a alcançar certa indiferença e desceremos dessa montanha-russa emocional, separando-nos das nossas preocupações e libertando as nossas inseguranças e reações desproporcionais. Isto terá um resultado tão rápido e direto quanto satisfatório: os nossos problemas irão diminuir e poderemos viver em paz.”

Quando nos afastamos da dor, aproximamo-nos da felicidade

Afasta-te do medo e aproxima-te da indiferença. Não te magoes a tentar manter uma boa impressão sobre os outros ou a pensar que eles têm sempre boas intenções.

Dizem que quando alguém tem a intenção de prejudicar-nos, o melhor desprezo que podemos fazer é não dar apreciação; ou seja, não deixar que minem a nossa autoestima e ignorar as mensagens negativas.

Ambientes tóxicos e em conflito têm uma capacidade de contágio devastadora para a nossa saúde. Quanto mais tomarmos distância emocional deles, melhor nos sentiremos.

“A vida é muito curta para viver em angústia. Assim, ama as pessoas que te tratam bem e distancia-te daquelas que não o fazem. Sem arrependimentos.”

Leia mais: A mente é maravilhosa